Após subir 1,6% no ano, litro da gasolina chega a custar até R$ 7,00 no Piauí

ANP anunciou novos aumentos na gasolina e no GLP em todo o Brasil. No Piauí, gás chega a ser R$ 10,00 mais caro em Parnaíba do que em Teresina. Gasolina é mais cara na capital.

19/09/2021 10:37h - Atualizado em 19/09/2021 10:44h

Compartilhar no

Na semana passada, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) anunciou mais um aumento no preço do gás de cozinha e da gasolina comum nos postos de todo o Brasil. Desta vez, o GLP subiu 1,5%, sendo encontrado a até R$ 130 o botijão de 13 Kg em alguns estados. No Centro-Oeste estão os valores mais caros do país. A alta no gás já atingiu 5% desde o início de julho.


Leia também: Petrobras anuncia aumento de 6,6% na gasolina e 3,7% no diesel 


A gasolina também teve um novo reajuste e ele foi de 0,2% em relação à semana anterior, com o preço médio do litro sendo vendido a uma média R$ 6,076 em alguns estados.


Foto: Assis Fernandes/O Dia

Aqui no Piauí, a situação não é diferente: os consumidores chegam a pagar até R$ 6,99 pelo litro de gasolina comum em algumas regiões de Teresina, segundo o que aponta o levantamento da ANP sobre os preços praticados pelos revendedores. Há postos de combustíveis na zona Sul de Teresina que estão vendendo gasolina a R$ 7,00 o litro. Dentre os bairros com a gasolina mais cara da capital estão Macaúba, Cristo Rei, Vermelha, Santo Antônio, Parque Ideal, Lourival Parente, Gurupi, São Raimundo, Parque Itararé e Parque São João.


Leia também: Piauí tem a gasolina mais cara do Nordeste, aponta levantamento 


No ano, o preço da gasolina comum já subiu 1,6%. O último aumento da Petrobras foi em 12 de agosto passado. Já o óleo diesel, cujo último reajuste nas refinarias foi em 27 de agosto, subiu 0,2% na semana passada e 2,2% nas últimas quatro semanas, custando em média R$ 4,709 o litro. O preço mais alto foi encontrado pela ANP na Região Norte a R$ 6,480 o litro. O preço mais barato ficou na região Nordeste, a R$ 3.780 o litro.

Gás de cozinha é R$ 10,00 mais caro em Parnaíba

 O gás de cozinha também ficou mais caro. O GLP foi reajustado em 1,5% pela ANP na semana passada e em alguns estados brasileiros está chegando a custar R$ 130,00. No Piauí, os consumidores têm pagado até R$ 115,00 em um botijão de 13 Kg, mas, diferente da gasolina, os valores mais caros do Estado são praticados nos revendedores de Parnaíba e não nos de Teresina. 


Foto: Assis Fernandes/O Dia

De acordo com o levantamento da ANP, o botijão de gás no litoral piauiense é vendido a uma média R$ 112,50 com o valor mínimo em R$ 110,00 e o valor máximos nos R$ 115,00. Já na capital, o gás de cozinha tem custado em média R$ 102,59, ou seja, R$ 10,00 a menos que em Parnaíba. O valor mínimo aqui em Teresina chega a R$ 95,00 e o máximo a R$ 110,00.


Leia também: Gás fica mais caro a partir desta quarta e consumidores apostam em medidas alternativas 


A elevação de preço do gás de cozinha se deve a um aumento de 7% feito pelas distribuidoras por causa do dissídio salarial da categoria em setembro. O preço nacional médio do botijão na semana passada ficou em R$ 98,33, sendo o mais barato na região Nordeste.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário