Dr. Pessoa sobre cepa indiana no Maranhão: 'Vamos ter cuidado maior nas barreiras'

O prefeito de Teresina se reuniu nesta manhã com o governador Wellington Dias para discutir ações conjuntas de combate à pandemia.

24/05/2021 12:29h

Compartilhar no

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB) se reuniu nesta manhã com o governador Wellington Dias (PT) para tratar sobre as ações que serão adotadas a nível de capital e de estado para frear a disseminação da covid-19 com atenção especial à variante B.1.617, encontrada primeiramente na Índia, e que já tem casos confirmados no Maranhão.


Leia também: Covid: ‘Vamos ficar no efeito vai e volta se não tomarmos uma medida efetiva’


Sem dar detalhes de como será esse plano de ações conjuntas, os gestores informaram apenas que ele será balizado pelos protocolos sanitários, levando em consideração a alta taxa de ocupação hospitalar observada em mais da metade do território piauiense. 

“Isso será feito com o olhar do sanitarismo. Sou médico e demonstro preocupação principalmente com essa cepa indiana. Sem dúvida, vamos ter um cuidado maior nas barreiras. Com tudo o que entra e sai de Teresina e no Piauí, devemos intensificar essa fiscalização”, pontuou Dr. Pessoa.


Foto: Jorge Bastos/Ccom

Já o governador Wellington Dias classificou o momento como “delicado” e reafirmou que, apesar de o Piauí ter apresentado uma queda nos óbitos, os números se estabilizaram em um patamar alto, o que gera preocupação e a necessidade de se pensar em estratégias de atuação comuns para frear a contaminação pelo coronavírus.

“Temos toda uma preocupação comum para que possamos cuidar de um trabalho e lidar com esse momento, porque tanto o estado quanto o município estão com as receitas limitadas. Por isso acertamos aqui um plano conjunto a partir do qual vamos poder atuar nesse momento”, explicou Wellington Dias.

Além de discutirem as ações de combate à pandemia, o governador e o prefeito debateram também a questão da mobilidade urbana de Teresina, com foco na recuperação do asfaltamento. A ideia é que a Eturb (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano) e o Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi) formalizem convênio nos próximos dias.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário