Polícia prende líder de quadrilha que assaltou BB de Miguel Alves

Gildo Inácio da Silva foi encontrado em Livramento, na Paraíba. Ele já responde pelo roubo ao BB de Luzilândia, que terminou com o gerente morto.

29/09/2021 09:58h

Compartilhar no

A Polícia Civil, por meio do Greco (Grupo de Repressão ao Crime Organizado), prendeu nesta quarta-feira (29) um homem identificado como Gildo Inácio da Silva, mais conhecido como Bicudo, acusado de ser o líder  do bando que roubou a agência do Banco do Brasil de Miguel Alves em outubro de 2020. Gildo foi preso na cidade de Livramento, Paraíba, com ajuda da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) daquele estado.


O Banco do Brasil de Miguel Alves foi alvo de bandidos em outubro de 2020 - Foto: Divulgação/Polícia Militar

Além de Gildo Inácio, também foram presos na mesma operação Adenoaldo Alves de Brito, Edson Ferreira de Lima, os dois naturais de Livramento, na Paraíba; e Wesley Bruno da Silva Oliveira Mendes, natural de Teresina e foragido da justiça que usava documento falso para esconder sua real identidade.

De acordo com o delegado Tales Gomes, coordenador do Greco, Gildo tem um vasto histórico criminal e atuava roubando bancos na modalidade conhecida como Novo Cangaço. “Ele notadamente roubava agentes financeiros com prisões em vários estados da federação, com destaque para o roubo a banco em Luzilândia, ocasião em que o gerente foi morto. Em Miguel Alves, ele agiu por duas vezes e efetuou inclusive o resgate de presos do 22º DP. Ele foi conduzido à Regional de Polícia Civil de Campina Grande, onde será interrogado”.

P
O delegado Tales Gomes é coordenador do Greco - Foto: O Dia

Durante a execução do mandado de prisão de Gildo, a polícia apreendeu armamento e explosivos.  Após as providências legais decorrentes da prisão, o preso será transferido para Teresina sob escolta da Polícia Civil piauiense.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário