• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Polícia registra sete casos de falta de energia durante o Enem

Seis delas ocorreram no interior e uma na capital, no campus Clóvis Moura, da Uespi. Uma pessoa foi presa por arrombamento.

10/11/2019 16:55h - Atualizado em 11/11/2019 11:37h

Pelo menos sete locais de aplicação de prova tiveram interrupção do fornecimento de energia durante este segundo dia de Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Piauí. A informação foi confirmada pelo Centro Integrado de Comando e Controle da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e ocorreu em sete cidades, sendo seis do interior e uma aqui em Teresina.


Leia também: Esquema de segurança continua neste segundo dia de Enem 


A primeira falta de energia elétrica se deu na Unidade Escolar Cônego Cardoso, em Castelo do Piauí. Depois foi a vez de equipes da Equatorial terem de se mobilizar em Água Branca, na Unidade Escolar Maria do Carmo Ennes Fonseca, onde houve oscilação de energia, mas o sistema já foi restabelecido.

Em Batalha, houve queda de energia na Unidade Escolar Gayoso Almendra, mas o sistema também já foi restabelecido sem que fosse necessário interromper o andamento das provas. Já aqui em Teresina, no campus Clóvis Moura da Universidade Estadual do Piauí, houve sobrecarga do sistema, mas ele já está funcionando dentro da normalidade, conforme repassou a SSP.

No município de Amarante, a 164 Km de Teresina, houve falta de energia na Unidade Escolar Antônio Gramoz Vilarinho, por conta de um defeito no disjuntor da escola. O mesmo problema foi detectado em Oeiras, no prédio do Ifpi, que recebeu aplicação de prova do Enem. Já em Buriti dos Lopes, houve falta de energia elétrica na Escola Municipal de 1º e 2º Graus Professora Maria Teresa de Jesus Castro Teles, no entanto não foi necessário interromper as provas.

Na cidade de Água Branca, além da queda de energia, a polícia também foi acionada para atender a uma ocorrência de perturbação do sossego com música alta próximo a local de aplicação do Enem. Segundo o Centro de Comando e Controle, o caso foi resolvido sem maiores alterações.

Homem é preso por arrombar motos

Em Pedro II, a polícia atendeu uma ocorrência que não estava diretamente relacionada ao Enem mas que também envolve risco á segurança pública. É que um homem, identificado como Oswaldo dos Santos Sousa, foi preso por arrombar motos estacionadas nas proximidades da Unidade Escolar Tertuliano Solon Brandão, onde está sendo aplicada prova do Exame. Segundo a polícia, ele saiu recentemente da prisão onde cumpria pena por homicídio.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário