• assinatura jornal

Notícias Campo Largo

11 de setembro de 2013

Ex-prefeito de Campo Largo é condenado pelo MPF

Domingos Rodrigues Oliveira foi condenado por improbidade administrativa

O Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI), por meio do procurador da República Carlos Wagner Barbosa Guimarães, obteve na Justiça Federal a condenação do ex-prefeito de Campo Largo do Piauí Domingos Rodrigues Oliveira, por improbidade administrativa.

A ação ajuizada pelo MPF em 2008, teve como base a Tomada de Contas Especial do município onde ficou caracterizada a irregularidade das contas referentes aos recursos do   Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério - FUNDEF repassados, no exercício de 2004, no valor de R$ 895.362,96, consistente no envio intempestivo de balancetes, ausência e/ou irregularidades de processos licitatórios enviados/analisados, emissão de cheques sem provisão de fundos.

O juiz federal Márcio Braga Magalhães, da 2ª Vara Federal do Piauí, determinou a suspensão dos direitos políticos de Domingos Rodrigues Oliveira por 5 anos, proibição de contratar como Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais e creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 5 anos e ao pagamento de multa civil no valor de R$ 100 mil

Quanto ao ressarcimento dos valores, o juiz federal considerou a natureza de título extrajudicial do Acórdão nº 89/2005 do Tribunal de Contas do Estado do Piauí, passível de execução através de ação adequada.

21 de agosto de 2013

Vereador denuncia descaso com água em Campo Largo

Prefeito alega que está aguardando liberação de recursos para fazer adultora

A situação de abastecimento precário é um sério problema na cidade de Campo Largo, segundo informou o vereador Paulo Cesar (PSD). âAqui não há Agespisa. Colocaram umas placas, mas não tem água dela aqui. Existe só poços tubulares e esta água é disposta em caixas dâágua e a prefeitura dispõe para parte da população. Quando os poços não estão funcionando ou a água não é suficiente, o povo é abastecido por uma adutora que retira água do Rio Parnaíba e encaminha para a população sem nenhum tratamentoâ, desabafa. 

De acordo com o parlamentar, as caixas não são suficientes para o abastecimento de toda a população do município e denuncia obras inacabadas na cidade que serviriam para melhorar o abastecimento. âHá uma caixa dâágua com capacidade de 100 mil litros de água na cidade, mas que nunca foi terminadaâ, afirma. 

Segundo Paulo Cesar, moradores acabam trabalhando por conta própria para garantirem água de qualidade. âNa Avenida Porto, aqui na cidade, os populares cavaram um poço tubular e construíram uma caixa para distribuírem água para as famíliasâ, coloca. 

O  prefeito da cidade, Rômulo Aécio (PMDB), confirma que há um problema no abastecimento, mas elenca trabalhos que serão realizados para tentar sanar o problema. âO problema de água é uma realidade. Temos uma adutora, mas não há condições de usá-la. Estamos esperando a liberação de uma verba de mais de R$ 300 mil para que possamos terminar essa adutora e uma caixa dâágua. Paliativamente, cavaremos três poços tubulares, que amenizarão os problemasâ, afirma o prefeito. 

VEJA PRINT DA MATÃRIA NO JORNAL O DIA DESTE DOMINGO (18)