Saiba quais postos de combustíveis foram autuados por irregularidades em Teresina

Os estabelecimentos foram fiscalizados durante a Operação Petróleo Real, realizada no dia 09 de julho de 2021

04/08/2021 12:39h - Atualizado em 04/08/2021 12:58h

Compartilhar no

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) divulgou nesta quarta-feira (04) a lista dos nove postos de combustíveis que foram autuados por apresentarem irregularidades. Os estabelecimentos foram fiscalizados durante a Operação Petróleo Real, realizada no dia 09 de julho de 2021, em todas as zonas de Teresina.

Das nove infrações verificadas, 05 ocorreram em postos de combustíveis na zona Leste de Teresina; 02 na zona Norte, 01 na zona Sul e 01 na zona Sudeste. Em um dos postos, quatro bombas chegaram a ser interditadas.

O relatório de fiscalização aponta ainda que, ao todo, 22 postos de combustíveis foram fiscalizados, resultando em 144 bombas aferidas, no qual cinco apresentaram irregularidades. Além disso, quatro locais estavam vendendo produtos impróprios para o consumo ou estavam com a validade vencida.

Operação Petróleo Real

A operação foi feita simultaneamente em todo o Brasil e em Teresina teve início ontem (08). 

Uma das práticas abusivas desses locais é a ‘bomba baixa’, um golpe no qual a quantidade de combustível que vai para o tanque do consumidor é menor do que a bomba efetivamente acusa, isso porque o equipamento furta cerca de 10% da gasolina. 

“Nesses postos que foram encontradas irregularidades, interditamos a bomba que estava cometendo aquela prática abusiva. Os postos foram autuados pelo Procon e pelo Imepi e estão passíveis de multa que vai de R$600 a R$10 milhões, com um prazo de 15 dias para fazer a defesa”, declara Arimateia Arêa Leão, representante do Procon.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário