• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Rubenita não descarta candidatura, mas registro de novo partido

A advogada aguarda decisão do TSE que pode acelerar criação da nova sigla

30/11/2019 09:01h

Uma das principais aliadas do presidente Jair Bolsonaro no Piauí, a advogada Rubenita Lessa admitiu à imprensa, nesta sexta-feira (29), a possibilidade de disputar a Prefeitura de Teresina nas eleições do próximo ano. “Não conversamos ainda sobre isso, mas o que posso assegurar é que aquilo que o nosso presidente quiser e estabelecer, nesse projeto para Teresina, estarei inserida”, afirmou. 

Ela já era cotada para ser a representante do PSL no pleito, porém, anunciou sua saída da sigla para acompanhar Bolsonaro em sua nova agremiação, o Aliança pelo Brasil , que ainda precisa formalizar seu registro junto a Justiça Eleitoral para poder ter candidatos no pleito.

A advogada pode ser uma das opções na disputa majoritária da capital piauiense no próximo ano (Foto: Divulgação)

“Tudo vai depender da resposta do TSE, se teremos condições ou não de disputar em 2020 por conta do processo de criação do partido, mas é o próprio presidente e a comissão nacional quem vão decidir em que cidades vão existir candidaturas à prefeito”, ressaltou Lessa. 

Para conseguir o registro, o novo partido precisa de 491.967 assinaturas, vinculadas a títulos de eleitor, em pelo menos 9 Estados. A expectativa do partido é ter autorização para realizar a coleta eletrônica e acelerar o processo, o que ainda precisa ser autorizado pelo TSE, porém, o Ministério Público Eleitoral já se manifestou contra.

Edição: Biá Boakari
Por: Breno Cavalcante

Deixe seu comentário