Filtros produzidos no Polo Cerâmico de Teresina podem receber certificação do Inmetro

Os locais de fabricação dos filtros receberam visita técnica de representantes do órgão regulador.

06/07/2021 17:59h - Atualizado em 06/07/2021 19:18h

Compartilhar no

Os filtros de barro produzidos no Polo Cerâmico, zona Norte de Teresina, podem receber certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para garantir a expansão da comercialização dos produtos. Nesta terça-feira (6), os locais de fabricação dos filtros receberam visita técnica de representantes do órgão regulador. 


Leia também‘O problema de Teresina é o prefeito’, diz Kléber Montezuma 


O diretor-geral do Instituto de Metrologia do Estado do Piauí (Imepi), Maycon Danilo, explicou que a medida tem como objetivo melhorar a percepção dos consumidores sob o material produzido e cumprir exigências de produção que estão mais rígidas.

Foto: Divulgação 

“Queremos trabalhar a possibilidade de certificação desses filtros que são fabricados no Polo Cerâmico de Teresina para agregar valor e ter mais mercado em venda, tento em vista que com o passar do tempo as exigências são bem maiores. A nossa meta é ser o facilitador da certificação dos filtros”, disse.

Foto: Divulgação 

Já o presidente do Inmetro, Marcos Heleno, o órgão tem como uma de suas missões apoiar o setor produtivo ao adicionar qualidade aos produtos, com segurança, confiabilidade, competitividade, inovação. 

“O filtro de barro tem uma avaliação da conformidade, ele tem como ser certificado. Estamos aqui tentando entender o processo de fabricação de forma a disponibilizar a certificação a um custo que viabiliza o produto, que não seja impeditivo para os pequenos produtores. É entendendo o chão de fábrica que podemos dar uma solução melhor”, finalizou. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário