Prefeitura de Teresina nomeia comissão para assumir bilhetagem eletrônica

Após 10 meses, o prefeito nomeou uma comissão para transferir a gestão da bilhetagem eletrônico do Sistema de Transportes de Teresina (Sitt), do Setut, para a gestão municipal

25/10/2021 17:28h - Atualizado em 25/10/2021 17:44h

Compartilhar no

O sistema de bilhetagem eletrônica dos ônibus que integram o transporte coletivo da Capital passará a ser gerido pela Prefeitura de Teresina. O formato de bilhetagem é alvo de questionado e desconfiança por parte da gestão municipal desde que o prefeito Dr. Pessoa (MDB) assumiu o comando da cidade no início do ano com a promessa de solucionar os problemas do transporte público.


Leia tambémCâmara aprova requerimento para investigar quantidade de ônibus que circulam em Teresina 


Após 10 meses, o prefeito nomeou uma comissão para transferir a gestão da bilhetagem eletrônica do Sistema de Transportes de Teresina (Sitt), do Setut, para o Palácio da Cidade. Ao todo, foram nomeadas sete pessoas representantes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS), Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB) e Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER).

Foto: Divulgação / Sintrapi

Os nomes dos integrantes da comissão apareceram no decreto publicado na última quinta-feira (21). O documento autoriza que os trabalhos sejam iniciados para que a Prefeitura de Teresina passe a gerir o sistema. O texto estabelece que o serviço deverá ser concluído até o dia 1 de dezembro.


Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS):

Amaro José Moura Filho;

Danilo de Moura Sá Araújo;

Márcio do Nascimento Silva.


Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB):

Álvaro de Sousa Vale.


Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER):

Rondinele Soares de Castro;

Henrique Antonio Lima de Oliveira;

Alinson Sousa de Assunção.


Dr. Pessoa nomeou ainda uma segunda comissão para analisar os contratos de concessão do transporte coletivo de Teresina. Membros da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Secretaria Municipal de Finanças, Procuradoria Geral do Município e Controladoria Geral do Município foram nomeados.


Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans)

Eduardo Rodrigues Alves;

Gean da Silva Moura.


Secretaria Municipal de Finanças (SEMF)

Odimirtes Araújo Costa Reis Neres;

Lúcio Borges de Moura Lucena.


Procuradoria Geral do Município (PGM):

Ricardo de Almeida Santos;

Ari Ricardo da Rocha Gomes Ferreira.


Controladoria Geral do Município (CGM/SEMF)

Tonyvan de Carvalho Oliveira;

Ricardo Teixeira de Carvalho Júnior.


Procurado pelo Portal O Dia, o Setut disse que não vai comentar a decisão do prefeito de formar as comissões especiais.

Impasse do transporte

Na semana passada, duas paralisações de motorista e cobradores afetam a oferta do serviço de transporte público na Capital. Os profissionais cobram a assinatura de convenção coletiva de trabalho, contudo, o Setut tem declarado que não possui condições de fechar o acordo nesse ano.

transporte alternativo, por sua vez, também parou as atividades  depois que a Prefeitura proibiu o uso de todas as máquinas de passar o cartão vale transporte e estudantil dos passageiros (ControlCIT) nos ônibus do transporte alternativo sob alegação de que o sistema passa por auditoria. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário