• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Sigefredo Pacheco-PI

21 de outubro de 2013

NA JUSTIÇA! PREFEITO TENTA PROÍBIR PUBLICAÇÕES CRITICANDO SUA GESTÃO

NA JUSTIÇA! PREFEITO TENTA PROÍBIR PUBLICAÇÕES CRITICANDO SUA GESTÃO

Mais Juiz não concede pedido de liminar proposto pelo prefeito de Sigefredo Pacheco, contra advogado

 

O Prefeito de Sigefredo Pacheco-PI Oscar Barbosa da Silva ingressou com Ação Judicial contra o advogado Antonio Rogério Bonfim Melo. Pelo o referido processo  que tramita na 2ª Vara Cível da Comarca de Campo Maior â processo nº 0001924.39.2013.8.18.00026, o Prefeito Oscar Bandeira se sentiu ofendido com as críticas que vem sofrendo e para isso, buscou na Justiça, com PEDIDO DE LIMINAR para o advogado Dr. Rogério Bonfim se retratasse e se abstivesse de falar e ofender a imagem do Prefeito â autor da ação. Com o processo judicial, Oscar Bandeira, entende que sofre Calúnia, injúria e denunciação difamatória. Promovido pelo o advogado, que vem na sua página pessoal do FACEBBOK, denunciando vários desmandos praticados pela a atual gestão de Oscar Bandeira.

Em decisão LIMINAR, publicada HOJE dia 14.10.2013, o MM. Juiz de Direto Dr. Julio César Menezes Garcez, INDEFERIU  o PEDIDO LIMINAR pleiteado pelo Prefeito Oscar Bandeira.


No conteúdo de sua decisão, o MM Juiz, em vasta argumentação, entendeu que o Réu â Dr. Rogério Bonfim, apenas utiliza sua página pessoal do FACEBOOK com mensagem nitidamente crítica, não extrapolando os limites para a forma injuriosa, caluniosa e difamatória a pessoa do Prefeito Oscar Bandeira.

 No seu longo despacho, o MM Juiz, ainda esclarece que o autor Oscar Bandeira, não provou que as críticas auferidas pelo o Dr. Rogério Bonfim, são inverdades e que justificaria a tomada de medida judicial, para que o réu se retratasse ou se abstivesse de continuar falando da atual gestão de Sigefredo Pacheco, na pessoa de Oscar Bandeira.

 Com uma decisão como essa, cabe  a cada gestor, calar a boca de seus opositores com obras, cumprimento de promessas de campanha eleitoral e jamais, tentar calar a boca de qualquer pessoa que faça oposição. O Direito a liberdade de expressão é sagrado e os direitos inviduais devem sempre ser preservados, como forma de fortalecimento de nossa Democracia.


Estudantes empurram ônibus escolar em Sigefredo Pacheco

Alunos são da zona rural do município e fizeram denúncia pelo Facebook.

Estudar não é uma tarefa fácil para os estudantes da Unidade Escolar Dona Fausta de Souza Cruz, do povoado Baixinha, na zona rural de Sigefredo Pacheco. Isso porque, antes de chegar à escola, eles precisam empurrar o ônibus. Segundo a denúncia dos estudantes, isso acontece com frequência.

Além de fotos, os estudantes publicaram na rede social um vídeo que mostra a situação do transporte escolar. O ônibus atende alunos das comunidades Santa Rosa, Brejo e Vertente.

Segundo o prefeito do município, Oscar Bandeira, o problema mecânico poderia acontecer em qualquer veículo e que ele não teve como resolver imediatamente. âO ônibus quebrou de manhã e no dia seguinte eu levei para Teresina. Amanhã ou depois ele já deve retornar para o municípioâ, afirma o prefeito.

Veja o vídeo publicado no Facebook 

Enquanto isso, os alunos denunciam que estão sem transporte, mas o prefeito nega a informação e diz que alguns carros levam os estudantes.

Prefeito entra com ação para impedir postagens no Facebook

No dia 14 de outubro, foi publicado no Diário da Justiça o resultado de um pedido de liminar feito pelo prefeito Oscar Bandeira, com intuito de impedir que o advogado Rogério Bonfim postasse denúncias a respeito dele no Facebook.

O juiz Julio César Menezes julgou o caso improcedente, alegando que o advogado utiliza sua página pessoal do Facebook para fazer críticas, não extrapolando para injúria, calúnia ou difamação, como dizia o prefeito.

Questionado pelo PortalODIA, Oscar Bandeira diz que entrou com a ação porque o advogado não é um simples eleitor, mas uma pessoa da oposição, que publica denúncias falsas.

10 de fevereiro de 2012

Sigefredo Pacheco ganha mais um assentamento

Confira lista dos povoados beneficiados

O assentamento previsto para inauguração ainda este mês é o São Raimundo ou Satisfeito. Lá estão assentadas 29 famílias assentadas.

A Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR) pretende beneficiar neste ano 1.400 famílias, através das linhas de Consolidação da Agricultura Familiar (CAF) e do Combate à Pobreza Rural (CPR), dentro do Crédito Fundiário (CF).

O CF já alcançou 18.000 famílias em 157 municípios do Piauí, que além de moradia, abastecimento d'água, energia elétrica e aquisição de alimentos são contempladas com uma linha de crédito produtivo que fortalece a geração de emprego e renda. Dentre os itens produzidos, destaca-se a fabricação de cajuína, pimenta malagueta, farinha, piscicultura, caprinocultura, o que incrementa a renda dos beneficiados.

Seis assentamentos estão previstos para serem inaugurados neste começo de ano e um deles é no município de Sigefredo Pacheco, que tem uma das maiores concentrações de assentamentos na região norte do estado.

O assentamento previsto para inauguração ainda este mês é o São Raimundo ou Satisfeito. Lá estão assentadas 29 famílias assentadas. A propriedade foi adquirida do Dr. Expedito e fica próximo a localidade Furnas.

Este é o 16º assentamento criado no município de Sigefredo Pacheco, que também abrigo o segundo maior do Piauí. Santo Antonio dos Campos Verdes, quem tem 357 famílias. Este assentamento foi implantado pelo INCRA, no processo de desapropriação, por ser propriedade improdutiva.

VEJA LISTA DE ALGUNS ASSENTAMENTOS EM SIGEFGREDO PACHECO
Santa paz
São Raimundo
Baixão dos tucuns (oficialmente consta como sendo jatobá, más territorialmente é Sigefredo Pacheco)
Sapucaial I
Sapucaial II
Sapucaieira
Brejo
Barro
Baixa
Condave
Baixão do Tamboril
Barraca de Dentro
Carcavela

Vice-governador diz que vai priorizar conclusão de estrada para Sigefredo Pacheco

Populares já chegaram a manifestar pelas obras

Dos 34 km da estrada, foram seito apenas 6 km e a obra estar parada há quase 3 anos. População já fez protesto, interditando outra PI, mas nada adiantou.

O vice-governador do Piauí, Antônio José de Morais Souza Filho (PMDB) realizou audiência nesta manhã (7) com o presidente do PSDB do município de Sigefredo Pacheco, Vicente Pacheco, onde trataram sobre a retomada das obras da PI-320 que dá acesso à cidade.

A construção do trecho de 34 quilômetros foi iniciada há mais de seis anos e está paralisada há pelo menos um ano e meio, com apenas seis quilômetros concluídos.O vice-governador anunciou a retomada da obra ainda este semestre com a convocação da construtora segunda colocada no processo de licitação, devido a problemas com a empresa que iniciou a obra. Zé Filho disse que vai articular também com o governador Wilson Martins uma visita ao município no sentido de ter a conclusão da estrada como uma das prioridades do governo.

Durante a audiência, Vicente Pacheco esteve acompanhado da presidente do PMDB de Sigefredo Pacheco, Maria Odete Moura, que falou sobre a importância da obra para o desenvolvimento do município, visto que o escoamento da produção fica prejudicado pela falta de estrada asfaltada.

Em outubro do ano passado a população chegou a interditar a PI-115, que liga Campo Maior a Castelo do Piauí, mas o protesto não surtiu o efeito desejado e sequer o governador do estado recebeu uma comissão para falar sobre a estrada.