• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Vigilância Sanitária orienta estabelecimentos sobre o COVID-19

Entre os estabelecimentos visitados estão mercados, supermercados, padarias, lojas de conveniência e farmácias.

23/03/2020 11:52h

Após o governador Wellington Dias (PT) assinar o decreto determinando a suspensão das atividades comerciais e de prestação de serviços em todo o Piauí. A Vigilância Sanitária de Teresina está realizando um trabalho educativo sobre o COVID-19 nos estabelecimentos que seguem abertos na capital, nesta segunda-feira, 23.

Entre eles estão mercados, supermercados, hipermercados, padarias, lojas de conveniência e de produtos alimentícios; farmácias, drogarias e comércios de produtos de limpeza e sanitários; lavanderias; postos de combustíveis; distribuidoras de gás e borracharias; hotéis com atendimento exclusivo a hóspedes; transportadoras; serviços de segurança e vigilância; serviços de alimentação exclusivamente para sistema de entrega; brancos; serviços financeiros e lotéricas.

“A equipe está percorrendo supermercados, farmácias e outros estabelecimentos para orientar gerentes e funcionários sobre as normas de prevenção da doença. Orientamos aumentar a frequência de limpeza de todo estabelecimento principalmente nos locais que há contato manual como carrinhos, cestas, corrimão, porta de freezer. Foi orientado também a disponibilizar o álcool em gel tanto para os clientes quanto para os funcionários, principalmente os caixas”, explica Jeanyne Seba, gerente de Vigilância Sanitária da FMS.

 Além disso, a gerente recomenda que os banheiros estejam limpos, e tenha a disposição: papel toalha, sabão liquido e álcool em gel. É preciso ainda, que os manipuladores de alimentos aumentem a frequência de lavagem das mãos com água e sabão. Também é papel do estabelecimento orientar o distanciamento entre os clientes e disponibilizar máscara de proteção aos caixas e manipuladores de alimentos.

Por: Sandy Swamy

Deixe seu comentário