"Você vê que está parado, mas não está", diz SAAD sobre obras da galeria da zona Leste

Iniciada em Outubro de 2012, a obra que deveria resolver o problema de drenagem na zona Leste de Teresina ainda está longe de ser concluída

08/10/2021 09:59h - Atualizado em 08/10/2021 10:36h

Compartilhar no

Avaliada em R$49 milhões, a obra de drenagem na Zona Leste de Teresina vem se arrastando por longos nove anos.  Há quase uma década, o problema de alagamento na região deveria ser resolvido com a construção de galerias que ajudariam no escoamento da água. Entretanto, o trecho entre a Avenida Homero Castelo Branco e a Rua Eustáquio Portela continua interditado.

Rua Eustáquio Portela: obra de drenagem já dura 9 anos. (Foto: Assis Fernandes/ODIA)

Apesar da obra aparentar estar totalmente paralisada, o gerente de fiscalização do projeto, Francisco Brandão, conta que a construção das galerias está em andamento e que se trata de um processo muito complexo. "Você vê que está parado, mas não está parado, visto que nós temos mais de 500 peças da galeria prontas. Além dessas peças, estamos terminando de aprontar o canteiro de obras. Então a obra está em andamento e bastante adiantada”, explica.

"Parece que está parada, mas não está", afirma o gerente de fiscalização Francisco Brandão. (Foto: Assis Fernandes/ODIA)

De acordo com o gerente de fiscalização, a obra foi retomada em janeiro deste ano e, há cerca de dois meses, a parte burocrática da construção foi resolvida. “Agora, ela vai começar com tudo e vocês vão ver a intervenção, porque ela vai cruzar a Homero Castelo Branco”, comenta Francisco.

Para os moradores da região, as obras de drenagem parecem inacabáveis. Mesmo o local estando sinalizado, existe um grande risco de causar acidentes. Além disso, os problemas de alagamento começaram a ocorrer muito antes das obras terem sido iniciadas, em 2012. Segundo o mecânico Raimundo Nonato, que trabalha ao lado do local, os alagamentos na rua Eustáquio Portela se arrasta por 20 anos. 

O mecânico Raimundo conta que a rua enfrenta problemas de alagamento há 20 anos. (Foto: Assis Fernandes/ODIA)

“Desde quando cheguei aqui, há 22 anos, a rua já tinha esses problemas. Só agora está sendo sinalizada e temos esperança que essa obra possa ser concluída logo. A rua do jeito que está atrapalha os motoristas e pode causar acidentes”, pontua o mecânico. 

Desde 2012, os prazos para conclusão da obra estão mudando. Sempre ocorre algum problema que foge dos planos e a construção da galeria acaba por ser paralisada novamente. Em janeiro de 2021, quando o Dr. Pessoa assumiu a prefeitura de Teresina, ele chegou a visitar o local das obras e afirmou: “Vamos fazer em no máximo dois anos e meio o que não fizeram em 30”. Todavia, o processo se encontra lento e sem previsão para conclusão. 

Obra atrapalha moradores da região e pode causar acidentes. (Foto: Assis Fernandes/ODIA)

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Ithyara Borges

Deixe seu comentário