• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Quadrilha faz reféns e explode cofre do Bradesco de Altos

Bando era formado por 10 pessoas. A caminho da cidade, o grupo roubou uma carreta e usou o veículo para obstruir a estrada de acesso e evitar a aproximação de viaturas.

11/07/2018 07:35h - Atualizado em 11/07/2018 07:54h

A população de Altos viveu momentos de tensão na madrugada desta quarta-feira (11) após bandidos fortemente armados terem invadido a cidade e explodido o cofre do Banco Bradesco. A ação foi praticada por ao menos 10 indivíduos, que fizeram reféns durante o roubo para evitar que os policiais se aproximassem.

A ação se iniciou por volta das 2h50min, quando três veículos – uma Hilux preta, um Gol prata e uma caminhonete de cor não identificada – chegaram à cidade e estacionaram próximo à agência do Bradesco. Os criminosos abordaram alguns poucos transeuntes que circulavam pela rua e fizeram uma espécie de escudo humano.


Foto: Reprodução/Whatsapp

Mas a tentativa de evitar a aproximação dos policiais começou antes mesmo da quadrilha chegar à cidade. É que na ida até Altos, os bandidos abordaram o motorista de uma carreta e o obrigaram a parar o veículo atravessado na pista, o que obstruiu totalmente a passagem das viaturas da PM.

Enquanto os policiais tiravam a carreta do meio da estrada, os bandidos, já em Altos, se dirigiram para o Bradesco. Mas o que chama a atenção é que eles ignoraram os caixas eletrônicos e foram direto ao cofre, onde ficava guardada a maior parte do dinheiro da agência. A informação é do comandante da 3ª Cia de Altos, capitão Fernandes.


Foto: Reprodução/Whatsapp

“Eles colocaram uma carga certeira de explosivos e acionaram, mas a explosão não foi tão grande quanto a última registrada na cidade no início do ano. Percebe-se que desta vez foi uma ação mais concentrada só para abrir o lacre do cofre e não danificar sua estrutura toda”, explicou o capitão.

Após a ação criminosa, a quadrilha retornou aos veículos e no caminho liberou os populares feitos de reféns, dentre eles, o motorista da carreta que impedia a passagem da polícia. A rota de fuga ainda não foi identificada pela PM, mas foram acionados reforços do RONE, do BOPE e da Força Tática de 8º BPM de Teresina para auxiliarem nas buscas.

O valor levado do cofre do Bradesco também não foi informado pelo banco.

Segundo ataque no ano

Esta é a segunda vez que a agência do Bradesco de Altos é alvo da ação de bandidos em 2018. O primeiro ataque aconteceu na madrugada do dia 11 de janeiro, quando homens armados invadiram o banco, localizado na Avenida João de Paiva, e explodiram vários caixas eletrônicos. De acordo com o capitão Fernandes, estas são ações criminosas que não podem ser previstas, mas o policiamento ostensivo na cidade tem recebido reforços.

"Temos uma viatura convencional e sempre que registramos eventos atípicos como este, recebemos apoio imediato das equipes próximas, em Campo Maior e Teresina. A saída, no momento, é fazermos este trabalho integrado porque, já que não podemos prever quando acontecerá, podemos, pelo menos, dar uma resposta mais rápida à sociedade", destacou o comandante da PM de Altos.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado