Piauí: produção industrial tem crescimento de 45%, afirma pesquisa

Os dados mostram o volume de produção das indústrias piauienses em relação ao mês de outubro, no critério "œEstabilidade".

02/01/2021 12:26h

Compartilhar no

2020 foi um ano marcante para a economia brasileira. Com a pandemia do novo coronavírus, a indústria piauiense se viu afetada diretamente na produção de materiais, alta nos preços de produtos e equilíbrio econômico. Contudo, o segmento piauiense percebeu grandes avanços na atividade industrial do Estado e as perspectivas apontam otimismo para os volumes de produção e desenvolvimento do setor em 2021.


Leia também:

Indústrias do Piauí estão com estoque baixo de matéria-prima 

Economia no Piauí: crescimento será negativo para 2020, aponta economista 


Dados do mês de novembro divulgados pela pesquisa Sondagem Industrial, realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontam que o volume de produção das indústrias piauienses em relação ao mês de outubro, no critério “Estabilidade”, apresentou um percentual de 45%, índice superior aos 36,5% de setembro, chegando a ultrapassar o registrado na região Nordeste, que foi de 40,7% no mesmo período. 

O presidente do Centro das Indústrias do Estado do Piauí (CIEPI) Andrade Júnior, faz uma análise de 2020 para a cadeia produtiva do Piauí e cita os desafios enfrentados.

Piauí: produção industrial tem crescimento de 45%, afirma pesquisa. Foto: Ascom

“Vivenciamos em 2020, um ano de grandes desafios para o Brasil, para o Piauí e para o setor da indústria não foi diferente. Nós tivemos nossas atividades paralisadas por força de decretos, por quase cinco meses, o que causou prejuízos de grande monta para todos. Muitas indústrias encerraram suas atividades, todavia foi um momento de analisarmos nossos negócios e planejarmos estratégias. O Centro das Indústrias do Estado do Piauí serviu, sem dúvida, de união de toda a classe industrial com o propósito de encontrar saídas para o período pós-pandemia”, informa.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) segue crescendo nas estatísticas divulgadas pelo Portal da Indústria e está medindo agora em dezembro a pontuação de 63.1, refletindo assim o otimismo e a esperança na economia do país e com suas empresas. Andrade Júnior aponta número expressivos de desenvolvimento e deixa uma mensagem positiva para o empresariado industrial.

“A atividade industrial voltou ao patamar de fevereiro na pré-pandemia. Depois de amargarmos uma queda no Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, pouco mais de 4% nossa Confederação Nacional da Industrial (CNI) vislumbra um PIB positivo para o próximo ano de 3,49%. Assim, com muito entusiasmo venho dizer que é hora de arregaçarmos as mangas e fazermos novamente esse país e o nosso Piauí crescerem e gerarmos muitos empregos. Feliz 2021 a todos os piauienses e em especial aos guerreiros industriais do Estado”, finaliza o presidente do CIEPI.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Da Redação

Deixe seu comentário