Flora Izabel é eleita em primeiro turno para o TCE

A candidata obteve 17 dos 30 votos e garantiu o cargo em primeiro turno

16/09/2021 13:15h - Atualizado em 16/09/2021 14:22h

Compartilhar no

A deputada estadual Flora Izabel  (PT) foi eleita a nova conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Piauí em votação realizada nessa quinta-feira (16) na Assembleia Legislativa. A candidata obteve 17 dos 30 votos e garantiu o cargo em primeiro turno. Ao todo, oito candidatos disputaram a vaga na corte de contas .


Fotos: Assis Fernandes/ODIA

O principal concorrente, deputado Wilson Brandão (Progressistas), obteve 12 votos. Na votação que aconteceu de forma secreta, um parlamentar votou em branco. Os demais seis candidatos, membros da sociedade civil, não receberam votos dos deputados.


Leia também“Página triste na Assembleia”, dispara Wilson Brandão após derrota 


A eleição de Flora Izabel no primeiro aconteceu depois que ogovernador Wellington Dias atuou para garantir que a unidade da base governista entorno do nome da petista. Em encontro realizado na residência do chefe do Executivo, o deputado Zé Santana (MDB), que havia colocado o nome na disputa, desistiu do pleito, assim como o deputado Flávio Nogueira (PDT). 

Com a eleição de Flora Izabel para o TCE assume o deputado estadual Warton Lacerda (PT), primeiro suplente da coligação governista. A vitória da petista fortalece também o presidente da casa, Themístocles Filho, na briga por uma vaga na chapa majoritária governista em 2022 que deverá ter Rafael Fonteles como candidato ao Palácio de Karnak.

Formada em Economia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Foi vereadora de Teresina e atualmente está no quarto mandato de deputada estadual na Assembleia Legislativa do Piauí, Já presidiu entre outras comissões a de Fiscalização, Controle, Finanças e Tributação.

Flora teve importante participação na militância no Movimento Estudantil do qual foi líder na década de 80, estando à frente na resistência à Ditadura  Militar no Piauí. Ela é uma das fundadoras do Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Piauí e foi a primeira a presidi-lo.





Quem é Flora Izabel

Economista formada pela Universidade Federal do Piauí, instituição onde também cursou Letras e especializou-se em Políticas Públicas.Ingressou no serviço público em 1983, atuando na Delegacia Federal de Agricultura do Piauí, de onde licenciou-se em 1997 para o primeiro mandato eletivo como vereadora de Teresina.Desde cedo revelou interesse pelo embate político.Teve sua vida acadêmica marcada pela militância no Movimento Estudantil do qual líder  na década de 80 estando à frente na resistência à Ditadura  Militar no Piauí.Foi presidente do Centro Acadêmico do Curso  de Letras e Secretária de Imprensa do Centro Acadêmico de Economia.

A inspiração para a luta  pelo social ultrapassou os limites da academia, assim foi marcante sua participação na Comissão de Direitos Humanos da Arquidiocese de Teresina onde atuou como vice-presidente.Fundou o Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Piauí e foi a primeira a presidi-lo.Foi também presidente do Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores no biênio 96 – 98.Nas eleições majoritárias de 1994 foi a primeira candidata a  deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores em todo o Brasil,e àquela época mesmo sendo pequena a participação da mulher piauiense na política partidária,obteve a aprovação de cerca de 20 mil eleitores.Ingressou na carreira político-partidária em 1996, quando foi eleita  vereadora de Teresina.

Durante esse primeiro mandato atuou com dinamismo mostrando a força da mulher num campo praticamente restrito aos homens.Em reconhecimento à sua atuação, foi considerada  a vereadora mais popular do Brasil pela Revista Isto É,e pelo Instituto Brasmarket de Pesquisa.

O reconhecimento do povo teresinense veio novamente nas eleições municipais de 2000, ano em que foi reeleita vereadora da capital piauiense com praticamente o dobro do número de votos conseguidos no pleito anterior.Exerceu esse segundo mandato somente até o ano de 2002 quando foi eleita deputada estadual.No primeiro mandato como Deputada, foi a primeira mulher a exercer a liderança de um governo na Assembléia Legislativa do Piauí e deu continuidade ao dinamismo com que atuou no parlamento municipal.

Reeleita deputada estadual nas eleições do ano de 2006,tornou-se também a primeira mulher  a assumir a vice-presidência daquela casa, cargo que exerce atualmente.Para aproximar ainda mais o mandato dos teresinenses, inaugurou um escritório parlamentar no Grande Dirceu com atendimento diário à população daquela região.Com um histórico de militante nas lutas pela melhoria da sociedade, tem uma trajetória política consolidada e voltada para todos os segmentos sociais, sobretudo para os excluídos e vitimados pelas desigualdades. Além disso, tem mostrado e representado a força da mulher piauiense a quem  sempre dedica todas as lutas e vitórias.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário