• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Rubenita deixa o PSL e acompanha Bolsonaro em nova sigla

Para Rubenita, será um grande desafio e uma honra poder estar novamente com Bolsonaro e ajudá-lo no partido.

13/11/2019 06:56h - Atualizado em 13/11/2019 10:56h

A advogada Rubenita Lessa confirmou que está deixando o PSL para acompanhar o presidente Jair Bolsonaro na construção de uma nova sigla. Segundo ela, a decisão tem como objetivo manter o alinhamento político com o grupo do presidente e possibilitar o fortalecimento da militância ‘Bolsonarista’ no Piauí. 


Leia também: Bolsonaro traiu a gente, diz prefeito de Serra da Saudade 


“Mudanças sempre ocorrem no campo político, mas não em relação à nossa aliança. Sigo com ele para onde for e conforme for sua orientação. Aguardarei a decisão e as diretivas de como procederei com sua base aqui no Piauí. Confio nele e estou certa de que será feito o melhor pelo Brasil. Será um grande desafio e uma honra poder novamente estar com ele e ajudá-lo na construção de um novo caminho político partidário. Com fé em Deus faremos proezas e seremos bem sucedidos”, disse Rubenita. 

Apesar da saída, a advogada nega divergências com os atuais membros da direção do PSL no Piauí. “Eu estava em conversa com o Presidente do PSL aqui, Luís André, bem como o Presidente municipal, Valter, e eles e os colegas do partido estavam cientes de que poderia haver uma decisão neste sentido. Desejo a eles sucesso na jornada, ao tempo em que agradeço pela acolhida e respeito a mim dispensados”, pontuou. 


Rubenita confirma que seu nome segue à disposição para uma eventual candidatura à prefeitura - Foto: Divulgação

Pré-candidatura

Rubenita também confirmou que seu nome segue à disposição para uma eventual candidatura à Prefeitura de Teresina nas eleições de 2020. Segundo ela, a articulação terá a participação direta do presidente Jair Bolsonaro e de seu filho, Eduardo Bolsonaro.

“Meu nome continua à disposição. Não sei como será, como ele pretende, tendo em vista as mudanças. Depende de muitas questões e há uma nova conjuntura à porta. Conversarei com ele e Eduardo Bolsonaro sobre isso tudo. O certo é que estarei na disputa em 2020, seja para prefeita seja para vereadora. Teresina terá quem represente a direita de verdade”, destacou. 

Por: Natanael Souza, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário