• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Homem é morto em confronto com a PRF na BR-316

Vítima sacou arma contra os policiais rodoviários e acabou sendo atingido por um disparo. O homem morreu a caminho do hospital.

12/01/2020 14:15h - Atualizado em 12/01/2020 14:15h

Um homem ainda não identificado foi morto durante um confronto com a Polícia Rodoviária Federal na madrugada deste sábado (11), na zona Sul de Teresina. Segundo informações da PRF, os policiais rodoviários estavam fazendo um trabalho de fiscalização na região do bairro Tabuleta, quando uma dupla em uma motocicleta desobedeceu a ordem de parada e empreendeu fuga.

Com isso, os policiais rodoviários iniciaram o acompanhamento tático dos dois indivíduos. Em determinado momento, o condutor da motocicleta, um homem de 27 anos, perdeu o controle e caiu. Após a chegada dos policiais, o passageiro da moto sacou do interior das suas roupas uma arma de fogo.


Leia também:

"Neste momento os policiais, na tentativa de cessar a iminente agressão e proteger a vida dos policiais, efetuaram um disparo frontal contra o agressor", informou a PRF em nota.

O SAMU foi acionando e procedeu os primeiros socorros. No entanto, o homem não resistiu ao ferimento e veio a óbito a caminho do hospital. 

Segundo a PRF, a arma utilizada pelo passageiro da motocicleta foi recolhida e encaminhada para a perícia da Polícia Federal, para verificar o calibre e marca e identificar se é de fabricação caseira ou não.

Ao realizar os primeiros levantamentos, foi verificado que o condutor possuía passagem por roubo qualificado e estava alcoolizado na condução da motocicleta que possuía registro de roubo/furto ocorrido na última quarta-feira (08), na cidade de Timon/MA. 

Desta forma, os policiais encaminharam o condutor e a motocicleta para a Delegacia de Polícia Federal para os procedimentos cabíveis e se apresentaram para os esclarecimentos devidos. A corregedoria da Polícia Rodoviária Federal acompanhará a ocorrência pra verificar se a prática policial nessa ocorrência foi dentro dos padrões que a instituição repassa a todos os seus policiais.


Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário