• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Campo Maior

23 de novembro de 2018

Passo à Frente entrega órteses e próteses em Campo Maior

Passo à Frente entrega órteses e próteses em Campo Maior

Cerca de 1200 pessoas estão sendo beneficiadas com a entrega de aparelhos ortopédicos, nesta quinta-feira (22), no Ginásio Poliesportivo Governador Freitas Neto em Campo Maior, por meio do Passo à Frente. A ação é desenvolvida pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), em parceria com a Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), Prefeitura de Campo Maior e Secretaria Municipal de Saúde.

O evento contou com a presença do prefeito Professor Ribinha, do secretário estadual da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo, do secretário municipal de Saúde de Campo Maior, Marcelo Miranda, vereadores e populares.

Adultos, idosos e crianças, dos municípios de Campo Maior, Cocal de Telha, Jatobá do Piauí, Boqueirão do Piauí e Cabeceiras do Piauí estão recebendo 995 equipamentos ortopédicos entre próteses, órteses, coletes, botas, palmilhas, andadores, bengalas, sapatos pé diabético, cadeira de rodas e cadeiras de banho.

“Por meio da oficina itinerante, proporcionamos um serviço que antes somente Teresina ofertava. Com o Passo à Frente, facilitamos o acesso da população a um serviço tão importante para milhares de pessoas, que vai permitir mais mobilidade e qualidade de vida a essas pessoas”, destacou o prefeito Professor Ribinha.

O programa Passo à Frente leva o serviço para mais perto dos usuários, proporcionando mais mobilidade e acessibilidade a pessoas com deficiência. Já são mais de 7 mil beneficiados, em mais de 70 municípios. Em formato itinerante, o programa possibilita o atendimento o mais próximo do usuário, sem a necessidade do deslocamento para a capital, disponibilizando equipamentos ortopédicos, como órteses e próteses.

21 de novembro de 2018

Sustentabilidade é tema de Natal em Campo Maior

Sustentabilidade é tema de Natal em Campo Maior

O Prefeito Professor Ribinha e Secretária de Assistência Social e Geração de Renda, Nilzana Gomes, lançaram oficialmente nesta terça-feira (20) o Natal de Campo Maior que traz como tema Natal Sustentável. O lançamento foi oficializado durante entrevista concedida na Rádio Meio Norte. A ideia é motivar a população a vivenciar o Natal em harmonia com a família e com o meio ambiente.

A Secretária Nilzana explica que a decoração natalina está sendo confeccionadas a partir de materiais recicláveis e reutilizáveis como restos de madeira, garrafas pets, garrafões de água mineral, cabaças, pneus, copos descartáveis; produtos que seriam descartados no meio ambiente, mas que ganharam vida após serem transformados em peças belíssimas capazes de inspirar novos talentos de diferentes púbicos.


A secretária lembra que parte do material foi doado: cerca de 1500 quilos de garrafas PET, 600 garrafões de água mineral, mais mil cabaças, entre outros.

As peças produzidas vão desde a luminária ao trenó do Papai Noel e serão montadas de forma descentralizada em diversos pontos da cidade como na Praça do Contorno, Valdir Forte, Avenida Santo Antônio, Praça Bona Primo e outros pontos.

A iluminação que também será um marco do Natal começa a ser instalada nesta quarta-feira (21). Já os enfeites serão montados no dia 30 de novembro de forma simultânea nos pontos já mencionados. A programação conta ainda com o Concerto Natalino que vai acontecer no dia 21 de dezembro, na Praça Bona Primo.


Outra novidade é o mural “Memorias de Natal”, uma exposição de fotos de famílias campomaiorenses que será instalada em praça pública; para participar  as pessoas devem postar em sua página no instagram fotos de comemoração natalina com membros da família e sua decoração de natal usando a hashtag #MemoriasdeNatalCM; a ideia é unir as famílias em clima de harmonia e compartilhar a felicidade de natal.

Além de  incentivar  a população para a preservação do meio ambiente com a reutilização de produtos que iriam para o lixo, a ideia estimula a criatividade para a produção de peças rentáveis e ainda favorece o município a pontuar para o ICMS Ecológico.

12 de novembro de 2018

Plano de Cargos e salários dos servidores efetivos

Plano de Cargos e salários dos servidores efetivos

Em um ato inédito e histórico, o prefeito Professor Ribinha conduziu, nessa quinta-feira, 08.11, a primeira reunião geral, (audiência pública), que definiu uma comissão de elaboração do Plano de Cargos e Salários dos servidores efetivos do município de Campo Maior.

A comissão será formada por membros da equipe do Governo, da Câmara de Vereadores, do Sindicato dos Servidores e por servidores das categorias beneficiadas com o Plano de Cargos e Salários. 
O prefeito Professor Ribinha informou que o plano é amplo e vai abranger todos os servidores efetivos, com exceção apenas daquelas categorias que são regidas por lei específica, como por exemplo, professores, Agentes Comunitários de Saúde e Agentes Comunitários de Endemias.

Professor Ribinha explicou que a Prefeitura de Campo Maior vai seguir um cronograma de eventos e que será apresentada uma proposta para ser discutida e colocada em votação no dia 03 de dezembro pela Câmara de Vereadores.

A reunião, que deu um passo gigante para essa conquista para os servidores efetivos, contou com a presença de vereadores, dos secretários César Robperio, (Finanças), Marcelo Miranda, (Saúde), e Otalício Leite, (Administração), e ainda da diretoria do Sindiserm , (Sindicato dos Servidores Municipais), e também de representantes dos mais de 300 servidores que serão beneficiados com o ato.

Cronograma para Elaboração do Plano de Cargos e Salários:

* Dia 13/11: Apresentação da proposta do município;

* Dia 22/11: Manifestação da comissão sobre a proposta do município;

* Dia 27/11: Consolidação da proposta;

* Dia 03/12: Encaminhamento do Projeto de Lei para a Câmara.

05 de novembro de 2018

Profissionais da educação avaliaram práticas pedagógicas

Profissionais da educação municipal de Campo Maior avaliaram Dia "C" das práticas pedagógicas

Os profissionais em educação do município de Campo Maior, participaram no Auditório da Secretaria de Educação - SEMED - e e algumas unidades de ensino com entusiasmo, avaliação, exposição e reflexão da versão preliminar do Currículo Piauiense, Dia C nas Escolas. 

Segundo o prefeito Professor Ribinha e a secretária de Educação Conceição Lima esta chamada pública de avaliação e reflexão traz estímulos e valorização das práticas pedagógicas, e abre espaços para que o profissional (professor) apresente suas angústias e desejos de reais mudanças no fazer pedagógico.

A participação das escolas nas discussões foram elogiadas pelos coordenadores, gerentes, e supervisores educacionais que participaram do encontro. “Excelente, exposição, estudo, discussão, debate no acesso da plataforma do Currículo do Piauí, momento bastante enriquecedor, onde ouvimos as falas dos nossos colegas professores sobre a temática em estudo”, disse a professora Marilene Mota.

curr4

 Outros professores que deram suas avaliações da importância da participação das escolas no encontro foram Carla Cantuário,  Geralda Teixeira, Zildene Mourao, Neidinha e outros. Integrantes da equipe pedagógica da escola Nossa Senhora das Mercês, segundo elas participaram com muito entusiasmo.

Os coordenadores e supervisores contam que foi possível perceber que a chamada pública traz um estímulo a valorização das práticas pedagógicas. Elas parabenizaram as professoras gestoras das unidades de ensino, que juntamente com toda a equipe pedagógica/administrativa, participaram.

A participação dos professores das escolas Vida Verde e N.S.de.Fátima foi também com muito empenho e compromisso nas discussões. Elas deram suas brilhantes contribuições. "Foi muito bom ser a mediadora de vocês com a supervisora Carla Cantuário”, enfatizou a professora Geralda Teixeira, ressaltando, que foi um dia produtivo para os educadores e a educação municipal de Campo Maior esta avaliação.

curr3

29 de outubro de 2018

Prefeito realiza homenagem para servidores e professores

Prefeito realiza homenagem para servidores e professores

O prefeito Professor Ribinha e a secretaria Conceição Lima em uma homenagem aos professores, pela passagem do dia do professor e do servidor público, no dia 28 de outubro, lhes deram os parabéns, o abraço fraterno e os agradecimento pelo trabalho que realizam na educação de mais de 9 mil crianças das escolas da rede municipal de Campo Maior. A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, a Professora Bernadete Silva estava presente, como também outros membros do SINDSERM.. 

A homenagem aconteceu com uma animada festa, na quadra do Patronato, e um jantar. Na oportunidade, foi feito o sorteio de presentes para os professores que têm demonstrado o seu amor pela educação Municipal nos resultados conquistados pelos alunos, em sala de aula e nas Olimpíadas realizadas em nível estadual, nacional e internacional, além das participações em feiras científicas, outros eventos e na credibilidade, demonstrada no numero de procura de vagas por matriculas nas escolas públicas do município que aumenta a cada ano."

"Reconhecemos a importância que cada servidor tem nos diferentes papéis que desempenham no âmbito da nossa gestão, reconhecemos ainda que o nosso sucesso depende de cada uma das partes que compõe o todo. Somos uma equipe. Temos muito orgulho de liderar  essa equipe de excelência. Gratidão é o que nos define, após ter cumprido o honroso dever de homenagear os profissionais da educação pela passage destas importantes datas" ,disse a secretária.

O prefeito Ribinha disse demonstrou também sua gratidao pela presença de cada um, "quando estamos juntos, celebrando o nosso trabalho e nossas conquistas, geramos energia positiva para dar continuidade as nossas atribuições com mais garra, mais coragem e mais alegria! Recebam mais uma vez o nosso carinho e reconhecimento e sintam-se mais uma vez abraçados! Gratos", destacou o prefeito Professor Ribinha.

profess3

professor10

A demontraçao do carinho edo  respeito dos professores e outros servidores ao prefeito Professor Ribinha

profess7

an2

an16

an20

23 de outubro de 2018

Prefeitura leva melhorias para comunidade rural

Investimentos em todos os setores beneficiam comunidade Alto do Meio

A Prefeitura de Campo Maior está transformando a comunidade Alto do Meio em um canteiro de obras que beneficiarão a população local com serviços na área da Saúde, Educação, Segurança e Saneamento, ou seja, seis frentes de trabalho para oferecer mais qualidade de vida aos moradores.

As obras são reivindicações populares que já vinham sendo desejadas há alguns anos. A Prefeitura de Campo Maior já concluiu a ampliação da rede de água com mais quatro quilômetros; está executando a reforma, ampliação e climatização da Unidade de Saúde; A instalação da Academia de Saúde Aberta; A construção de calçamento de acesso à Escola Municipal Agda Maria da Conceição; perfuração de Poço Tubular e construção de Posto Policial.

O prefeito Professor Ribinha ressalta que todas essas obras estão sendo executadas com recursos próprios da Prefeitura de Campo Maior. “Estamos utilizando somente recursos da Prefeitura de Campo Maior para proporcionar essas obras, cujas inaugurações terão início já na próxima semana”, destaca.

Morador do Alto do Meio há 51 anos, o pedreiro Antônio Luís entende que a sua comunidade era carente de várias obras e serviços e finalmente, nessa gestão, a população começa a receber a atenção devida.

“Apensar do Alto do Meio já ser uma comunidade grande, não vinha recebendo a atenção devida por parte dos gestores passados, mas isso começa a ser reparado com essa obra de calçamento, posto de saúde e com a ampliação do abastecimento de água”, comenta o morador.

A professora Joara Brito, que mora e trabalha na comunidade, disse que a construção do calçamento na rua de acesso à escola vai mudar a realidade de centenas de alunos que trafegam diariamente e que antes da pavimentação conviviam com a lama e a poeira. “Esse calçamento veio facilitar o acesso dos alunos que estudam na Agda Maria da Conceição”, avalia. 

19 de outubro de 2018

Campo Maior: uma cidade de história, fé e culinária rica

A cidade caracteriza-se pela presença marcante da carnaúba, que lhe rendeu o apelido de "Terra dos Carnaubais".

Campo Maior foi elevado a município e distrito no ano de 1761, sendo instalado em 8 de agosto de 1762 com a instalação da Vila de Campo Maior. Esta data passou a ser uma das mais importantes para a cidade, tanto é que foi a escolhida para ser o aniversário de Campo Maior, mesmo depois de ser elevada à categoria de cidade em 28 de dezembro de 1889.

A cidade caracteriza-se pela presença marcante da carnaúba, que lhe rendeu o apelido de "Terra dos Carnaubais". O Açude Grande também se destaca neste cenário, encantando turistas que passam pela cidade. Outros pontos turísticos são a "Serra" de Santo Antônio, a Barragem dos Corredores, o Monumento aos Heróis do Jenipapo e a Catedral de Santo Antônio. Campo Maior também é referência por sua gastronomia, o que a tornou conhecida nacionalmente como a “Terra da Carne de Sol”.

No passado, a cidade sediou a mais violenta e única batalha sangrenta pela Independência do Brasil: a Batalha do Jenipapo. O 13 de março de 1823, que é sempre lembrado pelos piauienses, teve papel decisivo para manter a unidade territorial do país e consistiu na luta de vaqueiros, agricultores e outros trabalhadores contra as tropas do Major João José da Cunha Fidié, que cumpria ordens do Rei de Portugal, D. João VI, para que o norte do Brasil permanecesse sob o domínio português. O povo piauiense lutou com facões e instrumentos de trabalho, não com armas. Perderam a batalha, mas não a guerra.

Atualmente, a economia do município está baseada na atividade comercial, agricultura, pecuária e extrativismo. Campo Maior concentra ainda um grande polo religioso, contando com a Catedral de Santo Antônio, que atrai turistas para este que é um dos maiores festejos católicos do Estado.

O sentimento da população

O funcionário público, Gabriel Ferreira, explica o sentimento de amor e gratidão por conviver em Campo Maior. “Carrego comigo a parte cultural e a característica que temos de acolher os visitantes e informar a nossa história. O carinho que tenho por essa igreja, onde nasci e fui criado nas redondezas desta praça. Em relação à cultura, o nosso trabalho de incentivar os jovens, fazendo projetos de valorização da nossa cultura...”, cita.

Moradores são fieis do padroeiro Santo Antônio

Já o lavrador Pedro Sousa fala sobre o orgulho de viver na terra das carnaúbas. “Logo que nasci, não quis bem as coisas da cidade, mas tive uma infância boa em Campo Maior. A cidade se movimentou ao longo dos anos e cresceu. Sinto-me bem sendo campo-maiorense, carrego muitas lembranças boas. Nossa cidade ainda está calma, não está como as cidades grandes e isso ainda é motivo de orgulho para nós”, explica.

A autônoma Maria Dalva também comenta a sua paixão pela terra natal. “Para mim, o melhor lugar do mundo é Campo Maior. Temos a nossa religiosidade, nossa cultura que é bem reconhecida e temos qualidade de vida. Campo Maior é uma cidade ainda pacata, de povo que tem muita fé no nosso Padroeiro Santo Antônio. Então, sou feliz por viver aqui, não desmerecendo as demais cidades”, destaca.

A origem do nome

O professor e historiador, Marcus Paixão (foto à direita), explicou ao O DIA a origem do nome do município. “Em Campo Maior, houve um complexo cultural português muito grande, pois muitas famílias se instalaram aqui. Temos uma geografia privilegiada, com rios e uma terra boa para se criar animais. Com isso, as pessoas pensam que o nome é em decorrência aos campos, mas, na verdade, é uma homenagem a uma cidade Portuguesa de mesmo nome. Esse fenômeno ocorreu em outras vilas também, Marvão, por exemplo, foi da mesma forma”, explica.

Marcus ressalta que o município ainda mantém diversas características da influência portuguesa. “Temos a influência dos portugueses, dos índios e de negros africanos. A parte cultural, a intelectualidade veio de Portugal. Quando se olha para os casarões antigos existentes aqui, nota-se que o traço da arquitetura portuguesa é bem forte. A forma como a nossa principal praça foi construída é um reflexo da cultura portuguesa, onde tem a igreja católica e o largo da praça, como era de costume fazer todas as vilas. Existem outros traços como a própria língua e traços culturais menores, por exemplo, a influência que a família Castelo Branco trouxe para cá na música, na poesia”, pontua.

Características de Campo Maior

O prefeito da cidade, Professor Ribinha (foto à direita), detalha ao O DIA sobre as características que fazem de Campo Maior, um município de destaque para todo o Piauí. “Considero-me um típico nordestino. Sou de Campo Maior, nasci na zona rural deste município e tive minha infância quase toda na zona rural, com o desafio de vir estudar na zona urbana. Naquele momento, não tínhamos as facilidades que se têm hoje em relação a transporte escolar. Então, era certo sofrimento, mas nos divertíamos bastante. Morei em seguida na casa de parentes na zona urbana, onde pude concluir os estudos e me fixar por aqui. Tenho Campo Maior como uma das belezas da minha vida, pois tem uma representação histórica muito grande para o cenário nacional, então isso representa muito para quem nasceu e vive aqui. Outros aspectos também fazem parte desta beleza que é Campo Maior. O Açude Grande, por exemplo, que estamos cuidando e fazendo melhorias por ali, outros cartões postais, a praça e a Catedral de Santo Antônio, a nossa religiosidade que anualmente atrai milhares de fiéis, a culinária campo-maiorense e tantas outras coisas que podemos citar como características de Campo Maior. Como pessoa e como cidadão, vejo que são muitos motivos de orgulho para conviver em Campo Maior”, explica.

Professor Ribinha cita ainda os desafios de ser prefeito de um município como Campo Maior e lista alguns feitos e ações. “Em relação à política, foi uma surpresa para mim. A política cabia mais para as famílias tradicionais aqui no município, aquelas que já tinham algum privilégio do ponto de vista econômico. Sou um gestor que venho da zona rural, sou professor e sou grato pela acolhida da população. Então, vejo que tenho uma missão de trabalhar muito mais e cuidar da nossa cidade. Eu vejo que o prefeito tem que cuidar como se fosse a sua casa! Estamos trabalhando bastante em todas as áreas da administração municipal, temos uma Saúde bem avaliada, uma educação que também é referência e que teve um bom índice no Ideb, o que é, para mim, um motivo de muito orgulho. A valorização dos profissionais é um dos destaques da nossa gestão. Trabalhamos para que não falte merenda nas escolas, melhoramos o transporte escolar. Todas as áreas estão sendo beneficiadas, grandes obras de mobilidade urbana, a revitalização do Açude Grande é outra grande obra que estamos realizando; além de muito trabalho também na nossa zona rural com a construção, recuperação de estradas, abastecimento de água, construção de pontes e outras ações”, pontua.

15 de outubro de 2018

Sorteio do ITPU Premiado acontece no próximo dia 29 de outubro

Sorteio do ITPU Premiado acontece no próximo dia 29 de outubro

A Prefeitura de Campo Maior realiza no próximo dia 29 de outubro, ao vivo pela Rádio Meio Norte, o sorteio do IPTU Premiado, promoção organizada pela Secretaria Municipal de Finanças para premiar os contribuintes que estão em dia com o Imposto Predial e Territorial Urbano no município.
iptupremiado

Serão sorteados para os contribuintes um carro zero quilômetro, uma moto Pop, uma TV 30 polegadas, uma Geladeira Duplex e um aparelho de ar condicionado. “Os contribuintes ainda têm chance de participar do sorteio pagando o IPTU até o dia 26 de outubro, último dia útil antes do sorteio”, detalha o secretário de Finanças César Robério.

O secretário César Robério explica que o sorteio foi adiado para após a votação do segundo turno das eleições presidenciais por orientação da Procuradoria Geral do Município. “Temos vedações por conta das eleições e acatamos o parecer da Procuradoria do Município que nos recomendou a realização do sorteio após o período eleitoral”, detalha César Robério.

O prefeito Professor Ribinha destaca que o IPTU pago se transforma em benefícios para a população campomaiorense como obras de calçamento, unidade de saúde, academia aberta e estradas vicinais.

“Estamos executando várias obras para serem entregues a população como calçamento no Alto do Meio, Centro de Convivência do Idoso, Academia e Unidade de Saúde no Alto do Meio, estradas vicinais e tantas outras ainda iniciaremos até o final desse ano”, ressalta o prefeito.

04 de outubro de 2018

01 de outubro de 2018

Campo Maior é o primeiro em boas práticas ambientais e ganha selo 'A'

Campo Maior é o primeiro em boas práticas ambientais e ganha selo 'A'

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos divulgou, no mês de setembro, a classificação dos municípios piauienses que serão certificados no Selo Ambiental de 2019, (ICMS Ecológico). A seleção foi feita obedecendo os critérios de políticas institucionais de preservação do meio ambiente. 

Campo Maior conseguiu conceito ‘A’ e o primeiro lugar em pontuação no ranking das cidades habilitadas com seis práticas aprovadas pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente. 
ribinhameio11

Campo Maior foi selecionado a partir da aprovação de práticas como gerenciamento de resíduos sólidos, educação ambiental, recuperação de áreas degradas, proteção de mananciais, reestruturação de edificações irregulares e gestão da política municipal do Meio Ambiente. 

As políticas ambientais da Prefeitura de Campo Maior são executadas por uma comissão multisetorial, coordenada pela secretária municipal do Meio Ambiente, Conceição Paz.
ribinhameio2

“Essa certificação e o primeiro lugar no ranking refletem um esforço da nossa gestão em estabelecer uma política institucional séria de conservação do meio ambiente, através de práticas sustentáveis”, comemora o prefeito Professor Ribinha.
ribinhameio6

Campo Maior é habilitado no Selo Ambiental, (ICMS Ecológico) desde 2015, mas foi nos anos de 2017 e 2018 que conseguiu a certificação na categoria ‘A’ e esse ano chegando a maior pontuação, ficando no topo do ranking. 

Dos 36 municípios que participaram da edição do ICMS Ecológico em 2019, somente 12 foram habilitados e apenas Campo Maior, Oeiras e Piripiri conseguiram ser aprovados na categoria A. 

Campo Maior conseguiu aprovar seis das nove práticas ambientais julgadas e totalizar 204 pontos; Oeiras aprovou sete ações, mas só somou 157 pontos e a cidade de Piripiri teve selecionadas cinco práticas e obteve apenas 135 pontos. 
ribinhameio10

“Não basta ter gestão ambiental e aplicar a Lei, mas também é preciso exercer com responsabilidade essa gestão, visando sobretudo a preservação do meio ambiente e o uso sustentável dos recursos naturais”, destaca o prefeito Professor Ribinha.  

O ICMS Ecológico nasceu como forma de incentivar os municípios a criar políticas ambientais e defender práticas sustentáveis, criar áreas de preservação e melhorar a relação do homem com a natureza em seus municípios. No Estado do Piauí, o Selo Ambiental, condicionando a participação dos municípios no ICMS Ecológico, foi criado em 2008.
ribinhameio8ok

Os municípios piauienses podem receber o Selo Ambiental em três categorias: A, B ou C. A classificação ocorre de acordo com o número de itens atendidos num rol total de nove requisitos, a exemplo de gestão de resíduos, proteção de mananciais, redução do desmatamento, identificação e minimização de fontes de poluição, disposições legais sobre Unidades de Conservação da Natureza e política municipal de meio ambiente.
ribinhameio5okribinhameio3ribinhameio7