• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Profissionais de O Dia ganham 1º lugar no I Prêmio da Águas de Teresina

Repórteres Glenda Uchôa e Isabela Lopes ganharam o prêmio de melhor reportagem. Já o fotógrafo Jailson Soares ganhou o 1° lugar na categoria fotojornalismo.

12/12/2018 22:23h - Atualizado em 13/12/2018 13:45h

Pela segunda vez nesta quarta-feira (12), o Sistema O Dia de Comunicação teve seu trabalho jornalístico coroado. As repórteres Glenda Uchôa e Isabela Lopes ganham o primeiro lugar no I Prêmio de Reportagem da Águas de Teresina, com uma série especial de matérias sobre os impactos da falta de saneamento básico na saúde de crianças da periferia de Teresina.

A matéria, intitulada “Falta de saneamento básico atinge principalmente saúde das crianças”  foi veiculada na edição do Jornal O Dia de 16 de novembro e no Portal O Dia no dia 17 de novembro. O texto traz o olhar de Glenda e Isabela sobre a realidade dos moradores do Parque Vitória, na zona Sul de Teresina, salientando as dificuldades que eles enfrentam no dia a dia para viver em um ambiente, por vezes, insalubre. 

Foto: Elias Fontinele

A reportagem foca nos problemas de saúde causado, sobretudo, às crianças da região e nas ações que a Água de Teresina tem desenvolvido para sanar o problema naquela área. É o que explica a repórter Glenda Uchôa: “Conversamos tanto com a população, quanto com o posto de saúde local e lá a gente constatou que a grande maioria dos problemas que chegam ao hospital são por conta da falta do saneamento. Isso acarreta um ciclo muito forte, porque esse dinheiro que se usa para tratar doenças simples e que podem ser prevenidas, poderia ser revestido no desenvolvimento das crianças e daquela região”.

É isto que frisa também Isabela Lopes, ao mencionar a necessidade de se discutir um problema para se provocar os órgãos responsáveis e se chegar a uma solução. “Buscamos áreas que não tivessem esse tipo de atendimento [saneamento] para conversar com essas pessoas necessitavam de um olhar mais carinhoso do poder público. Buscamos também locais que estavam começando a ser contemplados com intervenções sanitárias e onde, talvez as pessoas pudessem começar a ver suas vidas melhorarem. Tentamos mostrar os dois lados e trouxemos histórias que mexem com o social e com a gente também, enquanto jornalista mesmo. Porque antes de profissionais, somos humanos”.

A segunda matéria da série foi veiculada na edição do dia 18 de novembro no Jornal O Dia e no dia 19 do mesmo mês no Portal O Dia. A publicação foi intitulada de “Em Teresina, mais da metade da água produzida é desperdiçada”  e nela as repórteres destacam um levantamento da concessionária Águas de Teresina que diz que para cada 1litro de água que chega em uma residência da capital piauiense, 6 são perdidos. A perca acaba prejudicando a vida da população de localidades mais afastadas e acaba deixando o acesso a água limitado.

Em primeiro lugar no concurso, as repórteres consideram a vitória como o reconhecimento de um trabalho social. Glenda, por exemplo, diz que é o Jornalismo cumprindo com sua função. “A gente está aqui para mostrar o problema para que ele seja resolvido. É felicidade grande saber que o reconhecimento de um trabalho é cobrar melhorias na sociedade. Você se sente útil e se sente bem com a profissão que escolheu”.

Isabela também comemorou a vitória e destacou a alegria de ver seu trabalho sendo reconhecido e aclamado: “Mostra que o nosso trabalho está sendo feito e mais do que isso: mostra que estamos dando voz para pessoas que realmente precisam e que, muitas vezes, passam despercebidas pela mídia. É um reconhecimento como profissionais, porque somos motivados a continuar fazendo isso”, finaliza a repórter.

Isabela também foi a vencedora do Prêmio de Reportagem do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), na categoria impresso, cuja solenidade de premiação foi realizada na manhã de quarta-feira.

Fotógrafo de O Dia é o grande vencedor do I Prêmio de Fotojornalismo da Águas de Teresina

Além do prêmio de reportagem, o Sistema O Dia também foi o grande vencedor do I Prêmio de Fotojornalismo da Águas de Teresina, que coroou o fotógrafo Jailson Soares. Há 12 anos atuando como fotógrafo, Jailson é o autor da imagem que ilustrou o dia a dia das crianças em meio à falta de saneamento básico do Parque Vitória, na zona Sul de Teresina. 

Foto: Jailson Soares/ O Dia

Pelas lentes do fotógrafo, a matéria vencedora do Prêmio de Reportagem – de autoria de Glenda Uchôa e Isabela Lopes – ganhou mais vida. Jailson conta que a ideia principal da foto foi pensada com auxílio das repórteres, mas que o momento captado foi de surpresa. “A gente foi pro Parque Vitória pra tentar fazer uma coisa diferente. Lá a gente viu a falta de saneamento e aí apareceu uma criança brincando na rua. Era o personagem perfeito. Ela estava caminhando e do lado tinha um esgoto, e então ela se abaixou pra pegar um brinquedinho que caiu na água suja. Foi a a hora em que tirei a foto. Ali era o personagem que a matéria retratava bem no contexto que tinha sido pensando”.

Jailson comemorou a vitória e destacou que foi tudo resultado da união e do entrosamento da equipe envolvida na sua realização. “Eu fico feliz por ter esse reconhecimento, mas é importante frisar que quando você faz uma foto, antes de ela sair no jornal, ela passa pela diagramação, pelo tratamento da imagem. O próprio local onde a foto foi feita, foi com a ajuda do motorista, que sabia exatamente os pontos críticos pra onde levar a gente. Então essa vitória é de todo mundo que colaborou pra que eu estivesse no local certo e no momento certo”, finaliza o fotógrafo.

Por: Maria Clara Estrêla e Lucas Albano

Deixe seu comentário