Médicos cubanos são reintegrados à programa federal em cidades piauienses

Lista com os nomes dos profissionais está publicada no Diário Oficial

11/12/2020 09:22h

Compartilhar no

O Ministério da Saúde (MS) reincorporou profissionais cubanos ao programa Mais Médicos para o Brasil nas cidades de Batalha, Ilha Grande, Uruçuí e Bonfim do Piauí, que haviam perdido profissionais da área da saúde após o fim da parceria com o país caribenho.

(Foto: Reprodução/Ministério da Saúde)

A portaria com a decisão da pasta federal é de ontem (10), mas foi publicada na edição desta sexta-feira (11) do Diário Oficial da União (DOU). Ao todo, são mais de 350 médicos cubanos reintegrados ao programa federal para atuar em municípios de 24 estados brasileiros

O Mais Médicos para o Brasil foi criado pelo Governo Federal como uma forma de fortalecer o Serviço de Atenção Básica (SAB) em todo o país, considerada a porta de entrada preferencial do Sistema Único de Saúde (SUS), que está presente em todos os municípios e próxima de todas as comunidades.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante, com informações da Agência Brasil

Deixe seu comentário