• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão na Seduc

Ação está relacionada à investigação da operação Topique. A medida cautelar está sendo cumprida na Gerência de Tecnologia da Informação.

30/10/2019 10:48h - Atualizado em 30/10/2019 11:57h

Agentes da Polícia Federal estiveram na manhã desta quarta-feira (30) na sede da Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc), no Centro Administrativo do Governo do Estado do Piauí, zona Sul de Teresina, cumprindo mandado de busca e apreensão relacionados à investigação da operação Topique.


Leia também:

Polícia Federal faz buscas e apreensões dentro do Palácio de Karnak 

Governo fala em 'abuso de autoridade' sobre ação da PF no Karnak 

23 pessoas são presas em operação contra fraudes em licitações  

PGR determina força-tarefa para atuar na Operação Topique 

O Dia tem acesso aos nomes dos presos na Operação Topique; veja  

TRF1 concede liberdade para três presos na operação Topic 

Deputado quer convocação de secretário para falar sobre operação da PF  

Esquemas continuam mesmo após 6 meses da 'Op. Topique' ser deflagrada 


Segundo a PF, a medida cautelar está sendo cumprida na Gerência de Tecnologia da Informação, setor de informática da Seduc, e tem a finalidade ãde recolher dados e arquivos de servidores públicos investigados pela prática de organização criminosa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e crimes de licitação.

O deputado Francisco Limma, líder do Governo na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), esteve no Centro Administrativo durante o cumprimento dos mandados e afirmou que o Governo é a favor das investigações. "O que nós somos contrários é ao sensacionalismo, mas investigar, colocar todas as informações à disposição, o Governo sempre se colocou à disposição para colaborar com todo e qualquer tipo de investigação. Eu não acompanhei os detalhes, mas espero que as coisas tenham sido feitas dentro das relações republicanas", frisou.

Contraponto

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc) informa que está colaborando plenamente com a investigação em curso da Polícia Federal e sempre se colocou à total disposição dos órgãos de controle para esclarecer quaisquer questionamentos, visando a transparência e o correto funcionamento da administração pública.

Operação Topique

A Operação Topique, deflagrada em agosto do ano passado, investiga uma organização criminosa responsável por fraudes em licitações e desvio de recursos públicos destinados ao transporte escolar do Governo do Piauí e prefeituras no Piauí e Maranhão. 

As investigações da Polícia Federal apontaram ainda que pelo menos 15 empresas estariam envolvidas no esquema criminoso de corrupção e lavagem de dinheiro. 

Elas contavam com o apoio e anuência de servidores do alto escalão da Seduc que tinham grande poder de decisão sobre os processos licitatórios. Eram estes servidores que superfaturavam os contratos para o transporte escolar e favoreciam as empresas nos pregões.

Por: Nathalia Amaral e Breno Cavalcante.

Deixe seu comentário