• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Dez testemunhas são ouvidas na audiência de Pablo Henrique

O acusado de matar a jovem Vanessa Carvalho sentará pela primeira vez no banco dos réus e também irá depor. Audiência decide se ele vai ou não a júri popular.

22/11/2019 07:35h - Atualizado em 22/11/2019 17:24h

Passados quase dois meses do feminicídio de Vanessa Carvalho, o acusado do crime, Pablo Henrique Campos Santos, sentará pela primeira vez no banco dos réus. É que ele será ouvido hoje (22) na audiência de instrução do processo, que corre na 1ª Vara do Tribunal do Júri de Teresina. Pablo responde pela morte de Vanessa e pelo feminicídio tentado de Anucha Alencar, de quem é ex-namorado.


Leia também

Homem atropela namorada e mata amiga após discussão na zona Leste 

Após atropelar namorada, agressor fica calado em depoimento 

Juiz mantém prisão de homem que atropelou namorada e matou amiga 

Familiares e amigos homenageiam Vanessa Carvalho em missa 

"Ele acabou com a vida da nossa família", diz prima de Vanessa 

"Não foi um atropelamento qualquer. Ele premeditou", diz pai de Vanessa 

Familiares e amigos de Vanessa Carvalho pedem justiça em ato 


Nesta audiência, serão ouvidas, além do réu, mais dez testemunhas, sendo duas arroladas pela defesa e oito pela acusação. O Portal O Dia conversou com a advogada da família de Vanessa, Lina Brandão, que deu mais detalhes do rito processual: “agora é a primeira fase do tribunal do júri. Serão ouvidas primeiro as testemunhas de acusação, depois as de defesa, se tiverem peritos, eles também serão ouvidos, para no final, o réu depor”, explica. 


Pablo Henrique Campos Santos atropelou e matou Vanessa Carvalho, e lesionou sua ex-namorada, Anucha Alencar - Foto: Polícia Militar

Com base nos depoimentos e na análise das provas apresentadas, o juiz decidirá de pronunciar Pablo Henrique ou se o absolve. Em caso de pronúncia, ele será julgado pelo conselho de sentença formado por representantes da sociedade civil no Tribunal do Júri

Para Lina Brandão, esta audiência que ocorre hoje trata-se mais de um trâmite processual para ouvir o acusado. “Temos plena certeza de que ele será pronunciado. Para começar, ele está preso desde o dia do fato, a audiência de custódia pela qual ele passou homologou o flagrante e há existem indícios e materialidade suficientes de autoria do crime a ele atribuído, então a acusação está segura de que ele vai a júri popular”, finalizou a assistente de acusação.

A audiência começa por volta das 8 horas na 1ª Vara do Tribunal do Júri, no Fórum Criminal de Teresina, e será conduzida pelo juiz Antônio Reis de Jesus Nolleto, titular da Vara.

Entenda

Pablo Henrique Campos Santos é acusado de matar Vanessa Carvalho e lesionar sua ex-namorada, Anucha Alencar, após atropelá-las na saída de uma festa na Avenida Homero Castelo Branco, em Teresina. O crime aconteceu na madrugada do domingo, 29 de setembro, quando Pablo jogou seu carro, um Jeep Renegade, para cima das jovens e fugiu em seguida. Ele está preso horas depois do crime e a audiência de custódia pela qual passou homologou seu flagrante, convertendo sua prisão em preventiva.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário