Teresina permite música ao vivo em bares e restaurantes em novo decreto

O texto acompanha as determinações contidas no decreto do Governo do Estado e tem como destaque a liberação de música ao vivo

26/04/2021 16:46h - Atualizado em 26/04/2021 17:02h

Compartilhar no

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, assinou decreto  na tarde desta segunda-feira (26) com as novas medidas restritivas contra a disseminação do novo coronavírus na capital. O texto acompanha as determinações contidas no decreto do Governo do Estado  e tem como destaque a liberação de música ao vivo em bares e restaurante no próximo sábado (1) até às 16h. As demais medias que já estão em vigor em Teresina foram prorrogadas até o dia 2 de maio.


Leia tambémPiauí: medidas restritivas são prorrogadas até o dia 2 de maio 

Doses de vacina da AstraZeneca foram aplicadas dentro da validade, diz FMS 


O comércio em geral funcionará durante nove horas diárias (desde que não ultrapasse às 22h) até a sexta-feira (30).  Os Shoppings Centers poderão funcionar, para atendimento ao público, até o dia 02 de maio, no horário de 12:00 às 22:00 horas. Mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados, padarias e produtos alimentícios funcionarão até as 23:00 horas. Já durante o sábado (1) e domingo (2) apenas delivery ou drive-thru estão autorizados.

Foto: Elias Fontinele / O Dia

O documento estabelece ainda um conjunto de medidas sanitárias para evitar a infecção por Covid-19 dentro dos estabelecimentos, como limitar acesso ao mínimo de um cliente a cada 4m²; utilização de faixas ou marcações para assegurar a distância mínima de 2 metros; só permitir a entrada no estabelecimento de quem estiver usando máscara de proteção; e disponibilizar no acesso para uso de álcool em gel 70%. 

O decreto permite ainda a permanência de pessoas em espaços públicos abertos de uso coletivo, tais como praças, parques e outros, sendo que os frequentadores devem cumprir inteiramente os protocolos sanitários, especialmente no que diz respeito às medidas de distanciamento, utilização e disponibilização de álcool em gel e uso de máscaras

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário