Mãe de policial civil vítima da Covid-19 tem casa invadida por criminosos na Zona Norte

Informações repassadas por amigos próximos do policial dão conta de que os bandidos levaram celulares, uma televisão e até a aliança da mulher

09/01/2021 13:10h - Atualizado em 09/01/2021 14:23h

Compartilhar no

A casa da mãe do Policial Civil Diesy Less Santos Simeão, de 47 anos, que morreu vítima da Covid-19 nessa sexta-feira (09) , foi invadida por criminosos na madrugada deste sábado (09). A residência fica no bairro Itaperu, na Zona Norte de Teresina. 

De acordo com as primeiras informações de amigos do policial, os bandidos levaram R$ 4 mil, um notebooks, celulares e um carro. Diesy estava no necrotério do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e será sepultado na tarde de hoje.

Um suspeito de participar no roubo foi preso pela Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM) . "A GCM prendeu um dos quatro suspeitos que sofreu tentativa de linchamento após o crime. Um veículo já foi recuperado, bem como  dois celulares, R$ 1.500 e duas munições. 38 intactas", comunicou o novo comandante da GCM, coronel Nixon Frota. 

Foto: Divulgação / GCM

Por causa dos ferimentos, o suspeito foi levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e, em seguida, encaminhado à Central de Flagrantes .

Diesy Less Santos Simeão, 47 anos, atuava como agente da Polícia Civil no 2º Distrito Policial de Teresina. Ele contraiu a doença causada pelo novo coronavírus, apresentou sintomas graves e estava internado em um hospital da capital. Nos últimos dias eles apresentou complicações no estado de saúde e faleceu nessa sexta-feira (8). Ele ingressou na polícia em 2003 e atuou em diversos distritos. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Redação

Deixe seu comentário