Bonde dos 40 é alvo de operação; Polícia prende 26 membros da facção

Ação desbaratou uma facção denominada de Bonde dos 40, que controla o crime em várias regiões de Teresina.

15/06/2021 08:19h - Atualizado em 15/06/2021 13:48h

Compartilhar no

Atualizada às 13h01

Em entrevista à reportagem de O Dia, o delegado geral de Polícia Civil do Piauí, Luccy Keikko, informou que, ao todo, a Operação Contraordem II conseguiu cumprir 26 mandados dos 34 que foram expedidos. "Destes mandados, 18 deles eram contra alvos que estavam em liberdade e oito contra pessoas que já se encontravam cumprindo pena no sistema prisional. Temos alguns foragidos, mas a lista com os nomes já foi divulgada", explicou o delegado.


Delegado geral de Polícia Civil do Piauí, Luccy Keikko - Foto: O Dia

A Operação Contraordem II teve o objetivo de desbaratar uma facção criminosa denominada de Bonde dos 40, que vem atuando em áreas específicas de Teresina, mas cometendo delitos em diferentes regiões e cidades. Dentre pelos quais crimes os quais seus integrantes respondem estão roubos majorados, homicídios e tráfico de drogas. A polícia se referiu ao grupo como "altamente organizado", destacando que seus membros têm, inclusive, uma carteira de identificação na facção.

"A gente costuma chamar de facção criminosa, mas são pessoas que cometem uma série de delitos e se juntam para atuar em conjunto. Essa foi nossa resposta e continuará sendo", finalizou o delegado Loccy Keikko.

A Operação Contraordem II continua até que todos os alvos dos mandados expedidos pela Justiça sejam localizados.


Iniciada às 08h19min

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta terça-feira (15), a Operação Contraordem II para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra integrantes de facções criminosas em Teresina. O alvo da ação é a gangue conhecida como Bonde dos 40, que domina o tráfico de drogas e a criminalidade em várias regiões da capital.


Leia também: MPPI e Polícia Civil deflagram operação contra a facção Bonde dos 40 


O que chamou a atenção foi que, entre os materiais apreendidos, a polícia encontrou uma carteira de filiação à facção. É um documento com uma senha que identifica o integrante da gangue. Nessa carteira constam o nome completo, o apelido (como ele é conhecido no mundo do crime, e a data de batismo, ou seja, o dia em que a pessoa passou a fazer parte oficial do Bonde dos 40.


Foto: Divulgação/Polícia Civil

Na carteira de filiação à gangue, está escrito: “saudações, estamos justos sempre pelo certo, justo e correto. Seja bem-vindo(a) à organização B.40. Não há vitória sem luta”. O documento possui ainda o lema da facção criminosa: “paz, justiça, liberdade, união e igualdade para todos”.


Foto: Divulgação/Polícia Civil

A polícia ainda não deu detalhes do que mais foi apreendido em poder dos criminosos. Ao todo, a Operação Contraordem II cumpre 34 mandados de prisão preventiva e diversos mandados de busca e apreensão em Timon, Teresina, Amarante, Campo Maior e Parnaíba. 

Dá apoio à ação a Secretaria de Justiça do Piauí e a Polícia Civil de Timon.

Compartilhar no
Por: Com informações de Tony Silva, da O Dia TV

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário