• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Teresina foi a sétima capital mais chuvosa do país em abril

Segundo o levantamento do Inmet, a capital piauiense teve um acumulado de chuva de 351 milímetros. Em 4 meses choveu 84% do esperado para o ano.

01/05/2019 13:59h - Atualizado em 01/05/2019 14:46h

Teresina registrou um grande volume acumulado de chuva durante o mês de abril, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Com uma precipitação total de 351 milímetros, a cidade ocupa a sétima colocação no ranking de acumulado de chuva nas capitais brasileiras. Apesar de alto, este índice ainda é menor do que o que foi registrado ao longo de março, em que no intervalo de 24 horas, chegava a chover mais de 200 milímetros em um único município. Teresina ficou atrás somente das cidades de Belém (494 mm), Natal (465 mm), Fortaleza (430 mm), São Luís (387 mm) e Macapá (361 mm) em volume de chuva durante abril.

O mapa de acumulado de precipitação gerado para os últimos 30 dias pelo Inmet mostra que a maior parte da chuva registrada em Teresina ocorreu na primeira quinzena de abril, com um volume total de 204,7 mm. Os outros 113,5 mm restantes foram distribuídos na segunda quinzena do mês. O maior volume registrado em 24 horas ou seja, o dia mais chuvoso, foi o dia 04, que registrou um volume de chuva de 53,3 mm. Foi na sexta-feira (04), que o Rio Poti atingiu sua cota de inundação e na noite anterior (quinta-feira, 03) uma enxurrada atingiu 40 casas no Parque Rodoviário, deixando duas pessoas mortas e dezenas de desabrigados.


Foto: Assis Fernandes/O Dia

Em todo o mês de abril, não foram registradas chuvas em apenas cinco dias e a soma dos acumulados dos primeiros quatro meses do ano já corresponde a 84% do volume de água esperado para todo o ano na Capital piauiense. Para se ter uma noção, Teresina ficou 16% acima da média em uma norma de 265,7 mm", foi o que explicou o professor e meteorologista Werton Costa.

Piauí

O boletim do Inmet mostra ainda que o Piauí também registrou um alto volume de chuva ao longo de abril. As maiores concentrações de volume de chuva se deram nas mesorregiões Norte e Centro-Norte do Piauí. Os dez maiores volumes pluviométricos no mês foram detectados nas cidades de Ilha Grande (599 mm), Parnaíba (598 mm), Piripiri (523 mm), Barras (514 mm), Buriti dos Lopes (449 mm), Oeiras (406 mm), Matias Olímpio (379 mm), Teresina (351 mm), Miguel Alves (334 mm) e Esperantina (332 mm). Dentre estes municípios, Oeiras acabou chamando a atenção, segundo o Inmet, porque teve um acumulado de precipitação expressivo, mesmo se localizando na região do Semiárido.


Foto: Jailson Soares/O Dia

Segundo Werton Costa, as chuvas se concentraram mais no Norte e Centro-Norte do Piauí porque aquela área continuou sob influência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). No entanto, quando se observa mais o Sul do Estado, percebe-se que os municípios limítrofes com a Bahia e Pernambuco exibiram os menores acumulados de chuva de abril. 

"As chuvas ficaram entre normal e ligeiramente acima da média, exceto nas cidades de Ilha Grande e Parnaíba, que ultrapassaram os 500 mm de acumulado, repetindo o que houve em março. O sudeste e o Sudoeste piauiense, em seu lugar, exibiram volumes pluviométricos entre normal e abaixo da média", finaliza Werton.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário