Homem é preso acusado de violência doméstica e embriaguez ao volante em Picos

A vítima afirma ter sido agredida pelo namorado com tapas no rosto, puxões de cabelo e empurrões, impedindo que a mesma saísse do carro e fosse para casa

25/08/2021 08:55h - Atualizado em 25/08/2021 09:04h

Compartilhar no

Um homem de 29 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), acusado de violência doméstica, além de embriaguez ao volante, injúria e ameaça. A prisão ocorreu na noite de domingo (22), quando uma mulher chegou à Unidade Operacional de Picos relatando que seu namorado a teria agredido em um bar da região.


Leia também: Bares e restaurantes deverão auxiliar mulheres em situação de risco no Piauí 

A vítima afirma ter sido agredida pelo namorado com tapas no rosto, puxões de cabelo e empurrões, impedindo que a mesma saísse do carro e fosse para casa. A mulher informou ainda que o homem a ameaçou de divulgar fotos íntimas que estavam presentes em seu celular.

(Foto: Divulgação/PRF)

Minutos após a denúncia, o acusado chegou à Unidade Operacional dirigindo em alta velocidade e freou bruscamente no local da fiscalização. O homem ainda tentou intimidar a vítima e se mostrava agressivo, não atendendo às ordens da PRF. 


Veja mais: A cada 24 horas, 16 mulheres denunciam que sofrem algum tipo de violência no Piauí 

Durante a ação, foi realizado o teste de alcoolemia no acusado, resultando o índice de 0,65 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, ou seja, 16 vezes mais que o índice máximo permitido para se conduzir um veículo automotor.

Os policiais então conduziram o homem até à Polícia Civil do município de Picos para os procedimentos cabíveis. Na delegacia o conduzido apresentava resistência à prisão, sendo necessário a permanência do uso de algemas e, mesmo algemado, o homem atentou contra a integridade física de um dos policiais, momento em que foi feita a imobilização do acusado.

Compartilhar no
Fonte: Com informações da PRF

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário