• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Polícia Civil: aprovados no concurso cobram curso de formação

Os classificados para agente se reuniram em protesto na frente da Delegacia Geral. Secretaria anunciou curso apenas para delegados e peritos.

17/09/2019 10:11h - Atualizado em 17/09/2019 19:06h

Os aprovados para agentes no último concurso da Polícia Civil do Piauí estão cobrando da Secretaria de Segurança sua convocação. Reunidos em protestos na frente da Delegacia Geral, no Centro de Teresina durante a manhã de hoje (17), eles denunciaram o déficit de efetivo na Polícia Civil, que já chegaria a quase 1.400 profissionais.


O concurso foi realizado há um ano e meio para preenchimento de vagas de agentes, delegados e peritos e o resultado homologado em agosto do ano passado. A principal reivindicação dos aprovados é justamente a inclusão da categoria dos agentes na chamada para o curso de formação, que está previsto para começar ainda este ano.


Leia também:

Governo homologa resultado do concurso da Polícia Civil 

Aprovados em concurso da PC fazem ato para discutir projeto de Dias 


“Fomos surpreendidos com a notícia de que o curso de formação inicialmente seria apenas com delegados e peritos e nós não tínhamos previsão de quando seria com os agentes. Se formos levar em consideração os quadros da Polícia Civil, o déficit de agente é maior, porque a lei prevê mais de 2.300 cargos e desse total nós podemos preencher 920 e ainda assim restaria um saldo de 1.300 vagas”, explica Helen Kássia, representante dos aprovados para agente da Civil.


Aprovados para agente no concurso da Polícia Civil cobram inclusão no curso de formação - Foto: Lalesca Setúbal/O Dia

Reunidos na porta da Delegacia Geral, eles buscavam uma resposta da Secretaria de Segurança e tentavam chamar a atenção para a necessidade de compor os quadros da Polícia Civil e reforçar o efetivo

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Segurança Pública informou que o cronograma para a formação dos novos delegados, peritos e agentes segue dentro do previsto e que, por questões estruturais da Academia de Polícia Civil do Piauí (Acadepol), a formação dos 250 aprovados acontecerão em duas etapas: primeiro as turmas de delegados e peritos e logo na sequência as turmas de agentes.

“Atualmente a Acadepol possui sete salas aptas para aulas, número insuficiente para adaptar todos os alunos, o que comprometeria na qualidade do curso”, diz a nota enviada pela Secretaria.


Por: Maria Clara Estrêla e Nathalia Amaral, com informações de Lalesca Setúbal

Deixe seu comentário