STJ nega recurso e réu por matar Vanessa Carvalho continua preso

A decisão foi tomada por unanimidade pela quinta turma do Superior Tribunal de Justiça. Defesa alegou que Pablo sofre constrangimento legal em seguir preso durante o julgamento do processo.

09/06/2021 08:19h - Atualizado em 09/06/2021 08:25h

Compartilhar no

A quinta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o recurso de habeas corpus impetrado pela defesa de Pablo Henrique Campos Santos, que é réu pelo assassinato da jovem Vanessa Carvalho, em Teresina, e pela tentativa de assassinato de Anucha Kelly. O julgamento aconteceu nesta terça-feira (08) e a decisão foi proferida por unanimidade no final do dia.


Leia também:

Homem atropela namorada e mata amiga após discussão na zona Leste 

Após atropelar namorada, agressor fica calado em depoimento 

Juiz mantém prisão de homem que atropelou namorada e matou amiga 

Familiares e amigos homenageiam Vanessa Carvalho em missa 

"Ele acabou com a vida da nossa família", diz prima de Vanessa 

"Não foi um atropelamento qualquer. Ele premeditou", diz pai de Vanessa 

Familiares e amigos de Vanessa Carvalho pedem justiça em ato

Dez testemunhas são ouvidas na audiência de Pablo Henrique 


O recurso julgado ontem se refere ao habeas corpus peticionado pelos advogados de Pablo Campos em agosto de 2020. Na ocasião, a defesa do réu alegou que ele estava sofrendo constrangimento legal pela demora no andamento do processo e que deveria ser contemplado pela Recomendação do CNJ por ser diabético e fazer parte do grupo de risco da covid-19, o que, portanto, lhe daria o direito de cumprir prisão domiciliar.


Pablo Henrique Campos Santos está preso desde setembro de 2019 - Foto: Divulgação/Polícia Militar

Essas alegações já haviam sido debatidas e negadas pelo próprio STJ, o que levou a defesa a impetrar o recurso do habeas corpus, cuja peça foi julgada e novamente negada no dia de ontem. Com a decisão da quinta turma, Pablo Campos segue em prisão em regime fechado enquanto o processo corre na justiça.

Entenda

Pablo Henrique Campos Santos é réu por feminicídio e tentativa de feminicídio praticados contra as jovens Vanessa Carvalho e contra sua então namorada, Anucha Kelly, em setembro de 2019. Elas saíam de uma festa quando foram atropeladas por ele. Pablo fugiu sem prestar socorro às vítimas e foi preso em flagrante horas depois do ocorrido.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário