• Patrimônio 10/17
  • Unimed
  • assinatura jornal

Notícias Gilbués

18 de outubro de 2017

IFPI divulga edital para 3.785 vagas em cursos técnicos

PIAUÍ

O Instituto Federal do Piauí divulga edital com oferta de vagas para cursos técnicos na instituição. São 3.785 vagas distribuídas em 20 campi: Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Dirceu, Floriano, José de Freitas, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Pio IX, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença.

Os cursos técnicos do Instituto Federal do Piauí são gratuitos e ofertados em três formas: integrada, para quem já concluiu ou esteja concluindo o Ensino Fundamental em 2017; concomitante, para quem vai cursar, em 2018, o Ensino Médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo, em 2017, o Ensino Médio.

Em relação ao edital do ano passado, o número de vagas, na capital e no interior do estado, foi ampliado em 287 vagas. Para Teresina, duas novidades desse novo edital são as ofertas de um novo curso, o de Logística, e do curso técnico em Segurança do Trabalho para alunos que optarem pela modalidade integrada.

“A cada oferta de vagas para cursos técnicos, estamos atendendo a um dos nossos grandes compromissos como instituição pública de ensino. Por isso, convido jovens e adultos a conhecerem nossa instituição, optarem por um dos nossos cursos e conseguirem a profissionalização e o crescimento pessoal”, destacou o reitor Paulo Henrique Gomes de Lima.

Os cursos técnicos ofertados são os das seguintes áreas: Administração, Informática, Agricultura, Meio Ambiente, Agropecuária, Edificações, Eletromecânica, Agroecologia, Agroindústria, Eletrotécnica, Mineração, Vestuário, Cozinha, Serviço de Restaurante e Bar, Contabilidade, Mecânica, Eletrônica, Refrigeração, Segurança do Trabalho, Logística, Análises Clínicas, Instrumento Musical (violão, teclado, trompete, trombone, saxofone e clarineta), Saneamento e Estradas

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.ifpi.edu.br/classificatorio2018-1, preencher o formulário on-line e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de 30 reais, que deverá ser paga nas agências e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

No período de 23 a 27 de outubro, os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para isso, é necessário preencher um requerimento de isenção da taxa de inscrição e um formulário socioeconômico, que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer.

Provas

As provas do Exame Classificatório serão aplicadas no domingo, 7 de janeiro de 2018, das 8h às 12h (horário local). A prova terá 60 questões objetivas: 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O gabarito será divulgado no mesmo dia, à tarde, e o resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Confira o edital

IFPI divulga edital para 3.785 vagas em cursos técnicos

PIAUÍ

O Instituto Federal do Piauí divulga edital com oferta de vagas para cursos técnicos na instituição. São 3.785 vagas distribuídas em 20 campi: Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Dirceu, Floriano, José de Freitas, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Pio IX, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença.

Os cursos técnicos do Instituto Federal do Piauí são gratuitos e ofertados em três formas: integrada, para quem já concluiu ou esteja concluindo o Ensino Fundamental em 2017; concomitante, para quem vai cursar, em 2018, o Ensino Médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo, em 2017, o Ensino Médio.

Em relação ao edital do ano passado, o número de vagas, na capital e no interior do estado, foi ampliado em 287 vagas. Para Teresina, duas novidades desse novo edital são as ofertas de um novo curso, o de Logística, e do curso técnico em Segurança do Trabalho para alunos que optarem pela modalidade integrada.

“A cada oferta de vagas para cursos técnicos, estamos atendendo a um dos nossos grandes compromissos como instituição pública de ensino. Por isso, convido jovens e adultos a conhecerem nossa instituição, optarem por um dos nossos cursos e conseguirem a profissionalização e o crescimento pessoal”, destacou o reitor Paulo Henrique Gomes de Lima.

Os cursos técnicos ofertados são os das seguintes áreas: Administração, Informática, Agricultura, Meio Ambiente, Agropecuária, Edificações, Eletromecânica, Agroecologia, Agroindústria, Eletrotécnica, Mineração, Vestuário, Cozinha, Serviço de Restaurante e Bar, Contabilidade, Mecânica, Eletrônica, Refrigeração, Segurança do Trabalho, Logística, Análises Clínicas, Instrumento Musical (violão, teclado, trompete, trombone, saxofone e clarineta), Saneamento e Estradas

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.ifpi.edu.br/classificatorio2018-1, preencher o formulário on-line e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de 30 reais, que deverá ser paga nas agências e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

No período de 23 a 27 de outubro, os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para isso, é necessário preencher um requerimento de isenção da taxa de inscrição e um formulário socioeconômico, que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer.

Provas

As provas do Exame Classificatório serão aplicadas no domingo, 7 de janeiro de 2018, das 8h às 12h (horário local). A prova terá 60 questões objetivas: 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O gabarito será divulgado no mesmo dia, à tarde, e o resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Confira o edital

IFPI divulga edital para 3.785 vagas em cursos técnicos

PIAUÍ

O Instituto Federal do Piauí divulga edital com oferta de vagas para cursos técnicos na instituição. São 3.785 vagas distribuídas em 20 campi: Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Dirceu, Floriano, José de Freitas, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Pio IX, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença.

Os cursos técnicos do Instituto Federal do Piauí são gratuitos e ofertados em três formas: integrada, para quem já concluiu ou esteja concluindo o Ensino Fundamental em 2017; concomitante, para quem vai cursar, em 2018, o Ensino Médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo, em 2017, o Ensino Médio.

Em relação ao edital do ano passado, o número de vagas, na capital e no interior do estado, foi ampliado em 287 vagas. Para Teresina, duas novidades desse novo edital são as ofertas de um novo curso, o de Logística, e do curso técnico em Segurança do Trabalho para alunos que optarem pela modalidade integrada.

“A cada oferta de vagas para cursos técnicos, estamos atendendo a um dos nossos grandes compromissos como instituição pública de ensino. Por isso, convido jovens e adultos a conhecerem nossa instituição, optarem por um dos nossos cursos e conseguirem a profissionalização e o crescimento pessoal”, destacou o reitor Paulo Henrique Gomes de Lima.

Os cursos técnicos ofertados são os das seguintes áreas: Administração, Informática, Agricultura, Meio Ambiente, Agropecuária, Edificações, Eletromecânica, Agroecologia, Agroindústria, Eletrotécnica, Mineração, Vestuário, Cozinha, Serviço de Restaurante e Bar, Contabilidade, Mecânica, Eletrônica, Refrigeração, Segurança do Trabalho, Logística, Análises Clínicas, Instrumento Musical (violão, teclado, trompete, trombone, saxofone e clarineta), Saneamento e Estradas

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.ifpi.edu.br/classificatorio2018-1, preencher o formulário on-line e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de 30 reais, que deverá ser paga nas agências e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

No período de 23 a 27 de outubro, os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para isso, é necessário preencher um requerimento de isenção da taxa de inscrição e um formulário socioeconômico, que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer.

Provas

As provas do Exame Classificatório serão aplicadas no domingo, 7 de janeiro de 2018, das 8h às 12h (horário local). A prova terá 60 questões objetivas: 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O gabarito será divulgado no mesmo dia, à tarde, e o resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Confira o edital

IFPI divulga edital para 3.785 vagas em cursos técnicos

PIAUÍ

O Instituto Federal do Piauí divulga edital com oferta de vagas para cursos técnicos na instituição. São 3.785 vagas distribuídas em 20 campi: Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Dirceu, Floriano, José de Freitas, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Pedro II, Picos, Pio IX, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença.

Os cursos técnicos do Instituto Federal do Piauí são gratuitos e ofertados em três formas: integrada, para quem já concluiu ou esteja concluindo o Ensino Fundamental em 2017; concomitante, para quem vai cursar, em 2018, o Ensino Médio em outra instituição; e subsequente, para quem já concluiu ou está concluindo, em 2017, o Ensino Médio.

Em relação ao edital do ano passado, o número de vagas, na capital e no interior do estado, foi ampliado em 287 vagas. Para Teresina, duas novidades desse novo edital são as ofertas de um novo curso, o de Logística, e do curso técnico em Segurança do Trabalho para alunos que optarem pela modalidade integrada.

“A cada oferta de vagas para cursos técnicos, estamos atendendo a um dos nossos grandes compromissos como instituição pública de ensino. Por isso, convido jovens e adultos a conhecerem nossa instituição, optarem por um dos nossos cursos e conseguirem a profissionalização e o crescimento pessoal”, destacou o reitor Paulo Henrique Gomes de Lima.

Os cursos técnicos ofertados são os das seguintes áreas: Administração, Informática, Agricultura, Meio Ambiente, Agropecuária, Edificações, Eletromecânica, Agroecologia, Agroindústria, Eletrotécnica, Mineração, Vestuário, Cozinha, Serviço de Restaurante e Bar, Contabilidade, Mecânica, Eletrônica, Refrigeração, Segurança do Trabalho, Logística, Análises Clínicas, Instrumento Musical (violão, teclado, trompete, trombone, saxofone e clarineta), Saneamento e Estradas

Inscrições

Para se inscrever, o candidato deve acessar o endereço eletrônico www.ifpi.edu.br/classificatorio2018-1, preencher o formulário on-line e imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de 30 reais, que deverá ser paga nas agências e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

No período de 23 a 27 de outubro, os candidatos oriundos da rede pública podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para isso, é necessário preencher um requerimento de isenção da taxa de inscrição e um formulário socioeconômico, que estão disponíveis no edital. Em seguida, os candidatos precisam levar esses formulários e cópias de documentos pessoais ao Campus ao qual pretendem concorrer.

Provas

As provas do Exame Classificatório serão aplicadas no domingo, 7 de janeiro de 2018, das 8h às 12h (horário local). A prova terá 60 questões objetivas: 30 de Língua Portuguesa e 30 de Matemática. O gabarito será divulgado no mesmo dia, à tarde, e o resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Confira o edital

14 de outubro de 2017

UESPI de Corrente registra aprovação antecipada na OAB de 14 acadêmicos

PIAUÍ













Quatorze acadêmicos do 10º Bloco do Curso de Bacharelado em Direito da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Dep. Jesualdo Cavalcanti, foram aprovados na segunda fase do XXIII Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), um índice de causar inveja às melhores universidades. O resultado preliminar foi divulgado na tarde desta terça-feira (10) pela  Fundação Getulio Vargas (FVG).

De acordo com o coordenador do curso, Abgail Guerra, dos 42 estudantes da turma apenas a metade realizou a prova, sendo 14 destes aprovados. “O restante passaram na 1ª Fase e vão fazer no próximo exame a repescagem. É de fato uma grande conquista para esses alunos”, comenta o professor.

Os bacharéis podem entrar com recurso entre as 12h desta quarta-feira (11) e as 12h de sábado (14), no horário de Brasília.

Foram aprovados Clayton Ribeiro Assis, Eder Ribeiro Belisario, Graciela Santa Barbosa Ribeiro, Ivnna Lenarra Rodrigues de Souza, Joane Lobato do Amaral, Kananda Inês Rodrigues da Cunha, Leandro Brito Souza Louzada, Lucas Pereira Campos, Maria Izadora Farias de Carvalho, Marielte Fernandes da Silva, Natália de Nazaré de Brito Medeiros, Reinadson Rocha Dias, Thiago Lustosa de Souza da Cunha e Tulio Ribeiro Alves

Aos aprovados o coordenador comenta. “Parabéns a todos esses futuros advogados, que Deus e a Ética sigam seus passos e suas ações. Aos demais, que tentaram e não conseguiram, não se desesperem e nem se frustrem, pois lembrem-se é um exame que se realiza três vezes ao ano... Boa sorte e parabéns a Turma do 10° Bloco pela conquista antecipada”.

10 de outubro de 2017

Biometria identifica pessoa com 52 títulos de eleitor, identidades e CPFs

Com isso, a pessoa poderia retirar 52 benefícios do governo como o Bolsa Família ou o INSS

Após o cadastramento biométrico de cerca de 64 milhões de eleitores para a votação por meio de impressões digitais, a Justiça Eleitoral encontrou aproximadamente 25 mil registros de título de eleitor duplicados ou múltiplos, segundo Giuseppe Dutra Janino, secretário da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). "No momento de confrontar as digitais, se percebe que é a mesma pessoa. Muitas vezes, é evidente a intenção de fraude, da falsidade ideológica", afirmou Janino à reportagem. 

Segundo o responsável pela secretaria, uma única pessoa foi encontrada com 52 títulos de eleitor. "Ele tinha 52 títulos de eleitor, logo 52 identidades, 52 CPFs. Se tem 52 CPFs, poderia retirar 52 benefícios do governo como o Bolsa Família ou o INSS" O cadastramento de biometria, diz, tem ajudado a encontrar fraudes no sistema documental do País. "Isso mostra a fragilidade documental brasileira e faz um saneamento na identificação, retirando esses cidadãos das práticas criminosas"

O número de eleitores com a biometria cadastrada, até o momento, representa 44% das mais de 146 milhões de pessoas aptas a votar, e o objetivo é alcançar cerca de 80 milhões até o ano que vem. O cadastramento, porém, ainda não é obrigatório em todos os municípios. 

Objetivo

Segundo o TSE, a identificação biométrica é necessária para garantir que o eleitor seja único no cadastro eleitoral. "Não há duas digitais no mundo. Evita-se, assim, a possibilidade de uma pessoa se passar por outra no momento da votação", disse Janino

O cadastro das biometrias começou em 2008, em um projeto piloto em três municípios do Brasil que, juntos, tinham mais de 40 mil eleitores: Colorado do Oeste (RO), São João Batista (SC) e Fátima do Sul (MS). A Justiça Eleitoral estima que até 2022 todos os eleitores já tenham cadastramento biométrico, porém o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, disse que isso seria possível até 2020.

Quando se cadastrar

O calendário para o cadastro é responsabilidade de cada Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que elege a ordem dos municípios onde será feito o cadastramento e faz as divulgações. Para saber dos prazos em seu município, é preciso consultar o tribunal de sua região, o que pode ser feito pelo site.

Além da coleta das digitais, é feita a assinatura eletrônica e uma foto digitalizada. Todo o processo, segundo o TSE, dura cerca de 15 minutos.

Em muitas cidades, como a capital de São Paulo, o cadastramento está na fase ordinária - isto é, não é obrigatório, mas já pode ser feito. A vantagem é evitar filas, por exemplo. 

Quem não se cadastrar

Todos os eleitores, inclusive aqueles que têm voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos de idade), devem fazer o recadastramento biométrico para manterem seu título regularizado. Aqueles que perderem o prazo em seu município estarão impedidos de votar até que regularizem a situação na Justiça Eleitoral.

O recadastramento é feito pessoalmente nos postos de atendimento de sua Zona Eleitoral. Segundo o TSE, eleitores enfermos podem aguardar seu restabelecimento e a Justiça Eleitoral afirma estar buscando locais com acessibilidade para atender pessoas com necessidades especiais. 

Correções

Nas últimas eleições, alguns eleitores não tiveram suas digitais reconhecidas e enfrentaram problemas para votar usando a biometria, o que acabou gerando filas e reclamações. Segundo Janino, o porcentual de não reconhecimento de digitais girou entre 8% e 10% em 2016, ano em que 46 milhões de eleitores possuíam biometria.

Ele diz que a Justiça Eleitoral "aprendeu com as experiências anteriores" e atribui o problema, principalmente, a erro no procedimento - quando o mesário não colocava o dedo corretamente no leitor biométrico - e falhas nos equipamentos. "Pode ter sido erro no cadastro, mas isso é excepcional", diz o secretário.

Situação Por Estado

Apenas Alagoas, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal praticamente finalizaram o processo de recadastramento biométrico, com a coleta das digitais de mais de 99% de seus eleitores. Os dados são do dia 8 de outubro de 2017.

Segundo o TSE, Rio de Janeiro (10,88%), Minas Gerais (16,73%) e Mato Grosso do Sul (19,48%) são os três Estados com o menor índice de recadastramento biométrico entre os eleitores. Nas capitais Rio de Janeiro e Belo Horizonte, o processo ainda é ordinário, ou seja, não é obrigatório.

São Paulo é o quarto Estado com o menor índice de recadastramento, com 28,08%. Na capital, onde há 8,89 milhões de eleitores e o processo ainda não é obrigatório, 35% já fizeram seu registro biométrico.

Primeiro repasse do FPM de outubro totaliza R$ 2,568 bi

Primeiro decêndio de outubro de 2017 teve uma queda de 2,12%, se comparado ao mesmo período do ano passado

A primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para este mês estará disponível na conta das prefeituras na próxima terça-feira, 10 de outubro. O repasse será de R$ 2,568 bilhões, em valores brutos. Se descontada a dedução do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o montante fica em R$ 2,054 bilhões.

Segundo observa a equipe de estudos técnicos da entidade, o primeiro decêndio de outubro de 2017 teve uma queda de 2,12%, se comparado ao mesmo período do ano passado. O comparativo não considera os efeitos da inflação, que se incorporada aos cálculos, faz a queda acentuar, chegando a 4,29%.

Desde janeiro até o presente momento, os Municípios brasileiros receberam R$ 71,892 bilhões referentes ao FPM. Esse valor é 10,8% maior do que o repassado no mesmo período em 2016, sem pesar os efeitos inflacionários. Quando se coloca a inflação na balança, é possível notar seus efeitos sobre os repasses do Fundo; o percentual de crescimento no intervalo fica em apenas 6,19%.

A Confederação lembra os gestores que no total acumulado estão inclusos os repasses de 1% de julho, previsto na Emenda Constitucional (EC) 84/2014, cujo somatório foi de R$ 3,999 bilhões.

Sazonalidade

Os valores destoam bastante do que foi repassado para as prefeituras no primeiro semestre, sazonalidade característica desse período. Apesar da queda no primeiro decêndio de outubro, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) prevê um aumento de 18% em relação ao mês de setembro.

Mesmo com a estimativa, a CNM mantém a orientação aos gestores municipais de que tenham cautela ao gerir os recursos municipais.

Acesse aqui os valores do seu Município

Jogo beneficente na comunidade Vaqueta dia 12 de outubro 2017

Futebol Gilbués

O jovem Fagner Rodrigues, Convida a todos a participarem do jogo beneficente, na localidade Vaqueta no dia 12 de outubro de 2017 as 07:30 Hrs, No último dia de festejo da localidade.

Objetivo do jogo é arrecadar alimentos não perecíveis para pessoas carentes.

09 de outubro de 2017

Promoção LUX MOREIRA

Semana de Liquidação

Venham conferir nossas promoções!

Quer andar com estilo?
Quer andar na moda?
Quer andar com roupas de alta qualidade?
Então vem para lux Moreira!
Uso e recomendo.

Denúncias de trabalho infantil no Piauí crescem mais de 10 vezes em três anos

Piauí ocupa o primeiro lugar no Ranking Nacional do Trabalho Infantil no Brasil, segundo o Ministério Público do Trabalho no Piauí.

As denúncias envolvendo trabalho infantil no Piauí cresceram mais de 10 vezes em apenas três anos, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT). Entre 2014 e 2017, o MPT recebeu 77 denúncias envolvendo crianças. Em 2014, apenas seis denúncias foram recebidas. Já a partir de 2015, até 2017, foram mais 71 casos, o que representa um aumento de 11,8 vezes no total.

Com esses números, o Piauí ocupa o primeiro lugar no Ranking Nacional do Trabalho Infantil no Brasil, com crianças e adolescentes de 5 a 17 anos em situação de trabalho. Segundo o procurador do Trabalho, Edno Carvalho Moura, os cenários mais críticos estão no trabalho agrícola infantil, doméstico e em vendas nas vias públicas.

“Na área rural, geralmente, o trabalho acontece dentro da própria família, quando as crianças ajudam os pais na roça. Já o trabalho infantil doméstico é mais difícil de enfrentar, porque acontece dentro das casas dos cidadãos e os domicílios são invioláveis sem mandados judiciais. A sociedade é complacente, pois boa parte acredita estar ajudando as crianças, quando elas estão, na verdade, sendo exploradas”, ele explica.

O Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que o Brasil possuía mais de 3,4 milhões de crianças de 10 a 17 anos em alguma ocupação no ano de 2010. O Piauí registrou 62.402 crianças nessa situação no mesmo período. A maioria dos casos no Estado, segundo a pesquisa, concentra-se na faixa etária de 10 a 15 anos, com aproximadamente 56,4%.

Legislação proíbe qualquer atividade antes dos 14 anos

De acordo com o Capítulo V do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que trata sobre o direito à profissionalização e à proteção do trabalho, apenas adolescentes a partir dos 14 anos podem trabalhar na condição de aprendiz. A norma ainda determina que é permitido o contrato formal aos 16 anos, desde que observadas condições físicas e psicológicas. Além disso, é proibido o trabalho noturno e o adolescente deve frequentar a escola regularmente.

A Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), do MPT, trabalha para coibir esse tipo de exploração através de promoção e supervisão de ações que impeçam que crianças ingressem no mercado de trabalho e tenham seus direitos violados.

Criada em 2000, a Coordinfância atua, principalmente, na promoção de políticas públicas para prevenção e erradicação do trabalho infantil informal, efetivação da aprendizagem, proteção de atletas mirins, trabalho infantil artístico, exploração sexual comercial, autorizações judiciais para o trabalho antes da idade mínima, trabalho infantil doméstico, trabalho em lixões, dentre outras áreas.

Para denunciar

As denúncias podem ser feitas no canal de atendimento Disque 100, registradas e encaminhadas à rede de proteção e responsabilização. Quando envolve trabalho infantil, são enviadas ao MPT, para investigação mais específica.

A ligação para o serviço é gratuita e permite o anonimato do denunciante. Em 2016, o canal recebeu 77.290 denúncias de violações referentes a crianças e adolescentes.

07 de outubro de 2017

02 de outubro de 2017

IBGE mostra queda dos rebanhos no Piauí em pesquisa

Estudo sobre a pecuária mostrou também um cenário adverso nos produtos resultantes da exploração dos animais.

ados da Produção da Pecuária Municipal (PPM 2016), divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que queda generalizada de todos os rebanhos no Estado. O estudo mostra o quantitativo dos principais rebanhos da pecuária, bem como os principais produtos obtidos da exploração das atividades, como leite, ovos e mel.

Considerando a série história entre os anos de 2007 e 2016 o número de cabeças dos principais rebanhos da pecuária piauiense passaram por redução. No efetivo de bovinos houve uma queda de 5,57%; enquanto aconteceu uma redução de 10,39% no efetivo de caprinos. As quedas mais expressivas são nos rebanhos de ovinos, com retração de 15,96% e de suínos, com queda de 31,57%.

Mesmo com a queda no rebanho de caprinos o Piauí é destaque. Em todo o Brasil o efetivo foi de 9,78 milhões de cabeças em 2016. O estado tem o terceiro lugar no efetivo nacional, com 12,6% das cabeças. Junto com Bahia, Pernambuco e Ceará os estados respondem por 77,7% do efetivo do país. Atualmente o Piauí possui 0,75% do rebanho bovino brasileiro com 1,6 milhão de cabeças. Entre os estados nordestinos, Bahia, Maranhão, Ceará e Pernambuco possuem rebanhos maiores que o Piauí.

Entre os produtos obtidos da criação de animais e pecuária a pesquisa do IBGE mostrou mais quedas quando se considera o horizonte de 10 anos. O estudo mostra que a produção de leite caiu 3,78%, para 73.518.000 litros em 2016. A produção de mel teve uma retração de 12,47% e no último ano ficou em 3.048 toneladas.

Na produção de ovos estão crescimentos expressivos. Entre os ovos de galinhas a produção foi em 2016 aproximadamente 23% maior do que em 2007. No ano passado o Piauí produziu mais de 20 milhões de dúzias de ovos. Já a produção de ovos de codorna cresceu 55,15%, registrando 588 mil dúzias em 2016.

38 prefeitos do Piauí vão pedir a Michel Temer verba para pagar salários

GILBUÉS PIAUÍ

Representantes do movimento Aporte Financeiro aos Municípios – AFM no Piauí estão articulando uma audiência com o presidente Michel Temer (PMDB) para a próxima terça-feira (03), às 15h, no Palácio do Planalto.

Até agora, 38 prefeitos já confirmaram presença na reunião que vai cobrar a liberação do aporte financeiro para garantir o pagamento dos salários neste final de ano, uma vez que os repasses relativos ao Fundo de Participação de Municípios (FPM) estão diminuindo quando comparados ao mesmo período do ano passado. O objetivo da reunião é conseguir uma transferência extra para sobrevivência dos municípios.

O presidente da Associação Piauiense de Municípios APPM, prefeito Gil Carlos, – que está coordenando a participação dos prefeitos do Estado no movimento, garante que o apoio ao AFM está crescendo e que os senadores Raimundo Lira e Cássio Cunha Lima estão intermediando a discussão com Temer.

“Além de um número expressivo de prefeitos piauienses presentes, queremos contar com apoio de nossa bancada federal, nesse momento. A maioria das prefeituras está pagando salário com as receitas do mês subsequente. Com a queda dos repasses nesse semestre, há grande possibilidade de atrasar a remuneração de efetivos em mais de 30 dias, em muitas prefeituras”, afirmou Gil Carlos.

No mesmo dia, às 9h, os prefeitos se reunirão na Sede da Confederação Nacional dos Municípios.

Ainda, segundo Gil Carlos, este tipo de aporte financeiro aos municípios foi feito no governo Lula, em 2009 e no governo Dilma, em 2013. “Esse tipo de ajuda foi dado em 2009 e em 2013, quando o governo decidiu desonerar o Imposto a Serviços Industrializados, IPI. Seria uma transferência extraordinária semelhante ao FPM”.

Prefeitos do Piauí que confirmaram presença:

01. Presidente Gil Carlos
02. Ariano – Cristalândia
03. Junior Bio-  São Pedro
04. Toninho-  Caridade
05. Adalberto – Sto. Antonio dos Milagres
06. Junior Carvalho – Demerval Lobão
07. Wilney – Sta. Cruz dos Milagres
08. GD – Jacobina
09. Gilson – Lagoa do Barro
10. Marcio – Alegrete
11. Caboré –  Caraúbas
12. Mauricio – Rio Grande
13. Ângelo – Redenção do Gurgueia
14. Jonas – Água Branca
15. Joel – Floriano
16. Edilson – Vila Nova
17. Luciano Fonseca – Bertolinia
18. Edgar Bona – Novo Santo Antônio
19. Zé Medeiros – Manoel Emídio
20. Reginaldo Júnior – Palmeirais
21. Tomé – AROAZES
22. Danilo – Wall Ferraz
23. Wellington Carlos – Sto Antônio de Lisboa
24. José Raimundo – Oeiras
25. Chico Pitú – Marcolândia
26. Tairo – Santo Inácio
27. Ananias – São João da Serra
28. Betim – Riacho Frio
29. Leo Matos – Gilbués
30. Venicio do Ó – Pimenteiras
31. Elder – Jurema
32. Diego – Amarante
33. Amilton – Floresta
34. Nael – Flores
35. Renato Pio- São Luís do PI
36. Barroso Neto – Santa Cruz
37. Murilo Ribeiro – Corrente
38. Diego Lamartine – Amarante

Piauí já tem 12 pré-candidatos ao Senado Federal

Para observadores da cena política, a enxurrada de candidatos deve-se, a dois motivos: duas vagas e o descrédito da classe política atual

Faltando 1 ano para a eleição de 2018, o Piauí contabiliza ao menos 12 pré-candidatos a senador. Dois tentam a reeleição, os outros, são pessoas que já tiveram ou ainda estão no mandato, seja de deputado ou vereador e há ainda, os que disputam pela primeira vez. São eles: Ciro Nogueira (PP), Regina Sousa (PT), Júlio César Lima (PSD), Wilson Martins (PSB), João Vicente Claudino (PTB), Norberto Campelo e Sigifroi Moreno (PODEMOS), Valter Rebelo (PSC), Robert Rios e Flávio Nogueira (PDT), Major Paulo Roberto (SOLIDARIEDADE) e  Luiz André (PSL). Não estão nessa lista os  futuros candidatos dos pequenos partidos que tradicionalmente disputam as eleições porque eles ainda não se manifestaram.

Piauí já tem 12 candidatos ao Senado FederalPiauí já tem 12 candidatos ao Senado Federal

DUAS VAGAS

No próximo ano serão eleitos dois senadores. As duas vagas hoje estão ocupadas por Ciro Nogueira e Regina Sousa. Para observadores da cena política, a enxurrada de candidatos deve-se, a dois motivos: duas vagas e o descrédito da classe política atual.

QUEM É QUEM

Ciro Nogueira é senador, presidente nacional do PP e aliado do governador. O único até aqui com apoio declarado do governador. Ciro tenta a reeleição e diz ter apoio nos 224 municípios do Estado.

Senador Ciro NogueiraSenador Ciro Nogueira

REGINA SOUSA

Era a 1ª suplente de Wellington Dias que se elegeu governador em 2014. Sua candidatura pertence a ela e ao seu partido, o PT, cujo presidente, deputado Assis Carvalho, é um dos principais defensores. Mas, até o momento, o governador não sinalizou que vai apoia-la.

JÚLIO CÉSAR

Deputado Federal, está no 5º mandato. Presidente do PSD do Piauí. É um deputado municipalista com penetração em todos os municípios por ser um parlamentar que injeta dinheiro federal nas contas das prefeituras. Já foi derrotado para senador em 1998 (PFL).

Deputado Federal Júlio CésarDeputado Federal Júlio César

WILSON MARTINS

Era vice-governador de Wellington Dias quando assumiu o governo em 2010. Rompeu com ele em 2014, ano em que renunciou para se candidatar ao senado, tendo sido surpreendido com uma derrota imposta pelo ex-prefeito de Teresina, Elmano Ferrer, na época PTB, hoje PMDB.

JOÃO VICENTE CLAUDINO

Senador de 2007 a 2014. Em oito anos de mandato nunca respondeu sequer uma sindicância. Aliado do governador Wellington Dias, foi por este abandonado em 2010, quando tentou o governo do Estado, tendo sido derrotado por Wilson Martins. JVC está de volta ao PTB.

NORBERTO E SIGIFROI

Os dois são advogados e já presidiram a OAB-PI. Se apresentam como a novidade para a próxima eleição. Dizem não aceitar filiação em partidos tradicionais. No momento sinalizam ficar no PODEMOS. Nunca disputaram cargo eletivo na política partidária.

VALTER REBELO

Advogado, foi Juiz Jurista em dois mandatos no TRE-PI pelo 5º constitucional indicado pela OAB. Tem um irmão deputado estadual, Henrique Rebelo, que está saindo do PT para o PTC. Valter também se apresenta como o novo na política local pelo PSC.

ROBERT RIOS

Robert Rios é deputado estadual no 4º mandato. Foi secretario de Segurança por sete anos. Lidera a oposição na Assembleia e por ela quer ser candidato. Mas seu partido, PDT, é governo e tem secretaria, Meio Ambiente. Rios pode deixar a sigla, mas não sabe para onde vai.

FLÁVIO NOGUEIRA PAI

Foi deputado estadual, federal, secretario de Estado e derrotado para vice-governador em 2010. Preside o PDT do Piauí. Tem o filho Flávio Jr. deputado estadual. Quer ser candidato na chapa do governador. Mas analistas dizem que ele quer mesmo é uma vaga de suplente.

MAJOR PAULO ROBERTO

Oficial reformado da PM-PI. Vereador de Teresina no 4º mandato consecutivo e bem votado. Preside o SOLIDARIEDADE da capital. Também se apresenta como o novo para o Senado. Está movendo céus e terras para que o deputado Dr. Pessoa aceite ser o candidato da sigla ao governo.

LUIZ ANDRÉ

Vereador de Teresina no 2º mandato. É o vice-presidente da Câmara Municipal. Era do PPS e migrou para o PSL. Diz que será o candidato de todos, mas principalmente dos jovens.

SOB NOVA DIREÇÃO

O Conselho Estadual da OAB-PI anulou a eleição da sub-seção de Floriano e empossou na presidência o advogado Astrobaldo Ferreira Costa. Dr. Astrobaldo foi derrotado por 1 voto. Um dos votantes não poderia votar em Floriano. Seu registro é de Teresina. Daí a anulação

NOVA ESTRATÉGIA

O ex-ministro João Henrique  Souza, vice-presidente do MDB que defende candidatura própria do partido em 2018 para o governo do Piauí, mudou sua estratégia nas andanças pelo interior. Agora ele está se reunindo com os Delegados do partido.

NOTAS & NÓTULAS

- É grave a denuncia de que Pró-reitores da UESPI receberam vantagens indevidas do PARFOR.

- No Paraná isso deu prisão até do reitor.

- O golpista Michel Temer mandou mais R$ 1 milhão para o governo do PT do Piauí via ministério da Saúde para combate a Dengue.

30 de setembro de 2017

Aneel autoriza reajuste e tarifa de energia fica 27% mais cara no Piauí

Aumento acontece justamente no período mais quente do ano, conhecido como BRO-Bró.

Entrou em vigor nessa quinta-feira (28), o reajuste anual médio de 27,63% na tarifa energia elétrica para clientes da Eletrobras Piauí, autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Para consumidores residenciais e unidades de baixa tensão, o aumento será de 27,02%, a partir de outubro.

O novo reajuste acontece justamente no período mais quente do ano, conhecido como BRO-Bró. No início do mês.

Para o assistente da Diretoria Operação e Expansão da Eletrobras Piauí, Anthony Mercury, o aumento elevado na parcela deve-se ao Ministério de Minas e Energia ter determinado que a Aneel flexibilizasse alguns custos anuais. Ano passado, o reajuste foi de 0,44%.

"Anteriormente, nós tinhamos um contrato de concessão que tem direito ao reajuste anual para reposicionamento tarifário. Agora, a Eletrobras Piauí é uma empresa prestadora de serviço e também permite o aumento.

Segundo Anthony Mercury, cabe destacar que as faturas de energia elétrica são compostas por vários itens, como tributos, encargos setoriais, compra e transmissão de energia, e que a parte que corresponde aos serviços de distribuição da Eletrobras são apenas uma fração do valor da tarifa.

"Um consumidor que paga R$ 100 na sua conta de luz, apenas R$ 22,50 vai para a distribuidora. Os outros R$ 77,50 são para pagar tributos, encargos e custos com compra e transmissão de energia", acrescentou.


No Piauí, escolas estaduais têm autonomia para decidir sobre ensino religioso

Conselho Estadual de Educação vai se reunir para debater decisão do Supremo Tribunal Federal.

Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que liberou que professores de ensino religioso em escolas públicas promovam suas crenças em sala de aula pode não causar grandes mudanças no Piauí. De acordo com o Conselho Estadual de Educação do Piauí ainda haverá uma reunião para debater a deliberação do STF, mas a premissa atual é a de que as escolas no estado têm autonomia para decidir sobre a disciplina.

"Nos ainda vamos nos reunir para discutir tudo isso, porque é muito recente. Hoje, tanto nas escolas publicas quanto privadas o ensino religioso é opcional. O aluno pode ou não querer assistir às aulas. Especificamente quanto às escolas estaduais, nosso pensamento é de que o estado é laico", explicou o conselheiro Francisco Soares acrescentando que o ensino acaba não avançando nas questões específicas de cada fé.

Segundo a Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc), o corpo docente da rede estadual de ensino conta com 1.705 professores de ensino religioso. Desses, 970 são efetivos e 735 substitutos.

Conforme a resolução, estão habilitados para ministrar o componente curricular específico da disciplina os professores licenciados em Ensino Religioso ou professores licenciados em qualquer área específica do conhecimento. Para atuar na educação básica é preciso ser portador do certificado de curso para ministrar o componente curricular.

Os profissionais atuam em 659 escolas da rede estadual, que seguem a resolução CEE/PI nº 112/2016 do Conselho Estadual de Educação do Piauí.

18 de setembro de 2017

Carnaúba é eleita árvore símbolo do Piauí

PIAUÍ

   

A Carnaúba é árvore eleita, através de consulta pública para ser a Árvore Símbolo do Estado do Piauí. A escolha foi realiza, através de uma ação de parceria entre a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) e a Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Quatro tipos de árvores foram colocados à disposição do público para escolha, dentre elas: Bacuri, Jatobá, Carnaúba e Ipê Amarelo. A Carnaúba venceu na opinião do público com 49,1%, seguida do Ipê Amarelo com 37,4%; Bacuri 10.4% e Jatobá 3,1%.

Para o secretário de Meio Ambiente, Ziza Carvalho, é importante para o Piauí ter uma árvore que represente o estado. “O pau-brasil é a árvore que foi escolhida para representar o nosso país e é legítimo que nosso estado tenha também a sua representante. Na opinião do público, a carnaúba representa muito bem o Estado do Piauí. Considero justa a escolha. É preciso ressaltar que O Piauí é o maior produtor de pó de Carnaúba do Nordeste, sendo responsável por cerca de 60% da produção. Dentre as utilizações dessa matéria-prima destaca-se o uso como películas de hortifruti, na fabricação de cosméticos e como isolante térmico”, ressalta.

A colheita da carnaúba garante renda para milhares de famílias no Estado, com a extração das folhas. A carnaúba, que chega a 15 metros de altura, também é símbolo da cidade de Campo Maior, que fica a 80 quilômetros de Teresina. A seca no Piauí não afeta a extração da palha da carnaúba.

Com o resultado, a Semar organizar para a próxima quinta-feira (21), Dia da Árvore, a solenidade para instituir a Carnaúba como a árvore símbolo do Estado. O descerramento da placa está previsto para acontecer às 8h, embaixo da ponte Juscelino Kubitschek.

Conheça sobre mais sobre a Carnaúba

Carnaúba (Copernicia prunifera) – Planta perene, heliófila com um tronco simples, ereto, com numerosas folhas no seu topo. Usada na arborização e paisagismo, em construções e fornece cera.Uma das quatro árvores selecionadas por uma comissão, formada por representantes da secretaria e professores do curso de Biologia da universidade, poderá ser escolhida no período de 11 a 17 de setembro.

Município de Gilbués está inserido no novo Mapa do Turismo Brasileiro

O Ministério do Turismo divulgou o novo Mapa do Turismo Brasileiro

O Ministério do Turismo divulgou o novo Mapa do Turismo Brasileiro nesta quinta-feira (14). A ferramenta destaca os municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento e orienta a definição de políticas públicas para o setor.

De acordo com a publicação, em comparação com o ano passado, o número de regiões turísticas e municípios cadastrados aumentou. Em 2016, eram 2.175 cidades em 291 regiões, contra 3.285 municípios em 328 regiões turísticas neste ano.

O Sudeste é a macrorregião do País com mais mais regiões turísticas, 121 e 1.138 municípios. Em seguida vem o Nordeste (84 regiões e 758 municípios), Sul (53 regiões e 905 municípios), Centro-Oeste (36 regiões e 225 municípios) e Norte (34 regiões e 259 municípios).

Para o Ministério do Turismo, o aumento nos números é resultado de um amplo trabalho de conscientização da pasta junto aos gestores municipais e estaduais a respeito da necessidade de identificação e classificação das cidades para que as políticas públicas e investimentos sejam mais adequados à realidade de cada região.

A atualização periódica do Mapa faz parte de uma estratégia do Plano Brasil + Turismo, lançado este ano pelo ministro Marx Beltrão para fortalecer o setor de viagens no País. De acordo com o Plano, a partir de 2017 o Mapa passa a ser atualizado a cada dois anos.

Categorização

De acordo com o novo mapa, 23% (740) dos municípios estão nas categorias A, B e C. Esses municípios concentram 93% do fluxo de turistas doméstico e 100% do fluxo internacional.

Os demais 2.545 municípios figuram nas categorias D e E. Esses destinos não possuem fluxo turístico nacional e internacional expressivo, no entanto alguns possuem papel importante no fluxo turístico regional e precisam de apoio para a geração e formalização de empregos e estabelecimentos de hospedagem.

O município de Gilbués pela primeira vez faz parte do Mapa do Turismo Brasileiro. 

Alguns dos potenciais turísticos de Gilbués:

Morro D`´Agua


Cachoeira


Santa Luzia


Festejo da Marmelada


Festejo de Nossa Senhora Divina Pastora


Serra da Boa Vista


Serra da Boa Vista


Parque Ambiental  Brejo dos Buritis

17 de setembro de 2017

Janot reafirma competência do TCE-PI para julgar caso da Agespisa

O procurador geral da República Rodrigo Janot

O procurador geral da República, Rodrigo Janot, emitiu parecer favorável ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí na ação de suspensão de segurança movida pelo TCE-PI no Supremo Tribunal Federal contra a decisão liminar do desembargador José Ribamar Oliveira, do Tribunal de Justiça do Piauí, que anulou os atos administrativos do TCE-PI no processo que apura denúncia de irregularidades na licitação para a subconcessão dos serviços de abastecimento d’água e esgotamento sanitário de Teresina.

Em seu parecer, o procurador reafirma a competência do TCE-PI para julgar o caso e que sua atuação deu-se nos limites de suas atribuições, não desbordando de sua competência constitucional, tendo agido o Tribunal de Contas na prevenção de danos ao erário e na fiscalização da legalidade do procedimento licitatório e da contratação em causa.

Dentre as irregularidades apontadas na denúncia do processo licitatório de subconcessão estão a prática de atos tendentes a restringir a competição, a utilização de critérios distintos aos do Edital para julgamento das propostas técnicas e a impugnação a atestados de capacidade apresentados pelos licitantes. O julgamento sobre o processo no TCE-PI está suspenso desde abril quando o desembargador José Ribamar Oliveira determinou a suspensão.

No despacho Janot afirma que  “a liminar que se pretende suspender constitui indevida interferência do Poder Judiciário nas atribuições constitucionais do Tribunal de Contas estadual que, como dito, agiu no exercício de sua competência, sem qualquer indício de ilegalidade ou arbitrariedade que pudesse justificar tal ingerência jurisdicional”.

A ação encontra-se em fase de conclusão no Supremo Tribunal Federal, aguardando a decisão da ministra Carmem Lúcia a respeito do mérito do pedido do Tribunal de Contas.


16 de setembro de 2017

Artistas se unem em show beneficente para ajudar criança de 2 anos

Dia 28 de Setembro 2017 em Corrente Piauí

Comovidos com a situação de saúde da pequena Ana Cecilia, 2 anos, artistas da cidade de Corrente e região decidiram se unir em prol de um grande show pela saúde da garota. O evento que vai acontecer dia 28 de setembro, a partir das 19:30h, no Bar do Puquinha, será totalmente beneficente e a verba arrecadada será integralmente destinada à garota de família humilde residente na localidade Santa Marta e que foi diagnosticada com um tumor maligno no rosto.

O evento reunirá mais de 10 cantores e convidados, o idealizador Frank Rodrigues, contou que comovido com a situação da garota deu a ideia a seus colegas que de imediato abraçaram a causa. “Eu, como artista, me coloquei a disposição e comecei a correr atrás de outros colegas que desejassem colaborar”. Disse.

O espetáculo contará com apresentações de Tetézinho, Frank Rodrigues, Raimundo Tangé, Farra do Vaqueiro, Rhodolfo Pereira, Hit no Comando, Lucas e Forró Esticado, Alex Alvez, Gusttavo Vilarindo, Magayver Guerra, Braw e Dhéssica Rauana.

Quem não puder se fazer presente ao show poderá adquirir o ingresso e assim estará ajudando da mesma foram à criança. As pessoas quem também moram distante podem contribuir depositando qualquer valor na seguinte conta bancária: Agência: 2776/ Operação: 013/ Conta: 12052-6, Cleide Maria Paiva Maciel de Almeida. Mais informações falar com Danilo pai de Ana Cecilia (089) 99931- 0737.

Lair Guerra, de Curimatá foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz

Lair Guerra já foi a personalidade brasileira indicada para receber o Prêmio Nobel da Paz.

Lair Guerra.

Lair Guerra já foi a personalidade brasileira indicada para receber o Prêmio Nobel da Paz.

O Piauí é destaque na beleza nos jornais de todo o mundo com a coroação da nossa miss Brasil.

Uma outra piauiense já ocupou  as principais capas dos jornais, a curimataense com a indicação do Prêmio Nobel da Paz a Doutora Lair Guerra de Macedo, infectologista, gestora pública, Professora, lecionou microbiologia na UFPI, e na Universidade de Brasília.

É uma assistente social e biomédica por formação, fez pós-graduação nos Centro de Controle de Doenças (CDC) em Harvard, nos Estados Unidos.

No Brasil dirigiu o Programa de Saúde Materno-Infantil do Ministério da Saúde, foi convidada a iniciar o Programa Brasileiro de DST/AIDS em 1986. Atuou como diretora desse programa por 10 anos. Nesse período, conseguiu recursos do Banco Mundial, com os quais qualificou e treinou muitos profissionais para o combate às DST/AIDS.

Nasceu em Curimatá, um município próspero do estado. Lair Guerra é dessas mulheres que a gente se orgulha, de família tradicionalmente conhecida como mentes brilhantes, focados na competência, irmã da falecida médica de Curimatá-Piauí, Estelita Guerra, que foi prefeita do município três vezes, e de outros brilhantes irmãos, Delile Guerra de Macedo e Carlyle Guerra de Macedo, ex-diretor e Diretor Emérito da Organização Pan-Americana de Saúde e do Doutor Alvimar, reconhecido clínico em Brasília.

Empoderada sempre lutou por alguma causa, enfrentando cotidianamente muitas barreiras.  Estabeleceu Centros de referência para o tratamento de paciente soro positivo, incentivou a criação e manutenção de organizações não governamentais e iniciou o programa de teste de vacina para prevenção da AIDS.

Representou o Brasil em três reuniões da Assembleia Mundial de Saúde, em Genebra.
Neste ano, a Confederação Brasileira de Mulheres e o Instituto Internacional para o Desenvolvimento da Juventude, concedeu a ela o título de Personalidade da Década, e por ser um mártir na luta contra a AIDS, a Doutora Lair é a personalidade brasileira indicada para receber o Prêmio Nobel da Paz.

14 de setembro de 2017

Suspeito de crimes bárbaros cria clima de terror em Riacho Frio

Polícia continua realizando buscas por toda a região

Os crimes ocorridos na última semana no município de Riacho Frio, Extremo-Sul do estado, apontam como possível autor o mesmo indivíduo, Saulo Antonio José Alves. O suspeito, que já possui diversas passagens pela polícia, é acusado de matar Lucélio da Silva Guimarães, 31 anos, e Vania Ferreira Dias, 15 anos, desaparecidos desde o dia 2 deste mês, além de atentar contra a vida do prefeito, Adalberto Mascarenhas (Betim) no último sábado (9). As motivações dos crimes ainda são um mistério e a polícia trabalha com a hipótese de que ele esteja agindo aleatóriamente.

Segundo o delegado Yure Saulo de Oliveira Aranha, a Polícia Militar encontrou no sábado à tarde o local de acampamento do suspeito, na zona rural do município, com diversas mochilas, roupas, ferramentas e uma arma de ar comprimido. “Ele não tem residência fixa e há muito tempo mora no mato. Suspeitamos também que parte desse material encontrado seja fruto de roubos e furtos”.


Nova ossada encontrada enterrada no último sábado

Além dos objetos, a polícia também encontrou um local onde nova ossada foi enterrada, possivelmente pertencente ao mesmo casal desaparecido. “Estivemos ainda no sábado no local e a princípio identificamos ossos do sexo masculino e do sexo feminino. Nos ossos dos crânios há plástico impregnado, o que sugere que ele ou ela foram mortos e queimados com o capacete”, colocou o delegado.

Saulo Antonio José Alves já cometeu crimes de furtos, assaltos e invasões. No ano de 2013, o mesmo foi preso por furto de armas do Fórum de Avelino Lopes. Ele responde a diversos procedimentos criminais, inclusive uma ação criminal de competência do juri.

Em janeiro de 2017, o juiz da Comarca de Corrente, Carlos Marcello Sales Campos, decretou novamente a prisão do criminoso, desta vez baseado em depoimentos de diversos moradores da cidade, que relataram invasões domiciliares, furtos e comportamento estranho, tendo sido visto armado e vestido com roupa do exército.

Desde o atentado contra o prefeito, no sábado à noite, o clima de terror tomou conta da cidade, onde diversas vezes a população foi surpreendida com disparos de armas de fogo, tendo a orientação de não sair de suas casas até que o suspeito esteja preso.

O 7º Batalhão de Polícia Militar de Corrente, sob o comando do Major Hortêncio e apoio da Força Tática, realizam incessantes buscas pela zona rural do município.

Objetos encontrados no acampamento do suspeito:

Participe da consulta pública para escolha de árvore símbolo do Piauí

As quatro árvores selecionadas para a disputa são: Bacuri, Jatobá, Carnaúba e Ipê Amarelo.














A Universidade Estadual do Piauí, em parceria com a secretaria de Meio Ambiente (SEMAR) disponibiliza uma consulta pública para escolha da árvore símbolo do Piauí. Uma das quatro árvores selecionadas por uma comissão, formada por professores do curso de Biologia da instituição e representantes da SEMAR, poderá ser escolhida no período de 11 a 17 de setembro.

A comissão foi composta pela Profa. Dra. Fátima Veras, Profa. Dra. Rosimeire Brito, Profa. Dra. Roselis Machado, todas do curso de Biologia da UESPI e Vinícius Andrete, técnico da Secretaria de Meio Ambiente (SEMAR).

A presidente da comissão, Profª Drª Roselis Machado, destaca que a escolha da árvore para representar o Piauí através de um decreto, visa dá mais significância e preservação histórica a vegetação da região. Pela comissão foram escolhidos o Bacuri, o Jatobá, a Carnaúba e o Ipê Amarelo. “Realizamos um estudo bibliográfico para chegar até essas quatros espécies. Definimos pelas características, maior ocorrência e mais significância”, explicou.

Segundo Roselis, todos os estados e municípios devem preservar por lei o que é nativo e histórico para a região. “Decretar uma árvore como símbolo é garantir que a árvore tenha mais representatividade para o estado”, declarou. Os interessados em contribuir com a escolha devem acessar o formulário para votar. A árvore mais votada será decretada como árvore símbolo do estado pelo Governador Wellington Dias, no dia nacional da árvore, comemorado em 21 de setembro.

Conheça sobre as árvores:

  • Bacuri

Platonia insignis – Árvore de porte alto com tronco reto casca espessa e às vezes, enegrecida dos indivíduos adultos. Muito utilizada na alimentação.

  • Jatobá

Hymenaea courbaril – Árvore alta com casca um pouco áspera, cinza-clara, com pequenos sulcos. Muito utilizada na medicina popular, fornece farinha comestível e nutritiva e produtos madeireiros.

  • Carnaúba

Copernicia prunifera – Planta perene, heliófila com um tronco simples, ereto, com numerosas folhas no seu topo. Usada na arborização e paisagismo, em construções e fornece cera.

  • Ypê Amarelo

Handroanthus chrysotrichus – Árvore decídua, heliófita, secundária tardia. Muito utilizada na construção civil, cabos de ferramentas, carpintaria, marcenaria, dormentes, forros, vigas, postes mourões, móveis e tabuados.

Para votar, clique aqui.

13 de setembro de 2017

Cassiana vence primeiro jogo na Copa Extremo Sul 2017

Futebol 2017

Extremo Sul 2017

Sendo superior, Cassiana F. C Gilbués joga bem e derrota a equipe de Santa Filomena por placar de 3x1 na sua estreia pela Copa Extremo Sul 2017.

Com gols de Willian, Jwandson e Danilo.

                                Cassiana F. C Gilbués

A Copa extremo Sul teve somente um jogo no final de semana; Foi o primeiro jogo do Cassiana de Gilbués e último de Santa Filomena. 

 O jogo teve um primeiro tempo nivelado, mas no segundo, após algumas substituições, o time representante da cidade de Gilbués impôs ritmo acelerado para cima do seu adversário e com  velocidade e habilidade dos seus jogadores dos setores de meio campo e ataque, alcançou grande vitória. 

Foi possível ouvir muitos elogios da parte do torcedores presentes ao time de Gilbués, que na visão destes, passa a ser um time com chances de classificação.

                                       Santa Filomena


Falta de chuvas afeta safra de milho e feijão no Piauí; diz IBGE

Levantamento Sistemático da Produção Agrícola apontou variações também em outras colheitas no estado. Na comparação com 2016 há registro de aumento na colheita.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta terça-feira (12) Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de Agosto. O levantamento do instituto mostrou a previsão de um volume de produção menor para o milho e o feijão, devido a falta de chuvas nos cerrados piauienses. Porém, na comparação com o ano anterior a previsão é de uma produção maior em 2017.

Os levantamentos realizados neste mês apontam para um volume de produção 6,7% menor, segundo o instituto pela falta de chuvas regulares. No Nordeste foram registradas outras quedas no Rio Grande do Norte, com 7,8% e na Paraíba, com produção prevista 48,6% menor.

Na safra do feijão a previsão é de uma variação de 25,1% para menos na colheita. Porém na comparação entre 2016 e 2017 a previsão é de um crescimento de 229,5% na colheita para este ano. Do mesmo modo a previsão para a colheita de milho era que a safra tenha um crescimento de 132,3%.

Quando se considera a área de produção de cereais, leguminosas e oleaginosas houve uma redução de 0,7% de acordo com o levantamento do IBGE. Já a produção teve uma queda de 3,8% na estimativa fixada em agosto, na comparação com a de julho. Na colheita de soja a produção teve uma estimativa 0,1% menor em agosto na comparação com julho, segundo o IBGE.