Metrô de Teresina registra aumento de 20% de passageiros após greve dos ônibus

Normalmente, um VLT fica disponível a população e realiza 20 viagens por dia. Mas por conta da greve, dois estão circulando no horário de pico na Capital

08/02/2021 14:50h - Atualizado em 08/02/2021 15:02h

Compartilhar no

greve do transporte público em Teresina  fez com que mais pessoas procurassem o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) nesta segunda-feira (08). Segundo a Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP), o aumento foi de 20%.

Foto: Arquivo/ODIA

Normalmente, um VLT fica disponível a população e realiza 20 viagens por dia. Mas por conta da greve, dois estão circulando no horário de pico na Capital. 

“Com a paralisação dos ônibus nós tivemos um aumento de 20% no número de passageiros. Por causa disso, eu me reuni com a minha equipe técnica e operacional e decidimos então colocar mais um VLT no horário de pico”, disse a presidente da CMTP, Josiene Marques.

Número de passageiros cai pela metade na pandemia

A pandemia diminuiu em 50% a capacidade de passageiros dentro do metrô para conter a transmissão do novo coronavírus. De 600 usuários em cada viagem, agora só embarcam 300. O percurso acontece do bairro Dirceu Arcoverde, na Zona Sudeste, ao Centro de Teresina.

“Nós estamos funcionando nos horários de 6h50 às 16h50. Por causa da pandemia, nós reduzimos a nossa capacidade em 50%”, explica a presidente. 

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Lalesca Setúbal, da O Dia TV

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário