Cratera preocupa moradores do bairro Satélite: “Essa rua vai deixar de existir”

Moradores temem que buraco chegue até as residências localizadas em frente a grota.

29/11/2021 11:30h - Atualizado em 30/11/2021 11:01h

Compartilhar no

Uma cratera com mais de dois metros está preocupando moradores da Rua Branca, no bairro Satélite, zona Leste de Teresina. Isso porque o buraco está aumentando gradativamente há, pelo menos, 15 dias. Segundo a Associação de Moradores do Satélite, um ofício foi protocolado na Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Leste (SAAD Leste) no dia 17 de novembro, mas até o momento nada foi feito para resolver a situação.


Leia mais: Com galerias inacabadas, moradores do Satélite convivem com alagamentos durante as chuvas 


Foto: Nathalia Amaral/O Dia

O presidente da Associação de moradores, Ivan Cabral, reside em frente ao local. Segundo ele, o medo é de que o buraco comprometa a estrutura do seu imóvel, já que, com a chuva, a erosão do solo pode aumentar. Pelo buraco é possível perceber que há um fluxo contínuo de água. “Esse buraco era pequeno, dava um palmo. Eu, em nome da Associação de Moradores, oficializei junto à prefeitura e, inclusive, carimbei que era de urgência. Nem resposta nós tivemos. Ou seja, se esse problema tivesse sido resolvido no começo, não estaria nessa situação”, denuncia o morador.

Foto: Nathalia Amaral/O Dia

De acordo com ele, o local aglutina toda água da chuva da região. Em dias de chuva, a água chega a invadir as casas localizadas em frente a grota, impossibilitando até mesmo que os moradores entrem ou saiam de suas casas. “Até hoje nenhum técnico da prefeitura veio aqui. Se a prefeitura não tomar providência, com o céu preparando chuva, essa rua vai deixar de existir e corre o risco dessas três casas, inclusive a minha, irem embora junto”, alerta.

Foto: Nathalia Amaral/O Dia

A cratera também representa um risco para as pessoas que trafegam pelo local de carro ou moto. “Esse final de semana o carro do lixo ainda passou por aqui, imagina o que poderia ter acontecido. Meu marido sinalizou aqui com esses pedaços de pau, mas as pessoas não respeitam, passa carro, moto, bicicleta. Hoje mesmo passou uma moto com três pessoas ao lado do buraco. Pode acontecer o pior”, afirma a moradora Luiza Maria.

Foto: Nathalia Amaral/O Dia

O presidente da Associação de Moradores do Satélite informou ao O DIA que o Orçamento Popular de Teresina prevê recursos de R$ 150 mil para a construção de uma galeria onde está a cratera. No entanto, até o momento, nenhuma equipe técnica da prefeitura visitou o local.

Contraponto

Ao ser procurada pelo Portal O Dia, a Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Leste informa, através do engenheiro José Alberto Lustosa, que amanhã (30), um empreiteiro irá dar inicio ao reparo do sistema de drenagem que rompeu. “Nós estamos aqui na Rua Branca, no bairro Satélite, onde ocorreu um rompimento do sistema de drenagem. Já estamos conversando com um empreiteiro, que amanhã de manhã irá  começar esse serviço . Em mais ou menos uma semana vai estar pronto e não será  um problema para as casas que estão na proximidade”, afirma o engenheiro.

Em nota, a Águas de Teresina informou que enviou equipe para realizar vistoria no local e na inspeção identificou que o problema é originado de uma rede de drenagem pluvial, com lançamento indevido de esgoto na sarjeta. No local não há rede de esgoto operada pela subconcessionária.

Confira a nota da Águas de Teresina na íntegra:

A Águas de Teresina enviou equipe para realizar vistoria no local e na inspeção identificou que o problema é originado de uma rede de drenagem pluvial, com lançamento indevido de esgoto na sarjeta. No local não há rede de esgoto operada pela subconcessionária.

A empresa destaca que segue o cronograma de obras e investimentos em esgotamento sanitário na capital, conforme o contrato de subconcessão. Desde que assumiu as atividades na capital, a Águas de Teresina já garantiu crescimento na cobertura de esgotamento de 19% para 35,65% na zona urbana da cidade. A expectativa é encerrar 2021 com 40%, com o andamento avançado em obras na zona Norte da cidade. 

A empresa está à disposição para tirar dúvidas da população pelos canais oficiais de atendimento. Gratuitamente, os clientes dispõem de atendimento 24 horas pelo 0800 223 2000 ou pelo WhatsApp (98124-3199).

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário