• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

"Ele acabou com a vida da nossa família", diz prima de Vanessa

Familiares da jovem que morreu atropelada por Pablo Henrique Campos acompanharam a audiência e pedem por justiça.

30/09/2019 12:02h - Atualizado em 30/09/2019 16:36h

Os familiares da jovem Vanessa Carvalho também estiveram hoje (30) no Fórum Criminal de Teresina para acompanhar a audiência de custódia de Pablo Henrique Campos Santos. A jovem morreu no atropelamento provocado por ele na saída de uma festa na zona Leste da Capital.


Leia também:

Juiz mantém prisão de homem que atropelou namorada e matou amiga 

Empresário que atropelou namorada fica calado em depoimento 

Homem atropela namorada e mata amiga após discussão na zona Leste 


Em conversa com a imprensa, a prima de Vanessa, Maria Clara Miranda, disse que o maior desejo no momento é que a justiça seja feita. Referindo-se a Pablo Henrique como "louco", ela acrescenta: "Minha tia não tem condições de mais nada. Ele acabou com a vida da nossa família completamente. Foi uma tragédia que jamais será esquecida e só quero que a justiça seja feita", afirmou a jovem.

Maria Clara conta que conheceu Anucha Leite por causa da amizade dela com a prima, Vanessa. A jovem afima que já havia ouvido várias vezes a mãe de Anucha pedir para que ela se afastasse de Pablo devido às brigas e comportamento muitas agressivo do empresário.


"Ele acabou com a nossa família completamente", disse Maria Clara Miranda, prima de Vanessa - Foto: Assis Fernandes/O Dia

"A mãe dela contava que ele queria que ela se afastasse dele e ele tem histórico de que é louco. No casamento, ele xingou ela [Anucha] e as pessoas viram. Ele xingou. Todo mundo sabe que ele é louco", disparou a jovem.

Questionado sobre a possibilidade de entrar com um pedido de exame para insanidade mental, o advogado de defesa de Pablo, Henrique Faustino, disse que não é momento para se falar isso agora, mas que a defesa vai se debruçar melhor sobre a decisão do juiz Valdemir Ferreira para decidir como atuará daqui para frente.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário