• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Vereador defende fim de emendas parlamentares

Dr. Lázaro argumenta em aparte que as emendas são usadas muitas vezes como barganha.

28/11/2019 06:53h - Atualizado em 28/11/2019 06:56h

Em meio a polêmica envolvendo a execução das emendas parlamentares da oposição pela Prefeitura de Teresina, o vereador Dr. Lázaro (Cidadania) defendeu, durante um aparte ao pronunciamento do vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT), na sessão de ontem (27), a extinção do instrumento legislativo.


Leia também: Justiça manda Câmara Municipal de Teresina melhorar transparência de gastos 


O petista reclamava sobre a dificuldade para realização de obras públicas a partir deste mecanismo em detrimento das que eram propostas por membros da base aliada do prefeito Firmino Filho (PSDB). Em seu turno, Dr. Lázaro afirmou que o mecanismo não existe em países mais desenvolvidos.

“Já me manifestei aqui na Câmara sobre essa questão das emendas parlamentares. Nós, como país, estamos em um processo de desenvolvimento, que não é só econômico e de qualidade de vida, é cultural e no sentido das leis”, disse o vereador.


Dudu reclama sobre as dificuldades para realizar obras públicas com emendas - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Como argumento, Dr. Lázaro afirmou que as emendas são usadas muitas vezes como “barganha” e só favorecem localidades com densidade eleitoral. “Quando o vereador coloca uma emenda ele não está pensando só na benfeitoria para a comunidade, mas no retorno eleitoral que vai ter, e isso é uma deturpação e violação do sistema democrático”, pontuou.

A questão das emendas tem causado uma série de discussões na Câmara Municipal de Teresina (CMT). O próprio presidente da Casa, vereador Jeová Alencar (PSDB), cogitou acionar a Justiça para resolver o impasse que, segundo ele, inviabiliza há pelo menos três anos a realização de obras indicadas pelos vereadores. 

Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário