PP, PSD, MDB e PT se consolidam como as principais forças políticas do Piauí

As siglas devem ser protagonistas nas discussões em torno da disputa ao Governo do Estado em 2022

23/11/2020 09:45h - Atualizado em 23/11/2020 10:44h

Compartilhar no

Terminado o primeiro turno das Eleições Municipais 2020, quatro partidos se destacam e se consolidam como as principais forças políticas no estado do Piauí: Progressistas, PSD, MDB e PT. Juntas, essas agremiações conseguiram eleger prefeitos em 182 cidades piauienses no último domingo (15), o que corresponde a mais de 81% do total de domicílios eleitorais em disputa. 

No topo do ranking está o Progressistas, que conquistou 83 prefeituras, seguido pelo PSD que obteve vitória em 40 municípios. O MDB ficou na terceira colocação, com 35 candidatos majoritários vencedores e podendo ampliar esse número, uma vez que tem representante no segundo turno em Teresina. Fechando o quarteto está o PT, com 24 candidatos a prefeito eleitos no pleito deste ano.

A votação obtida pelos prefeitos eleitos dessas quatro legendas partidárias supera os 54% do total de votos válidos em disputa nos 224 colégios eleitorais piauienses, segundo dados da apuração disponibilizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O desempenho de cada uma dessas siglas neste ano pode ter relevância para o cenário de sucessão ao Governo do Estado em 2022.

“Os prefeitos, assim como os vereadores, são os representantes mais próximos do eleitorado local, portanto, o apoio político deles pode influenciar a decisão do voto dos eleitores para os cargos de governador, deputado, senador e até de presidente. Podemos dizer, que os prefeitos também podem atuar como cabos eleitorais dos candidatos a cargos majoritários”, explica Beatriz Ribas, cientista política e professora da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Os demais 41 municípios do estado que definiram seus prefeitos ficaram distribuídos entre PTB (15), Republicanos (10), PL (7), PSB (4), DEM (2), PDT (1), DC (1) e PSDB (1), que também disputa o segundo turno na capital a ser disputado no próximo domingo (29).

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário