• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Campo Maior: Secretaria divulga nomes dos mortos em confronto com a polícia

Segundo a Polícia Militar, suspeitos de realizar assaltos a agências bancárias em Campo Maior já tinham antecedentes.

06/05/2019 08:40h - Atualizado em 06/05/2019 15:00h

Atualização às 14h30

Por volta das 14 horas desta segunda-feira, a Secretaria de Segurança Pública confirmou que mais um suspeito de participação nos assaltos a agências bancárias de Campo Maior foi morto em confronto com a Polícia Militar.

No total, o número de suspeitos assassinados já chega a nove. 

Atualizada às 12h22min

A Secretaria de Segurança Pública divulgou, ao meio dia desta segunda (6) os nomes dos integrantes da quadrilha que foram mortos pela polícia durante ação de abordagem. São oito pessoas ao todo.

Confira as identificações: Antônio Paulo de França, vulgo Paulo Madruga, Weverson de Oliveira Marçal, Anderson Freitas Barazão, Jean Gustavo Silva, Tiago Luiz Alves, Maicon Humberto de Sousa Nascimento, Igor da Silva Lima e Lucas Oliveira de Brito.

Desses oito, um é de Teresina (Paulo César dos Santos), seis são naturais de Uberlândia-MG (Weverson, Anderson, Jean, Tiago, Maicon e Igor) e um não teve a naturalidade divulgada (Lucas).

Eles foram mortos nas abordagens ocorridas na madrugada do domingo (05) em Cocal, e na madrugada de hoje (06) em Batalha.

Iniciada às 08h40min

Dois homens, suspeitos de envolvimento com o roubo a agências bancárias em Campo Maior, foram mortos no município de Batalha.

Com eles, sobe para oito o número de suspeitos assassinados em diligências da Polícia Militar do Piauí destinadas a capturar os suspeitos de assaltar o Bradesco, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica no município que fica a 83 km da capital.

A informação foi confirmada pela Secretária Estadual de Segurança Pública (SSP). O assalto ocorreu na última terça-feira (30). Além destes, outras cinco pessoas foram presas por dar apoio ao grupo criminoso. Entre os detidos está o filho de um ex-coronel. 


Material apreendido neste domingo (05). Foto: Reprodução/SSP

Os outros seis suspeitos foram mortos durante a operação policial  nas proximidades de Cocal dos Alves, município que fica no norte do Estado, na madrugada deste domingo (05).  As outras duas mortes só foram confirmadas na manha desta segunda-feira (06). 

De acordo com o secretário de segurança,Fábio Abreu, os suspeitos reagiram a abordagem da polícia. "Mediante ao poder de fogo que eles tinham, não havia outra resposta a ser dada ao não ser reagir", conta. 

Com o bando, os policiais apreenderam  uma grande quantidade de armamento, munições e explosivos. As investigações continuam para identificar se há mais pessoas envolvidas com o crime e para localizá-los. A identidade dos envolvidos no crime não foi divulgada. 

Edição: Adriana Magalhães
Por: Geici Mello e Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário