• Águas de Teresina
  • assinatura jornal

Notícias São Raimundo Nonato

17 de agosto de 2017

Exposição sobre Serra da Capivara chega a São Raimundo Nonato

Exposição sobre Serra da Capivara chega a São Raimundo Nonato

Imagens que mostram crânios humanos milenares, escavações de animais da megafauna, os trabalhos nos laboratórios da Fundação Museu do Homem Americano (Fumdham) e muitos outros detalhes das últimas duas décadas de pesquisas multidisciplinares compõem a exposição “Seriam os Piauienses da Serra da Capivara os homens mais antigos das Américas?”. A mostra fotográfica foi feita inicialmente na Alemanha, passou por Teresina e agora chega a São Raimundo Nonato.

O evento, que é totalmente gratuito, será aberto na sexta-feira (25), no Centro Diocesano, um prédio histórico localizado na área colonial da cidade de São Raimundo Nonato e que estará comemorando os festejos em homenagem ao seu padroeiro. O público da microrregião e turistas que visitem a Serra da Capivara nesse período terão a oportunidade de conferir a exposição na cidade até o dia 3 de setembro, quando deve seguir para o Paço Imperial, no Rio de Janeiro.

“A mostra que vem para a cidade de São Raimundo é paralela à exposição que continua em cartaz na Europa e fica lá até abril de 2018, quando será encerrada na cidade de Bonn”, explica o fotógrafo André Pessoa, autor do projeto.

A iniciativa de trazer a exposição para o Brasil é da Coordenadoria de Comunicação Social do Governo do Piauí que pretende mostrar as riquezas naturais, culturais e científicas da Serra da Capivara para o maior número de pessoas possível.

O governador do Piauí, Wellington Dias, e a vice-governadora Margarete Coelho devem visitar a exposição em São Raimundo Nonato no dia 30 de agosto, auge das comemorações do padroeiro da cidade.

Wellington esteve em Berlim para a abertura da mostra, em maio passado, e também quando ela foi exibida em Teresina. A expectativa agora é pela definição da data em que as belezas da Serra da Capivara serão exibidas na sede da ONU, em Nova York, nos Estados Unidos.

28 de julho de 2017

Arte, balé e música brilham na abertura da Ópera da Serra da Capivara

O evento segue até sábado (29) no anfiteatro Pedra Furada

O local que é referência mundial em pesquisas arqueológicas e berço do homem americano ganhou ainda mais cor e arte. O anfiteatro Pedra Furada recebeu, na noite dessa quinta-feira (27), a abertura da Ópera da Serra da Capivara, dentro do Parque Nacional da Serra da Capivara, com apresentações artísticas e shows do "Trio que Chora", da cidade de São Paulo, e do cantor e compositor Lenine.

Antes de chegar ao parque, a programação da Ópera da Serra da Capivara foi iniciada no domingo (23), com apresentações de dança, circo e espetáculos teatrais, na Praça do Abrigo, em São Raimundo Nonato. Esta é a primeira edição do evento que põe em sintonia música, dança, teatro, imagem e cores. O anfiteatro da Pedra Furada recebeu iluminação especial com diferentes projeções que remetem às pinturas rupestres e à biodiversidade existente no parque.

“Esse evento veio para fazer parte do calendário cultural do Piauí e nós queremos que, a cada ano, mais pessoas possam participar. É uma grande oportunidade de proporcionar arte, incentivar a economia e também o turismo”, conta o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.

O Balé da Escola Estadual de Dança Lenir Argento abriu a programação no anfiteatro, com o espetáculo “Ato Ancestral: a ópera”, acompanhado de uma trilha sonora especial composta pelo maestro de Curitiba, Maycon Ananias. A trilha foi gravada pela Orquestra de São Petesburgo, na Rússia. Em seguida, crianças da rede municipal de ensino de São Raimundo Nonato apresentaram a "Opereta: O reino da pedra do futuro".

“Na coreografia, nós buscamos inspiração em tudo que remete à ancestralidade e ao homem primitivo e colocamos como papel principal o próprio parque, pois este local é o grande protagonista”, diz o coreógrafo e bailarino Datan Izaká, que criou a coreografia do balé.

Nesta sexta-feira (28), além do Balé Ato Ancestral, que será apresentado novamente, a Orquestra mirim Acordes do Campestre faz apresentação. Em seguida, tem a Bossa na Pedra, com Veikko Von Furstenrencht, Quatchêto e Casuarina. A programação segue até sábado (29) e será encerrada com apresentação da Cantata Gonzaguina, com a Orquestra Sinfônica de Teresina e João Claudio Moreno. 

A Ópera da Serra da Capivara é uma realização do Governo do Estado, por meio das Secretarias de Estado da Cultura (Secult) e do Turismo (Setur), com apoio da Prefeitura de São Raimundo Nonato. 

27 de julho de 2017

Ópera Serra da Capivara contará com internet livre disponível ao público

Ópera Serra da Capivara contará com internet livre disponível ao público

Entre os dias 27 e 29 desse mês a primeira edição do ‘Ópera da Serra da Capivara’ vai reunir dança, circo, música, teatro e balé no Parque Nacional Serra da Capivara, mais especificamente no anfiteatro da Pedra Furada, um dos cenários do local. O Governo do Piauí, por meio da Agência de Tecnologia da Informação do Estado (ATI), também vai disponibilizar pontos de internet livre para que o público e a população possam se comunicar, registrar e divulgar o evento em tempo real.

“A ATI contribui com o evento fornecendo toda a infraestrutura de telecomunicações para internet e dados, assim estamos lá com dois links, totalizando pelo menos 100 megabits para atender não somente a toda a imprensa nacional e internacional que estará presente, mas também as pessoas que estarão lá participando como visitantes ou de outra forma”, fala o diretor-geral da Agência de Tecnologia, Avelyno Medeiros. De acordo com o gestor, o órgão disponibilizou uma equipe técnica para realizar o acompanhamento e garantir a qualidade do serviço que vai ser prestado durante os três dias.

“É importante a ATI disponibilizar internet em vários pontos do evento Ópera da Serra da Capivara, pois viabiliza a troca de informações com quem não pode, de alguma maneira, estar presente e possibilita a amplitude cultural”, conta a são-raimundense e enfermeira Vanessa Bezerra.

Em 1991, o Parque Nacional Serra da Capivara, localizado entre os municípios de Coronel José Dias, Canto do Buriti, São João do Piauí e São Raimundo Nonato, foi inscrito na lista de patrimônio cultural da humanidade da UNESCO. Anualmente o espaço recebe cerca de 30 mil turistas. Entre os objetivos do evento está exatamente o fortalecimento do potencial turístico do parque.

“O acesso à internet no ‘Ópera’ engrandece ainda mais o evento, visto que será um pouco afastado da cidade, então a gente não perde a conectividade. É importante também para divulgar o evento em tempo real, um evento dessa magnitude a gente não pode deixar de divulgar e mostrar para outras pessoas o que está acontecendo, então a gente só tem a ganhar, estão todos de parabéns”, congratulou o professor universitário Itamar.

Parcerias

De 20 a 23 deste mês a Agência de Tecnologia da Informação do Piauí foi parceira e contribuiu com serviço de internet e conectividade para o Festival do Peixe, realizado no município de Esperantina, localizado a 190 quilômetros de Teresina.

Já entre os dias 28 e 30 a ATI também se fará presente no Cânion Fest Poty, que será realizado em Castelo do Piauí, situado a 198 quilômetros da capital. Somado ao Ópera da Serra da Capivara, o Governo mostra alinhamento com a produtividade, a cultura e o desenvolvimento de seus municípios.

“Temos observado que a internet livre é um modelo de serviço público que tem se multiplicado e vem sendo ampliado constantemente, então cada vez mais gestores de municípios, gestores estaduais que participam desses eventos sazonais nas cidades tem nos solicitado a instalação de pontos temporários durante as festividades e comemorações, isso é muito bom, é positivo porque ajuda a divulgar as potencialidades do estado, ajuda a inserir conteúdo sobre esses eventos nas redes sociais, dando visibilidade para os eventos, explica Avelyno Medeiros.

 Segundo o diretor, o ganho com essas parcerias acontece em escala. “Pois contribui naturalmente com o próprio evento e para o desenvolvimento econômico da região, para a geração de renda que são metas do Governo do Piauí, é isso o que tem acontecido, então esperamos cada vez mais essa demanda ser crescente, estamos trabalhando e nos preparando para atender cada vez melhor os pedidos que estão chegando dos gestores públicos de vários municípios”, conclui.

26 de julho de 2017

Governador inaugura pavimentação e rodoanel nesta quinta (27)

Governador inaugura pavimentação e rodoanel em São Raimundo Nonato nesta quinta (27)

O governador Wellington Dias visita, nesta quinta-feira (27), a obra de pavimentação da estrada que liga o município de Dom Inocêncio a São Lourenço do Piauí.  A obra, que é uma reivindicação antiga da população, está sendo executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e deve ser entregue até o fim deste ano.

De acordo com a secretária da Infraestrutura, Janaínna Marques, a obra vem sendo realizada por etapas, uma vez que, devido ao período chuvoso na região, a construtora responsável pelo serviço foi obrigada a parar as atividades. “É com muito empenho que estamos trabalhando para concluir essa obra que é uma reivindicação antiga da população da região, assim como um grande desejo meu e do governador Wellington Dias, que essa pavimentação seja concluída. A estrada possui cerca de 80 quilômetros e já foram realizados mais de 25 quilômetros de terraplangem e 18 de pavimentação em TSD”, destacou a gestora.

A pavimentação consiste na terraplanagem, técnica construtiva que visa aplainar e aterrar terrenos; pavimentação em TSD e construção de cinco pontes. A expectativa é que a conclusão da obra ocorra até o fim deste ano.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual dará por inaugurada as obras de pavimentação asfáltica que também foram executadas pela Seinfra em diferentes ruas do município de São Raimundo Nonato, beneficiando os moradores dos bairros Alto São Félix, Baixão da Guiomar, Paraíso das Aves, dentre outros.  

Rodonael

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Infraestrutura, executou, ainda na cidade de São Raimundo Nonato, o rodoanel do município. São 2,5 km de extensão asfáltica em Concreto Betuminoso Usinado Quente (CBUQ), evitando que os carros de grande porte passem pelo Centro da cidade.

De acordo com o engenheiro civil sãoraimundense, Silverson Negreiros, uma obra como essa contribui, de forma significativa, para o desenvolvimento da cidade. “Sem dúvida alguma, essa obra vem somar, uma vez que vai conservar as vias do Centro, pois os carros grandes e pesados evitam passar por dentro da cidade e trafegam pelo rodoanel, facilitando a viagem, assim como, de alguma forma, veio para movimentar a nossa economia, pois um grande empresário da região aproveitou a obra para colocar um depósito nas proximidades, o que vai gerar mais emprego e renda para a população, sem falar que estão sendo realizados vários loteamentos ali nas proximidades do rodoanel. Então, sem dúvida alguma, essa obra veio para somar”, afirmou Silverson.

O rodoanel do município será inaugurado nesta quinta-feira (27), pelo governador Wellington Dias.

24 de julho de 2017

UPA de São Raimundo Nonato está preparada para atender turistas

Ópera será realizada entre os dias 23 a 29 de julho no Parque Nacional

Com uma média de 150 atendimentos por dia, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Raimundo Nonato está preparada para receber os turistas que precisarem de atendimento durante a Ópera Serra da Capivara, evento do Governo do Estado do Piauí, Prefeitura Municipal e ICMBio e a Fumdham, e que será realizado nos dias 23 a 29 de julho, no Parque Nacional da Serra da Capivara.

Para isso, foi elaborado um plano de ação que contempla reforço na equipe de saúde e o suporte do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Avançado (Samu) e o aéreo.

De acordo com o diretor-geral da UPA e também do Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, Rogério Castro, a unidade tem pico de atendimentos entre 180 a 200 pacientes por dia, o que demonstra a capacidade de assistência hospitalar. “Contamos com dois médicos plantonistas por dia e vamos colocar mais um para atendimento, durante a Ópera”, afirma.

A UPA de São Raimundo Nonato faz atendimento de urgência e emergência nas áreas clínicas e de traumas, recebendo pacientes de 18 municípios e ainda de demanda espontânea de três municípios da Bahia.

Rede hospitalar

Com a abertura da UPA em janeiro de 2017, o Hospital Regional Senador Cândido Ferraz passou a atender somente pacientes eletivos e de obstetrícia. Após 24 horas em observação na UPA, se houver necessidade, o paciente é encaminhado para o Hospital e aqueles casos mais graves são regulados sejam para o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, ou os hospitais de Teresina.

“A partir da abertura da UPA, o hospital passou a ser retaguarda do serviço de urgência e emergência. Todas as internações passam a ser referenciadas, reguladas, a partir do pronto atendimento. A UPA é um serviço novo e mais estruturado que tem a capacidade de atendimento maior que tinha o pronto socorro do Hospital”, diz Rogério Castro.

Outra ação da Secretaria de Estado da Saúde, em São Raimundo Nonato, será voltada para a assistência às mamães e aos recém-nascidos, com a abertura do Centro de Parto Normal (CPN) e a Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Comum (Ucinco), que contará com 10 leitos. As obras deverão ser entregues em 2017 e integram a Rede Cegonha, para o fortalecimento na assistência obstétrica. 

No CPN, a unidade será voltada para assistência à mulher, com cinco salas para parto humanizado, equipada com banheiras para o trabalho de parto, além de outros equipamentos para o estímulo à evolução do parto, como barra fixa, cavalinho, arco de suporte.

11 de julho de 2017

Estrutura para Ópera é montada no anfiteatro da Pedra Furada

Estrutura para Ópera da Serra da Capivara é montada no anfiteatro da Pedra Furada

A equipe de organização da Ópera da Serra da Capivara esteve, nessa segunda-feira (10), no anfiteatro da Pedra Furada, local onde o evento será realizado, para acompanhar de perto a montagem da estrutura da ópera.

Segundo a coordenadora do evento, Sádia Castro, é uma preocupação de toda a produção, acompanhar tudo de perto.  “O teatro sem lona da Pedra Furada é um palco ao ar livre, com local reservado para arquibancadas e cadeiras, montado em frente ao mais belo cenário do parque, que é o boqueirão da Pedra Furada. Nesse espaço, estão sendo montados dois palcos, um para o balé, e outro para as bandas, além de arquibancadas, camarins, sala de imprensa, etc”, explica a organizadora.

O Parque Nacional da Serra da Capivara é de um imenso valor histórico e arqueológico por guardar em suas entranhas um dos mais importantes patrimônios arqueológico das Américas formado por resquícios de fogueira, artefatos e pinturas rupestres que datam de mais de trinta mil anos a.C. Além de tratar-se de uma das Unidade de Conservação mais bem estruturadas do país: conta trilhas com sinalização biligues, sítios arqueológico prontos para visitação, áreas de acessibilidade, espaço de estacionamento, guias bem formados e centro de visitantes

A Ópera da Serra da  Capivara é a primeira edição do evento que põe em  sintonia o diálogo entre música, dança, teatro, imagem, luz e cor,  na atmosfera mágica do anfiteatro da Pedra Furada, coração do Parque Nacional da Serra da Capivara,  sertão do Piauí.

Serão três noites de espetáculos abertos em um local de beleza arrebatadora, formada pelo cenário natural da imponente cortina de pedra em contraste com as cores intensas da vegetação da Caatinga. É um ambiente encantador, abençoado pelos deuses e escolhido pelos ancestrais  como  berço do homem americano,  onde natureza e cultura, arte e técnica, passado e presente, história e pré-história firmaram um pacto com o belo. No local, paira uma atmosfera inspiradora das boas energias que somente a natureza preservada pode oferecer.

A produtora Soraya Guimarães, que também compõe a equipe de organização do evento, falou sobre as expectativas para a realização da ópera. “A nossa expectativa é a mais positiva possível, tem uma programação vasta para o público exigente do Brasil, do nosso Piauí, e como não dizer do mundo?! O Nosso estado tem a fama de ter qualidade e organização nos seus eventos. Nessa primeira edição, temos a capacidade de receber no anfiteatro da Pedra Furada 700 pessoas por noite e, com certeza, esse número será atingido”, afirma a produtora.

A  Ópera da Serra da Capivara será uma bela viagem musical e arqueológica e está inserida na ideia que se multiplica pelo país de abrir novos espaços para produções artísticas e culturais de boa qualidade, em locais fora dos grandes circuitos produtores de cultura de massa.

29 de junho de 2017

Ópera Serra da Capivara promete despertar emoção do público com vídeo

Ópera Serra da Capivara promete despertar emoção do público com vídeo mapping

Além do circuito de visitas com a delegação de Vice-Embaixadores da União Europeia pelos sítios arqueológicos no Parque Nacional Serra da Capivara, a vice-governadora do Piauí, Margarete Coelho, esteve no último final de semana com a produção da Ópera da Serra da Capivara. O encontro teve como finalidade tratar sobre o evento e acompanhar a visita técnica de Alexis Anastasiou e Leandro Vigas, reconhecidos como os melhores do Brasil em vídeo mapping.

A partir de uma técnica inovadora e revolucionária, conhecida também como 3D mapping ou, em português Vídeo-Mapeamento Arquitetônico, eles serão responsáveis por projetar e manipular imagens nas superfícies da Pedra Furada, principal atração da Ópera Serra da Capivara, que acontecerá nos dias  27, 28 e 29 de julho.

Longe dos grandes centros produtores da cultura, o evento tem como proposta impulsionar e fortalecer o turismo no entorno do Parque Nacional da Serra da Capivara. Além de incrementar o potencial econômico da Região e levar uma programação cultural de boa qualidade com artistaslocais, estaduais, nacionais e internacionais como convidados.

Segundo a vice-governadora, o efeito deslumbrante é uma das estrelas da Ópera Serra da Capivara, idealizado pela jornalista e educadora Sádia Castro e com a direção artística do arquiteto e cenógrafo curitibano Felipe Guerra. O evento é uma realização da prefeitura de São Raimundo Nonato com  patrocínio do Governo do Estado por meio das secretarias de Cultura e Turismo, com apoio da FUMDHAM e ICMBio.

“Eles estiveram na Serra da Capivara fazendo estudo para elaboração do conteúdo e projeção em vídeo mapping na Pedra Furada, local dos espetáculos e nossa grande atração. Com essa técnica inovadora, todos criarão ilusões óticas ao ar livre, em 3D, que vai despertar muitas emoções” disse e acrescentou que o método tem como intuito possibilitar um diálogo entre várias expressões artísticas como música, dança teatro, circo, cinema, luz e cores.

Com entrada gratuita e direcionado a todos os públi