VÍDEOS: carroceiros interditam a Marechal Castelo Branco em protesto na frente da Câmara

Categoria se reuniu para protestar contra o valor do auxílio proposto pela Prefeitura para evitar o uso de animais para puxar carroças nos finais de semana.

22/09/2021 08:41h - Atualizado em 22/09/2021 09:49h

Compartilhar no

Esta quarta-feira (21) amanheceu movimentada em frente à Câmara Municipal de Teresina, onde um grupo de carroceiros se reúne para protestar contra o valor do auxílio financeiro proposto pela Prefeitura para evitar o uso de animais para puxar carroças durante os finais de semana na capital. O projeto de lei que foi encaminhado pelo Executivo Municipal no início de agosto ao Legislativo e prevê que os animais tenham um descanso semanal mediante uma compensação de R$300 aos carroceiros pelo poder público.

(Fotos: Assis Fernandes/ODIA)

Reunidos em frente à Câmara, os carroceiros atearam fogo em pedaços de pau e bloqueiam o trânsito no sentido Norte-Sul da Avenida Marechal Castelo Branco. Um grupo também conta com o apoio de carros de som. O trânsito segue complicado e congestionado no entorno.


Leia também: Lei quer proibir que carroceiros usem chicote em animais de tração em Teresina 

"O prefeito aprovou e a vereadora Thanandra, que se diz protetora de animais, quer dar R$300 por mês. Não dá nem para manter o cavalo, imagina uma família. R$150 por semana a gente aceita", disse o carroceiro Alexandre Martins.

Outro carroceiro pontuou que aprova o projeto para que os animais tenham descanso no final de semana. Ele pede que o poder público tenha mais atenção com a categoria. "Nós queríamos que olhassem com responsabilidade, pois vivemos disso. Ninguém quer baterna, nem confusão. Não estamos jogando lixo no lugar errado, nem maltratando animal", falou José da Carroça.

"Esse projeto da Thanandra não foi discutido de maneira nenhuma com nós, esse projeto apareceu de repente. Nós só soubemos porque algumas pessoas nos informaram. A gente não aceita. Já tínhamos conversado com o prefeito, que se manifestou em pagar por semana os carroceiros. Como que ele vai trabalhar de segunda a sexta, e sábado e domingo, como ele vai se manter?", pontuou Ana Cristina Lima, presidente da Associação dos Carroceiros de Teresina.

Atualmente, Teresina tem 2.234 carroceiros, porém, nem todos são cadastrados na Associação.

Os carroceiros entraram na Câmara e se reuniram rapidamente com o presidente da Casa, Jeová Alencar (MDB), informando que irá retirar da pauta o projeto da vereadora Thanandra Sarapinhas

"Essa Casa respeita todas as categorias e esta presidência estará sempre aberta. É legítima a reivindicação, pelo que percebemos, reivindicando não só essa questão do projeto da vereadora Thanandra. Preferi que amanhã, a presidente Cristina, junto com a comissão possa vir até aqui, e, junto com os vereadores, possa debater e ver a melhor solução. Temos que ajudar a população  nesse momento que passa por tanta dificuldade", destacou Jeová Alencar.


Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário