Confirmada a morte de Renata Costa; polícia prende acusado do crime

Corpo da jovem foi localizado às margens de uma rodovia em Rio Grande do Piauí. Polícia confirma que se tratou de feminicídio.

25/03/2021 07:59h - Atualizado em 25/03/2021 08:06h

Compartilhar no

A Polícia Civil confirmou nesta quarta-feira (24) que a jovem Renata Pereira da Costa (foto ao lado), que estava desaparecida há mais de dois meses em Nazaré do Piauí, foi assassinada; e prendeu o acusado do crime. Ele foi localizado na cidade de Floriano.

A polícia encontrou uma ossada humana às margens de uma rodovia na zona rural do município de Rio Grande do Piauí e, após perícias e exames de DNA, ficou confirmado que se tratava do corpo de Renata. Após a constatação da materialidade do homicídio, a polícia chegou até a identidade do ex-companheiro da jovem, apontado como o autor do crime.

Trata-se, segundo a polícia, de um assassinato com a qualificadora de feminicídio, ou seja, quando a vítima tem a vida tirada pelo fato apenas de ser mulher.

"Ela estava desaparecida desde o dia 28 de dezembro, quando saiu da cidade para fazer compras. Antes de desaparecer, Renata estava na companhia do homem que prendemos hoje", explicou o delegado-geral de Polícia Civil do Piauí, Luccy Keiko. 

O caso foi conduzido pelo Núcleo de Feminicídio com apoio operacional da Delegacia Regional de Floriano.

Entenda

Amigos e familiares de Renata Pereira Costa fizeram uma campanha massiva nas redes sociais e em veículos de comunicação local na tentativa de encontrar a jovem desaparecida desde o final de 2020. A última vez em que se havia tido notícias dela foi no dia 28 de dezembro, na companhia do ex-companheiro. 

Segundo familiares, ela e o rapaz tinham um relacionmento conturbado permeado por desentendimentos e discussões. O caso foi inicialmente levado para a Delegacia de Floriano e, após a constatação de que poderia ter se tratado de um crime de feminicídio, foi transferido para o Núcleo de Feminicídio aqui em Teresina.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário