• Cobertura Zé Pereira
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Depre apreende 40 kg de drogas que seriam revendidas no Carnaval

A droga vinha do Mato Grosso e tinha como destino Teresina. Foram apreendidos 25 tabletes de crack e sete tabletes de pasta base de cocaína.

23/01/2020 09:45h - Atualizado em 23/01/2020 10:58h

A Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) apreendeu, na manhã desta quinta-feira (23), 25 tabletes de crack e sete tabletes de pasta base de cocaína, totalizando quase 40 kg de drogas. O material foi apreendido no Povoado Bolena, localizado entre os municípios de José de Freitas e Teresina.


Leia mais:

Polícia cumpre mandados contra integrantes do PCC e B40 no Piauí 


Foto: Divulgação

Segundo o delegado Cadena Júnior, titular da Depre, a droga estava armazenada em compartimentos secretos nos veículos apreendidos. Ao todo, três pessoas foram presas, sendo dois piauienses e um mato grossense. Em posse dos suspeitos foi encontrado, além dos três veículos, uma moto, um revólver calibre 38, uma pistola calibre 380, uma balança de precisão e quatro espingardas.

O delegado aponta que a Colômbia e a Bolívia são os únicos produtores de cocaína e crack do mundo. Essa droga chega ao Brasil pela fronteira dos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Roraima, e a partir desses estados é distribuída para o todo o país.

Ainda de acordo com o delegado, a droga tinha como destino a cidade de Teresina e seria revendida no Carnaval. "Ela estava vindo do estado do Maranhão. Como foi preso esse nacional que era do Mato Grosso, possivelmente vinha desse estado, passando pelo Maranhão", afirma.

Para evitar a proliferação do comércio de entorpecentes durante o Carnaval no Piauí, a Depre têm intensificado as ações para conseguir apreender as drogas antes que elas cheguem ao usuário. "Até o carnaval vamos estar em plena atenção essa proliferação de drogas nas festas, porque era o comum. Desde a semana passada estamos fazendo grande operações, de apreensões e prisões. Primeiro foi a Operação Codinome, que foram presas 26 pessoas, depois uma apreensão de 19 kg de crack e uma prisão de uma mulher no Satélite e agora essa apreensão de 40 kg de droga", diz.

Os presos foram indiciados pelos crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico e conduzidos para o Fórum Criminal para a audiência de custódia, que irá determinar se eles permanecerão ou não detidos.

Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário