• assinatura jornal

Notícias Luzilândia

10 de janeiro de 2017

Abastecimento de água beneficia mais de 160 famílias em Luzilândia

Abastecimento de água beneficia mais de 160 famílias em Luzilândia

Os moradores do Conjunto 87, localizado no Povoado Dnocs em Luzilândia, comemoram a realização de um sonho que acreditava ser impossível, ter água em suas residências. O sonho antigo foi realizado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) que, em parceria com o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), perfurou um poço de 18 mil litros de água por hora na localidade, beneficiando mais de 160 famílias.

Enquanto as máquinas trabalhavam na perfuração do solo, os moradores do Povoado Dnocs acompanhavam toda a ação e quando se depararam com a água jorrando da terra não conseguiram esconder o contentamento nítido, através de tímidos sorrisos que foram surgindo no rosto de cada um. 

A aposentada Francisca Araújo Sousa, de 82 anos, nasceu e foi criada na localidade, e quando questionada sobre a importância dessa obra, respondeu não ter palavras para explicar. “Eu não sei nem dizer como é, o que significa essa obra aqui, mas agradeci a Deus, Nossa Senhora e São Francisco das Chagas, por esse sonho realizado. Antes, aqui era muito sofrimento, passávamos meses sem água, dependendo de carro-pipa, mas agora chegou esse milagre de Deus”, disse, emocionada.

A secretária de estado da Infraestrutura, Janaínna Marques, afirmou que, além de beneficiar as mais 160 famílias, a obra vai beneficiar ainda as mulheres trabalhadoras rurais. “Estamos no Conjunto 87 no Povoado Dnocs concluindo mais uma obra aqui no município de Luzilândia. A gente fica feliz em saber que a água desse poço vai beneficiar tantas famílias, possibilitando a produção de hortas comunitárias das mulheres guerreiras dessa localidade, que tiram seu sustento por meio do que plantam e colhem. Fico feliz e agradeço a Deus a oportunidade de realizar esse sonho de tantas pessoas que sofriam com esse problema. Agradeço ao governador Wellington Dias pela oportunidade de atender a essa antiga reivindicação dos moradores do povoado Dnocs. Sabemos da responsabilidade que temos de trabalhar por todo o Piauí e fico ainda mais feliz por trazermos esse benefício para Luzilândia”, disse a gestora.

05 de agosto de 2015

Em oficio, prefeita autoriza marido a movimentar todas as contas da prefeitura

Oficio está publicado no Diário Oficial dos Municíopios

Em um oficio publicado no Diário Oficial dos Municípios, a prefeita de Luzilândia Ema Flora (PTB) deu plenos poderes para o seu esposo Jorge de Souza, que é secretário de finanças fazer a movimentação de todas as contas da prefeitura municipal.

O oficio de nº 055/2015, de 03 de agosto de 2015, foi encaminhado à sub-gerente do Banco Brasil, Tarciana Paula Sales. Neste, a prefeita informa o nome do marido Jorge de Souza, secretário de Finanças, para movimentar todas as 27 contas da prefeitura junto ao banco. 

Prefeita Ema Flora

Com isso, o esposo da gestora fica autorizado a movimentar sozinho, as finanças municipais, podendo, inclusive efetuar saques mediante cartão. A atitude da gestora  vai de encontro a resolução do TCE que determina que a movimentação de contas públicas deverá ser feita mediante cheque nominal ou transferência bancária.

De acordo com o documento, o esposo da prefeita pode emitir cheques, abrir conta de depósito, autorizar cobrança, utilizar o crédito aberto na forma e condições, receber, passar recibo e dar quitação, solicitar saldos, extratos e comprovantes, requisitar talonários de cheques, autorizar débito em conta relativo a operações, retirar cheques devolvidos, endossar cheques, requisitar cartão eletrônico, movimentar conta corrente com cartão eletrônico, sustar/contraordenar cheques, cancelar cheques, baixar cheques, efetuar resgate/aplicações financeiras, cadastrar, alterar e desbloquear senhas, efetuar saques conta corrente, efetuar saques conta poupança, efetuar pagamento por meio eletrônico, efetuar transferência por meio eletrônico, efetuar movimentação financeira no RPG, consultar contas/aplicações programas repasse recursos, liberar arquivos de pagamentos no gerenciador financeiro, solicitar saldos/ extratos de investimento, solicitar saldos/extratos de operações de crédito, emitir comprovantes, efetuar transferência para mesma titularidade, encerrar contas de depósito, consultar obrigações de débito direto autorização cartão transporte – autorizar débito/transferência meio, atualizar faturamento pelo gerenciador financeiro.

Imagens: Reprodução

Outro Lado:

Para a imprensa, a assessoria da prefeita informou que o oficio realmente foi feito, mas somente após uma averiguação, notaram que o mesmo foi feito baseado em um modelo encaminhado pelo gerente do Banco do Brasil e que eles não sabiam que o modelo iria contra uma resolução do Tribunal de Contas do Estado.

18 de junho de 2013

Luzilândia também fará manifestação, ato será dia 13 de julho

Convite está sendo propagado nas redes sociais do município

Manifestações estão acontecendo em várias partes do país. Nesta segunda feira (17). Atos aconteceram em Salvador, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Brasília entre outras capitais. Em São Paulo, 65 mil participantes fecharam a Marginal Pinheiros, e chegaram ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual. No Rio de Janeiro cerca de 100 mil pessoas tomaram de conta de uma avenida inteira invadindo a Assembleia Legislativa do Estado. Em Curitiba dez mil protestaram vigiados à distância pela PM.

Em Teresina com o título O BRASIL ACORDOU e o uso da hastag #VemPraRuaTHE o protesto foi marcado e ocorrerá dia 20 de junho, ás 16 horas, e será na avenida frei serafim, o ponto de encontro será o Hiper Bom preço. 

Luzilândia

No município de Luzilândia (Cerca de 200 km de Teresina), o protesto está sendo organizado por um grupo de pessoas através das redes sociais, o protesto local já foi marcado para Ã¡s 8:00 da manhã do dia 13 de julho. O ato acontecerá em frente ao Centro dos Idosos e terminará na Praça João José Filho.

VEJA NOTA DIVULGADA NAS REDES SOCIAIS DA CIDADE

âHá muita coisa errada que estamos deixando passar: a deficiência na saúde, na educação, a falta de infraestrutura na cidade, a desvalorização dos artistas da terra, dentre inúmeros problemas. Não só em Luzilândia, mas no nosso estado e no nosso país está tudo errado, então vamos fazer como o resto do Brasil e se manifestar!