Wellington confirma volta de secretários e nega racha na base aliada

O deputado Hélio Isaías (Progressistas) inclusive já apareceu no diário oficial do Estado da última quinta (16) como Secretário dos Transportes

17/09/2021 11:44h

Compartilhar no

O governador Wellington Dias confirmou na manhã desta sexta (17) que todos os deputados que se afastaram para a eleição de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado retornarão para as secretárias nos próximos dias. Nos bastidores se especulava um possível “estremecimento” na base aliada O deputado Hélio Isaías (Progressistas) inclusive já apareceu no diário oficial do Estado da última quinta (16) como Secretário dos Transportes, mesmo o documento não trazendo a sua portaria de nomeação. Flávio Nogueira Jr deve retornar para a Secretaria de Turismo e Wilson Brandão volta para a Secretaria de Mineração.

Wellington comentou a eleição para o Tribunal de Contas e ressaltou a vitória de Flora Izabel no primeiro turno . O governador esclareceu que o caminho natural é a volta dos secretários.

"A decisão é da Assembleia Legislativa,tinha vaga para apenas um dos candidatos e pela vontade expressa do voto foi decidido a maioria decidiu pela deputada Flora Izabel, cabe agora ao Tribunal de Contas do Estado empossar. Ele teve um afastamento, assim como outros, em razão das candidaturas. Agora o natural é retornar às atividades e retomar projetos que estavam em andamento e esperamos contar com todos. Secretário Hélio Isaías, Flávio Júnior, Wilson Brandão todos voltam para as secretarias", esclareceu Wellington Dias.


Leia Mais: 
Flora Izabel é eleita em primeiro turno para o TCE 
‘Sou um instrumento da missão’, diz Flora Izabel após vitória para o TCE 
“Página triste da Assembleia”, dispara Wilson Brandão após derrota 

O governador ainda mandou um recado aos aliados que ainda estão com um pé na oposição. Para o governador no final de setembro se inicia a definição do cenário político para 2022.

"Vamos aguardar até o final de setembro para acompanhar as mudanças que serão feitas na legislação eleitoral. Vamos aguardar o período de filiação, o período de afastamento para quem está no executivo ou no judiciário e a partir daí todo o esforço para que se tenha o cumprimento dessas regras. Vamos buscar o entendimento político entre os partidos, aprendi que eleição se faz com quem tem a opção de um projeto para o desenvolvimento do estado do Piauí, vamos trabalhar com quem tem a opção de estar nesse projeto", afirmou o governador.


FOTO: Tarcio Cruz/ODIA

Mudanças na ADH

O governador comentou ainda possíveis mudanças na Agência de Desenvolvimento Habitacional do Estado (ADH). O órgão é comandado pela diretora geral Gilvana Gayoso, irmã de Flora Izabel. Sem confirmar a saída de Gilvana, Wellington deu a entender que Flora não mais indicaria o comando da pasta. Perguntado sobre o tema o governador foi enfático; “A deputada Flora agora é conselheira do tribunal após a nomeação”, disse Wellington. 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário