• Ecotur
  • Águas de Teresina
  • assinatura jornal

Notícias Dom Expedito Lopes

10 de março de 2015

30 de julho de 2014

Família de Dom Expedito Lopes procura crianças que fugiram de casa

Família de Dom Expedito Lopes procura crianças que fugiram de casa

Uma familia de Dom Expedito Lopes está procurando três crianças que fugiram de casa nesta terça-feira (29). Os nomes dos três menores são: Layla, Mateus e Rafael.

Crianças desaparecidas

Crianças desaparecidas

A Polícia Civil de Picos informou que as crianças foram vistos pela última vez no bairro Altamira.

Os Garotos fugiram sem dinheiro e sem nenhum documento de identificação. Quem souber de alguma informação das crianças entrar em contato pelos seguintes contatos: (89) 8816-9239 (Adelina Silva) ou (89) 8813-0140 (Conselho Tutelar).

Criança desaparecida

Criança desaparecida

22 de julho de 2014

05 de fevereiro de 2014

TCE reprova contas de duas prefeituras do Piauí

Contas de Canto do Buriti e Dom Expedito Lopes foram reprovadas

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí julgou um recurso de reconsideração das contas da gestão de 2010 da Prefeitura Municipal da cidade de Dom Expedito Lopes, no sudeste piauiense, a 288 quilômetros da capital Teresina. 

A decisão unânime concordou com a manifestação do Ministério Público de negar o recurso apresentado pelo responsabilizado. 

âVistos, relatados e discutidos os presentes autos, decidiu o Plenário, unânime, em concordância com a manifestação do Ministério Público de Contas (peça nº 6), pelo conhecimento do Recurso de Reconsideração, para, no mérito, negar-lhe provimento, mantendo o julgamento de irregularidade das Contas da Prefeitura Municipal de Dom Expedito Lopes, referente o exercício de 2010â, publicou o Tribunal no seu Diário Oficial de ontem (05).

A decisão manteve multa conforme estabelecida no processo de reprovação das contas. 


TRE mantem desaprovadas contas de ex-candidato em Canto do Buriti

O candidato derrotado nas eleições de 2012 no município de Canto do Buriti (sul do Estado), João Bosco Carvalho de Oliveira (PMDB) teve as contas desaprovadas pela Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI).

A decisão da 36ª Zona Eleitoral foi mantida pelo pleno que considerou irregular a prestação de contas do ex-candidato. Os problemas identificados seriam referentes a dados junto ao tribunal.

A defesa foi feita pelo advogado Daniel Oliveira e o juiz federal Hélio Camelo foi o relator do processo.


25 de outubro de 2013

AMBULÂNCIA DE DOM EXPEDITO PEGA FOGO NA BR 316

Bombeiros são acionados

Uma ambulância do estado que prestava serviço ao município de Dom Expedito Lopes, pegou fogo por volta das 17:00hs na BR 316, próximo a Serra dos Pinheiros. a ambulância estava indo para o município de Picos buscar um paciente quando o fogo começou.

Foi muito rápido! A motorista Eliete Ferreira Luz, parou o veiculo e saiu rápido de dentro alguns motoristas que passavam pelo local ajudaram pegando seus extintores inclusive o da ambulância e tentaram apagar o fogo, mas não conseguiram, o corpo de Bombeiros de Picos foi acionado, nossa equipe conversou com o soldado André do corpo de Bombeiros que falou sobre a ocorrência e a dificuldade para se chegar até o local.



 ârecebemos uma denuncia pelo o 193 feita pelo soldado Francisca Maria da Polícia Militar, saímos de imediato para conferir o ocorrido, porém a distancia até o local era de mais de 20km e o transito intenso, com essas dificuldades não podemos chegar a tempo para fazer mais nada, somente para fazer o ressalvo".




A Polícia Rodoviária Estadual foi acionada para o registro da ocorrência.

De imediato as pessoas já ficaram preocupados, com os atendimentos de urgência, pois sem ambulância como ficara as diligencias do município!

Essa era a lamentação de algumas pessoas após o ocorrido, gratos por não ter avido vítimas no incêndio

imagens Tamires da Mirolândia.

22 de outubro de 2013

GRUPO “DESBRAVADORES DEL” ACAMPAM EM OÁSIS NO PAQUETÁ DO PIAUÍ.

AMBIENTALISTAS VISITAM OÁSIS NO PIAUÍ

O grupo, Desbravadores Del de Dom Expedito Lopes promoveu um acampamento ecológico em local de grande beleza da natureza, conhecido como: O Poço do Jacaré, que fica localizado na zona rural do Paquetá do Piauí.

Na ocasião o grupo trabalhou o espirito coletivo e a forma segura de uma trilha noturna, e como montar um acampamento a noite, uma experiência bastante emocionante para os jovens que faziam essa trilha pela primeira vez e a noite. Mostrando que com união e socialismo os obstáculos ficam bem mais fáceis de serem vencidos.  

Algumas dicas de como aproveitar a experiência sem prejudicar o meio ambiente.

Em um acampamento inclui muitas atividades, brincadeiras; o caminhar e cantar em torno de uma fogueira; cozinhar carne, linguiça ou ovos, o barulho dos animais à noite, os contos em torno das barracas; a agitação das árvores com os ventos; a aplicação da ideia de trabalho em equipe.

Um acampamento pode ser um perfeito local para aplicação da educação ambiental e, portanto, vai muito além de ser simplesmente uma reunião de jovens..

Na maioria das vezes, no entanto, o camping é praticado pelo prazer do contato com a natureza e a possibilidade de fugir da correria habitual. O que pouca gente sabe é que é possível pegar a barraca, a mochila e todos os itens necessários para um acampamento e ainda ser sustentável.

Algumas escolhas simples e que não irão atrapalhar em nada o passeio colaboram com o meio ambiente como, por exemplo, ao decidir o local onde você ou o seu grupo irá ficar. Dê preferência, se possível, a lugares onde outras pessoas já ficaram assim você evita estragos na natureza ao redor. Além disso, prefira estar perto de fontes de água, assim você pode gastar menos ao não acumular galões e garrafas de plástico.

Ao fim do acampamento junte o lixo produzido e descarte-o no lugar adequado. Se não houver um por perto, leve junto na viagem de volta até encontrar uma lixeira. Uma dica boa é levar a menor quantidade de lixo possível, o que significa deixar em casa embalagens e itens que não sejam essenciais.

VENHA PARTICIPAR OU COLABORAR COM O GRUPO DESBRAVADORES DEL.

VEJA MAIS IMAGENS NO FACEBOOK DO BLOGUEIRO.

http://www.facebook.com/JoselyEcologista/media_set?set=a.530358273710468.1073741888.100002089009421&type=3



18 de outubro de 2013

Equipe do curso de Direito entrevista Vereador Kyldary Gonçalves.

Alunos do curso de direito visitam Dom Expedito Lopes

Alunos do curso de direito da faculdade R.Sà visitam Dom Expedito Lopes e fazem trabalhos para curso de Direito Constitucional, na ocasião os acadêmicos estiveram na câmara de vereadores e contaram com a presença do jovem Vereador Kyldary Gonçalves, que abriu as portas do poder legislativo para atender a equipe e  ficou a sua disposição.

A equipe de universitários estava formado por alunos do Terceiro Bloco do curso de Direito da Faculdade R.SÃ. Os alunos vieram com objetivo de subtrair informações sobre o projeto do seu curso, que tem como tema: PODER LEGISLATIVO, vereador Kyldary Gonçalves se prontificou em atender aos alunos que fizeram uma importante entrevista sobre como funciona os trabalhos e atuações dos vereadores ao lado do povo e do poder executivo.

A equipe, foi formada pelos alunos: Ricardo dos Santos, Leonardo, Andressa Aguiar, Brendo Chaves e Maria Mary, com perguntas de grandes importância para o conhecimento de todos, levando informações em vídeo para serem apresentados no decorrer das atividades do projeto do seus cursos.

As perguntas foram baseadas nas curiosidades do povão, perguntas como: 

O QUE Ã O PARLAMENTAR? E QUAL Ã A IMPORTÃNCIA DO VEREADOR DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL?

QUAL A RELAÃÃO QUE EXISTE ENTRE A CÃMARA E PODER EXECUTIVO? E COMO SE COMPORTA A OPOSIÃÃO DENTRO DESTA RELAÃÃO?

COMO SE DÃ E QUAIS SÃO AS NECESSIDADES DAS REUNIÃES EXTRAORDINÃRIAS?

COMO SE CRIA AS LEIS NA CÃMARA MUNICIPAL?

AQUI JÃ TEM ALGUM PROJETO DE SUA AUTORIA? E QUAL PROJETO O SENHOR CONSIDERA DE SUMA IMPORTÃNCIA PARA O DESENVOLVIMENTO DESTA CIDADE?

A POPULAÃÃO TEM ACESSO FÃCIL AS CONTAS PRESTADAS PELO MUNICÃPIO?

QUAL O PAPEL DO VEREADOR NA CÃMARA MUNICIPAL?


COM A PALAVRA O VEREADOR!

                                                       

Agradeço aos alunos do terceiro bloco do curso de direito da faculdade R.SÃ, por terem escolhido o nosso município para esse grande projeto e ao repórter Josely Ecologista por levar essas informações a todos, através da mídia. Gostaria de deixar claro que as perguntas foram bastante importantes e muito bem elaboradas.

O Vereador é o representante escolhido pelo povo, pelo cidadão para exercer o papel de facilitador entre o poder legislativo, o povo e até o poder executivo, no caso o prefeito. Aqui em Dom Expedito Lopes, como no restante do país é escolhido pelo povo de forma democrática e exerce basicamente o poder legislativo.

âtem que ter uma parceria entre o poder legislativo e o poder executivo entre nós vereadores consequentemente com o prefeitoâ

âAs seções extraordinárias são as seguintes! As ordinárias são aquelas seções já programadas estabelecidas pelo presidente da câmara elas são postas em um calendário e esse calendário é colocado em muralâ

âseções extraordinárias são aquelas seções de punho de caráter emergencial que marca uma emergência ou uma urgência que o prefeito queira fazer ou até mesmo os vereadoresâ

âAqui as leis elas são criadas por nós vereadores ou pelo prefeito, sendo que o vereador faz a lei. São diversas leis trazidas e apresentadas aqui no plenário, para apreciação e votação dos demaisâ

âTem, até por que não deixa de ser um dever da população, tem diversas formas de ter esse acesso, aqui na câmara que qualquer cidadão pode vir e pedir pra ver os balancetes, no portal da transparência como também no, Diário dos municípiosâ

O vereador destacou ainda os projetos de leis de sua autoria.

âEu fiz um projeto de lei que foi da cavalgada, a cavalgada é um esporte que é tradicional aqui no Nordeste foi através de uma pessoa que me pediu pra fazer esse projeto, o senhor Benedito Paraibano, como é conhecido aqui em Dom Expedito levei o projeto para câmara e foi bem votado, já teve essa cavalgada e foi um sucesso muita gente trazendo renda para nosso município, e também tenho outro projeto  que é A FEIRA LIVRE DE ANIMAIS, pois aqui temos a feira livre de alimentos, ja a feira livre de animais beneficiaria os criadores do município e das cidades circunvizinhas para que possam trazer, apresentar suas criações  para serem comercializadas. aqui no município.â

A o final da entrevista os alunos agradeceram ao vereador e convidaram os presentes para participarem de um Coffee Break, oferecido pelo líder da equipe Ricardo dos Santos e sua esposa Flávia.



10 de outubro de 2013

Concurso Beleza Negra 2013 Picos, 16 Setembro de 2013

REALIZAÇÃO: GRUPO CULTURAL ADIMÓ


  O VI Concurso Beleza Negra de Picos, promovido pelo GCA â Grupo Cultural Adimó , será realizado nos dias 17 (domingo) e 23 (sábado) de Novembro de 2013. Será realizado nas dependências do IMH â Instituto Monsenhor Hipólito.


OBJETIVOS

Trabalhar a autoestima de mulheres e adolescentes negras;

Valorizar a cultura e a estética afro-brasileira;

Destacar a beleza negra , orgulho e a valorização de ser negro;

Criar oportunidade social e profissional para elas;

Valorizar a beleza e desenvoltura das candidatas;

Colaborar com o desenvolvimento profissional, social e cultural;

Interagir com as comunidades de bairros, através das lideranças das associações e escolas;

Divulgar os eventos relacionados ao Concurso.



I - Podem participar do VI Concurso Beleza Negra a população negra e descendentes comprovados, seja pela cor, pelos traços, ou por sua auto definição, de Picos e macro região.

II - Para participar os candidatos deverão preencher corretamente a ficha de inscrição, o termo de concordância e a autorização de participação (dos pais ou responsável) quando menor de 18 anos;

III â Não podem participar do VI Concurso Beleza Negra, parentes de primeiro grau de organizadores do evento ou dos jurados convidados;

IV â Poderão participar do VI Concurso Beleza Negra, candidatas acima de 14(quatorze) anos completos até a data de limite de inscrição.

V â Menores de 18(dezoito) anos deverão apresentar termo de autorização e concordância assinado pelos pais ou responsáveis conforme modelo emitido pela comissão organizadora do VI Concurso Beleza Negra;

VI â O Horário será de fundamental importância para o bom andamento do VI Concurso Beleza Negra



 O evento é de abrangência regional, é uma realização do GCA - Grupo Cultural Adimó, através de sua comissão organizadora criada para esse fim.



I - Fica instituído pelo GCA â Grupo Cultural Adimó a comissão organizadora para o
VI Concurso Beleza Negra de Picos Piauí, edição 2013;

II â O
VI Concurso Beleza Negra abre suas inscrições no dia 15 de Setembro de 2013 com encerramento no dia 15 de Novembro de 2013, ou completando o limite de inscrição que são de 20 candidatas.

III â Toda Parceria firmada com o VI Concurso Beleza Negra, tem validade de 01 (um) ano, podendo ser renovada ou não.

 DO ENSAIO

I â O ensaio será realizado no dia 17 de Novembro de 2013, nas dependências da sede do Grupo Cultural Adimó, situado à Rua São Vicente, 23 Bairro  Bomba. Com início as 08:00 horas e término previsto para as 17:00 horas.

II â Haverá lanche e almoço para os participantes do concurso beleza negra. 
III - A Comissão Julgadora do Concurso Beleza Negra se encarregará de efetuar a seleção no evento através dos itens: caracterização afro, simpatia e desenvoltura das candidatas que participarão do evento.

 DA PREMIAÃÃO

I - A premiação será no valor de 1.000,00 (mil reais) distribuídos da seguintes forma: 500,00 (quinhentos reais) para o 1º Lugar, 300,00 (trezentos reais)para o segundo lugar e 200,00 (duzentos reais) para o 3º Lugar.

II â A organização tem até 20 (vinte) dias úteis para o pagamento da premiação.

 DA SELEÃÃO

 A seleção será feita em dois momentos. Das 20 (vinte) candidatas inscritas serão escolhidas 10  (dez). Esta seleção será feita no dia do evento. Das 10 (dez) 03 (três) receberão a seguinte classificação 1º, 2º e 3º lugar. Serão selecionados por sete jurados no máximo e no mínimo três jurados. A seleção é feita através das fichas em que os jurados votam as notas de 1 a 5 para todas as candidatas,  havendo empate, fica a critério dos jurados a decisão do desempate. 


Concurso Beleza Negra 2013  Picos, 16 Setembro de 2013



30 de setembro de 2013

11 de setembro de 2013

ENCONTRO HISTÓRICO COM POVOS INDÍGENAS, QUILOMBOLAS E QUEBRADORES DE COCOS

O ENCONTRO FOI REALIZADO PELA FUNAI, MMA E REPRESENTANTES DO BANCO MUNDIAL EM IMPERATRIZ – MA

O encontro traz os habitantes do bioma Cerrado para participarem da CONSULTA acerca do MECANISMO DE DOAÃÃO DEDICADO A POVOS INDIGENAS E COMUNIDADES TRADICIONAIS NO ÃMBITO DO PROGRAMA DE INVESTIMENTO FLORESTAL â MDD / FIP.

A reunião aconteceu, no New Anápolis Hotel. 

O FIP â Programa de Investimentos Florestal tem o objetivo de colaborar com ações que evitem desmatamentos, degradação florestal e que melhore a gestão territorial e ambiental. O recurso vem de um fundo de doação internacional, o Fundo Clima, voltadas para a adaptação às mudanças climáticas.

MDD - MECANISMO DEDICADO DE DOAÃÃO é uma iniciativa vinculada ao Programa de Investimento Florestal com o objetivo de apoiar Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais em suas práticas de gestão territorial e ambiental. Para além de fomentar essas boas práticas, o MDD busca incentivar a atuação desses grupos nas agendas nacional e mundial relacionada às mudanças climáticas.

 O objetivo do Mecanismo Dedicado de Doação é: 

*Potencializar a participação dos povos indígenas e comunidades tradicionais (PICTs) do Cerrado na promoção do uso sustentável, melhorias de gestão de suas terras contribuindo para reduzir a pressão sobre os seus territórios e florestas remanescentes e climáticas.

*Ampliar e fortalecer a capacidade das organizações representativas dos povos indígenas e comunidades tradicionais e participar efetiva e qualificadamente das políticas de conservação florestal e gestão sustentável de recursos naturais, incluindo os processos do MDD, do FIP e outras políticas ligadas á mitigação e adaptação ás mudanças climáticas.

*Beneficiar povos indígenas e comunidades tradicionais apoiando ações por eles demandadas que contribuem para: reduzir a pressão sobre os recursos naturais existentes nos seus territórios; fortalecer suas estratégias de sobrevivência e manejo tradicionais; garantir sua segurança alimentar e gerar renda; e promover localmente a conservação florestal e a gestão sustentável de recursos naturais.

A reunião teve início às 08h00min do dia 08/09/2013 encerrando dia 09/09/2013 as 19h00min com a apresentação dos dirigentes do evento, Julia Trujillo Miros, Luiz Pinagé (Consultores do Banco Mundial), Tatiana Vilaça (Coordenadora de Prevenção de Ilícitos em Terras Indígenas, Coordenação Geral de Monitoramento Territorial FUNAI - sede) e Jânio (MMA), e contou ainda com a participação dos representantes do APL do Buriti â PI a ARIDAS com os assessores Antonio Reis (REIZINHO) e Rosângela (BIEKA) em seguida os participantes se apresentaram falando seus respectivos nomes, e comunidades que representam e suas localização no cerrado.


Participaram do evento representante indígenas, quilombolas e quebradeiras de cocos.

O Piauí foi representado por Quilombolas e Quebradeiras de cocos e pelo o APL do Buriti â PI

A Júlia fez uma apresentação muito bem elaborada sobre o cronograma estabelecido para o evento, em seguida houve uma apresentação do Ãndio SRÃWà da Mata Brito (Nação Xerente) Membro do Comitê Global â MDD â PIF (Coordenador da Mobilização dos Povos Indígenas do Cerrado, MPIC / TO) que falou sobre os movimentos para buscar melhorias para os povos indígenas. Tatiana relatou sobre problemas ambientais e as expectativas globais sobre formas para diminuir alguns impactos ambientais, com benefícios para os povos do Cerrado. Por fim, explicou a origem do recurso a ser investido por meio do MDD em ações que beneficiem esses povos. Jânio, representante do MMA â DF, também ressaltou a importância de levar ao conhecimento desses povos e elaborar junto com eles esse investimento que vem do Fundo Clima, a elaborar os projetos com as comunidades que também são responsáveis em proteger o Meio Ambiente. A índia Arcete Bandeira povo Krikatí (Associação Wyty â Catê) que fez uma apresentação em sua língua oficial (língua GÃ), em seguida traduziu um pouco pois a mesma não fala bem o Português.

           

O MDD que acontece no Brasil também vai acontecer em outros sete (7) países, havendo previsão de encontros entre os oitos (8) países para discutir os projetos e seus investimentos.

A reunião aconteceu de forma muito dinâmica e as participações foram bem variadas. Todos os convidados participaram dando suas opiniões acerca da proposta apresentada, contribuindo para o processo de consulta estabelecido.

A Ãndia Narubia Werreria do povo Iny (KARAJÃ) da Ilha do Bananal â TO defendeu os direitos dos povos indígenas, e expressou sua preocupação com a forma de criação dos projetos, pois deve ser feito com a participação do povo indígena e do cerrado, pois são eles que conhecem as necessidades reais e as potencialidades de seu povo e de sua região, fala ainda que esse projeto deva ser incluído somente os povos do cerrado, pois é a primeira vez que isso acontece, e que esse povo é lembrado em recursos para investimento na capacitação e em toda estrutura de condições de executar um investimento embora pequeno pra alguns, porém um tanto satisfatórios para essa região que nada tem. Assim mostraremos para o Brasil e o mundo que o cerrado é rico e que nós índios e todos os povos do cerrado somos capazes de desenvolver as melhorias da terra com nossa cultura e tradição.

QUEBRA â GELO!

O RONALDO DO MARANHÃO ENSINOU A TODOS A DANÃAR UMA RODA DE CIRANDA E O ÃNDIO SRITBO â XERENTE, ENSINOU SUAS DANÃAS E CANTIGA INDÃGENA (VÃDEO NO FACEBOOK DESTE BLOGUEIRO)

NOSSA EQUIPE CONVERSOU COM A JULIA; CONSULTORA DO BANCO MUNDIAL E UMAS DAS RESPONSÃVEIS PELO EVENTO.

O RESULTADO DA CONSULTA?

Foi bastante proveitoso, esse projeto é bastante diferente, pois é uma das primeiras vezes que esta tendo um projeto iniciando das bases mesmo as necessidades pra serem construídas posteriormente no edital ajunta complementadora todas as coisas postas na hora e não como um projeto que chega já pronto e as comunidades têm que se adaptar e fazer o que o projeto pede e não o que elas demandam, eu acho que foi bem proveitoso, pois podemos adaptar várias coisas que temos pensado inicialmente que agente vai poder transformar bastante esse projeta para que fique com a cara das comunidades do cerrado para que chegue rapidamente os recursos pra elas poderem realizar projetos produtivos  por esse bioma cerrado.

O MIXTO DE CULTURAS E FORMAS DE VIDA! ATRAPALHA?

A luta é comum apesar das diferenças e das peculiaridades de cada um a luta é comum  claro que tem as diversidades que precisão ser respeitadas, mas a luta é uma só, esses projetos essas consultas são os momentos deles perceberem isso, as convergências e as diferenças podem existir.

Dessa consulta foram escolhidos quatro (4) representantes para defender as propostas em Brasília.

O BLOGUEIRO!

Presenciei um momento histórico e inédito algo que marcou em minha vida, passar dois dias observando a construção de um edital para criação de projetos entre povos bem diferentes e tão iguais, falo do povo indígena que veio de várias regiões do cerrado, cada uma com sua cultura e costumes próprios, como também com os povos quilombolas e ainda as quebradeiras de cocos. Fiquei surpreso com o empenho desses povos em buscar melhorias para os povos em conjunto, tornando todos em uma só vós. Uma adversidade se mostrando o interesse de estarem unidos em busca do mesmo objetivo â melhorar a vida de seus povosâ, sem discussões alteradas e sim com muito respeito entre os convidados, me deparei com cristãos de grandes inteligências e capacidades de comunicação, quem não conhecem esses povos de perto nem imaginam o quanto eles são capazes, abracei a causa e estarei sempre unidos aos nosso irmãos indígenas, quilombolas  e seja qual for suas origens, somos todos filhos de Deus e respeito a todos. Parabéns por essa conquista e boa sorte a todos.

VEJA IMAGENS DO EVENTO

PS: MAIS IMAGENS NO FACEBOOK â Josely Ecologista