Policiais investigados por morte de comerciante em Teresina são presos

A audiência de custódia dos PMs deve acontecer nesta sexta-feira (01)

30/09/2021 18:07h - Atualizado em 01/10/2021 08:47h

Compartilhar no

Dois policiais militares foram presos nesta quinta-feira (30) pela investigação da Corregedoria da PMPI por envolvimento na morte do comerciante Cândido Constâncio Filho, de 41 anos, vítima de uma bala perdida durante uma perseguição policial a um suspeito de assalto próximo ao Residencial Dilma Rousseff, na Zona Norte de Teresina. O caso aconteceu na noite da última terça-feira (28). Veja o vídeo abaixo!

A informação foi divulgada à imprensa pelo Coronel Lindomar Castilho, comandante Geral da Polícia Militar, nesta terça-feira. Os PMs foram identificados como André dos Santos (Cabo) e Giderlan Pereira da Silva (Soldado). Eles se apresentaram hoje, já foram ouvidos e devem passar por audiência de custódia nesta sexta-feira (01). 


Leia também: Vídeo mostra momento em que comerciante é baleado durante perseguição da PM 

Tiro que matou comerciante em Teresina pode ter sido disparado por PM 


Conforme noticiou ODia, o tiro que vitimou o comerciante pode ter sido disparado por um dos policiais que estavam na ação. O homem suspeito do assalto, que passava correndo em uma via pública momento antes do ocorrido, não foi localizado. 

Em nota enviada pela PM, o Major Tiago Ribeiro informa que a abordagem foi mal sucedida e que, por se tratar de ocorrência envolvendo policiais militares, a corregedoria se encontra ainda em diligências a fim de localizá-lo.


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário