Carnaval: Operação flagrou 28 estabelecimentos com aglomerações no Piauí

A operação teve início na última sexta-feira (12) e terminou na manhã desta quarta-feira (17)

17/02/2021 14:02h

Compartilhar no

A Operação “Diga Não à Eventos de Carnaval” desencadeada pela Polícia Militar do Piauí em Teresina e no interior do estado flagrou 28 estabelecimentos em descumprimento as medidas de segurança contra o novo coronavírus decretadas pelo governo do estado e prefeituras municipais. A operação teve início na última sexta-feira (12) e terminou na manhã desta quarta-feira (17). 


Leia tambémOperação Carnaval: Polícia flagra festas com aglomerações e prende 51 pessoas 

Seis estabelecimentos são multados por descumprirem decretos em Teresina 


As ações foram realizadas pela PMPI em parceria com equipes da Vigilância Sanitária dos municípios. Ao todo, foram abordadas 10.384 pessoas, 6.807 veículos e 2.112 estabelecimentos. O balanço da operação contabiliza ainda 27 armas de fogo apreendidas e 76 TCOs lavrados. Desses, 14 por perturbação de sossego, 28 por infração à medida sanitária e demais situações. 

Foto: Divulgação / PMPI

Segundo o comando da PMPI, a operação teve como objetivo ‘garantir a segurança, a tranquilidade da população e a preservação da ordem pública, atuando de forma preventiva e/ou repressiva, inibindo ações delitivas, bem como na manutenção da saúde pública’ no Piauí durante o período de Carnaval.

O litoral ganhou atenção especial com a Operação Litoral Seguro que realizou abordagens, blitz, orientações aos condutores, transeuntes e responsáveis por estabelecimentos, averiguação de denúncias e a locais onde ocorriam festas clandestinas e ações de policiamento ostensivo aéreo. 

Foto: Divulgação / PMPI

Na capital foi realizada ainda mais uma edição da Operação Silêncio e Paz que intensificou rondas ostensivas e preventivas e fiscalização de festas clandestinas, na zona rural. Já a Operação Planejada de Patrulhamento Rural combateu crimes ambientais na região do Taboca do Pau Ferrado, que resultou no resgate de 18 aves. 

A PMPI comunicou que mesmo com o encerramento das operações, as abordagens e policiamento  nas diversas cidades do Estado seguirão para garantir o cumprimento dos decretos contra a Covid-19. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário