Colônia do Gurgueia: Motorista de ônibus estava a 120 km, diz PRF

O fator principal do acidente foi a reação tardia do condutor por conta da alta velocidade.

17/10/2021 17:44h

Compartilhar no

O motorista do ônibus que tombou e deixou três pessoas mortas no município de Alvorada do Gurgueia no último sábado (16) trafegava em uma velocidade de 120 km/h, constatou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante as investigações para apurar as causa do acidente. A velocidade regular no trecho era de 60 km. 

“O ônibus seguia na rodovia estadual PI 394 com excesso de velocidade (120km/h) conforme disco tacógrafo, quando, ao tentar realizar a conversão à direita para adentrar a BR 135, não conseguiu completar a manobra, invadiu a contramão de direção, tombou e saiu da pista”, concluiu a PRF. Em relatório, os agentes apontaram que o fator principal do acidente foi a reação tardia do condutor por conta da alta velocidade.

Foto: Divulgação / PRF

Ao todo, o veículo possuía 48 ocupantes entre passageiros, motoristas e funcionários. O ônibus saiu de Brasília com destino a cidade de Parnaíba, no litoral do Piauí. A PRF já havia informado que o veículo estava regular junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e que teste de alcoolemia do motorista, um homem de 56 anos, acusou negativo para a presença de álcool no organismo.

Porém, os agentes constaram que o veículo possuía assentos sem cintos de segurança e assentos com cintos de segurança ineficiente. Os mortos eram todos do sexo masculino com idades de: 4 meses, 2 anos e 9 anos. O motorista foi levado para a Delegacia de Polícia Civil da região para prestar esclarecimentos. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário