Postos de combustível em Teresina operam sem licença ambiental

Esta foi uma das causas de autuação de diversos estabelecimentos no dia de hoje durante a Operação Petróleo Real, deflagrada pela Polícia Civil.

08/07/2021 08:29h - Atualizado em 08/07/2021 11:54h

Compartilhar no

Atualizada às 11h54min

Pelo menos 24 postos de combustível serão fiscalizados pelas equipes da Polícia Civil e do Procon durante a Operação Petróleo Real, deflagrada hoje em Teresina. E as ações que se iniciaram nessa manhã já resultaram em autuações. O que chama a atenção é o fato de que alguns estabelecimentos funcionam em Teresina em possuírem licença ambiental

A informação foi confirmada pelo delegado Matheus Zanatta, gerente de Polícia Especializada. “Estamos fiscalizando a aferição das bombas de abastecimento, a transparência da composição dos preços ao consumidor entre outros tipos de ações. Alguns postos já foram autuados por venderem produtos vencidos, por estarem com as bombas irregulares e por não terem licença ambiental”.


Foto: Assis Fernandes/O Dia

Um dos postos onde a polícia fez diligência nesta manhã foi um que fica localizado na Avenida Dom Severino, na zona Leste de Teresina. No local, foi encontrado problema na medição das bombas, ou seja, os consumidores estavam pagando mais por combustível de menos, levando uma quantidade menor do produto em relação ao que havia comprado. Neste posto, uma bomba acabou sendo lacrada pelo Procon.


Iniciada às 08h20min

Os postos de combustível de Teresina estão sendo alvo de uma operação da Polícia Civil durante esta quinta-feira (08). Equipes da Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária, Relações de Consumo e Econômica (Deccoterc) fazem fiscalização e controle da venda de gasolina e demais combustíveis em todo o Estado. 


Leia também: Petrobras anuncia aumento de 6,6% na gasolina e 3,7% no diesel 



Foto: O Dia

A ação, denominada de Petróleo Real, conta com o apoio da Polícia Militar e segue orientação da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça. De acordo com o titular da Deccoterc, delegado João José Pereira Filho, a investigação visa a fiscalização e a apuração de possíveis fraudes nos preços repassados aos consumidores pela venda de combustível e também eventuais adulterações na composição do produto comercializado.

Equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar atuarão durante todo o dia de hoje (08) em Teresina nos principais postos de combustível da cidade. O balanço completo da operação será repassado somente amanhã (09) pelos órgãos de segurança.


Aguarde mais informação.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário