Corpo de teresinense que saiu para cobrar dívida é encontrado em Parnarama-MA

Crime foi praticado pelo pedreiro da obra onde Rui Vieira trabalhou. Ele confessou o crime e disse que o matou com golpes de pá.

05/08/2021 11:34h

Compartilhar no

O corpo de Rui Morais Vieira de Sousa, 25 anos, que estava desaparecido desde o mês passado após sair de casa para fazer uma cobrança em Teresina, foi encontrado na zona Rural da cidade de Parnarama, Maranhão. A informação foi confirmada nesta manhã (05) pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Rui havia saído de casa no dia 24 de julho e a última vez que foi visto foi no sítio em que trabalhou, local onde fora cobrar a dívida. A propriedade fica localizada no Povoado Salobo de Baixo, zona Rural da capital.

Os trabalhos de investigação começaram por lá. De acordo com a polícia, Rui foi até este sítio para cobrar dinheiro de um pedreiro responsável por uma obra no local. Teria havido uma discussão entre os dois. O pedreiro foi apontado, então, como principal suspeito pelo desaparecimento de Rui.


Foto: Divulgação

Durante a investigação, ele chegou a ser ouvido mais de uma vez pela polícia e acabou apresentando versões diferentes para o mesmo fato com algumas inconsistências. No entanto, após ser confrontado com as provas, ele acabou que agrediu Rui, o amordaçou e, em seguida, o levou ainda com vida até Parnarama.

“Ao chegar ao local do crime, ele tentou sufocá-lo com um saco e depois o golpeou com uma pá, sustentando como razão para o crime o fato de estar sendo ameaçado”, informou o DHPP em nota. Com a confissão do acusado, a polícia piauiense concluiu o trabalho de busca, mas como o crime ocorreu na jurisdição do Maranhão, o autor responderá lá pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário