• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Em pânico, passageiros rezam após avião apresentar falha em voo

Uma aeronave com destino a Teresina, apresentou um problema de pressurização, obrigando o piloto a fazer um pouso na capital.

06/09/2019 11:10h - Atualizado em 06/09/2019 15:28h

Um avião da companhia aérea Latam apresentou falhas técnicas em um voo realizado de Brasília a Teresina, na madrugada desta sexta-feria (06). Por conta do problema, a aeronave precisou fazer um pouso no Aeroporto Ministro Petrônio Portella, deixando os passageiros apreensivos.


Leia também:

Relatório aponta 200 áreas de risco em torno do Aeroporto de Teresina 


Em um vídeo gravado por um dos passageiros do referido voo, várias pessoas aparecem rezando o "Pai Nosso" após o ocorrido. Segundo relatos de pessoas que estavam na aeronave no momento do ocorrido, o piloto informou que precisaria fazer um pouso de emergência e não deu mais informações, deixando todos em pânico.


"O voo maluco. Faltando uns 30 a 40 minutos pra chegar em Teresina, o piloto anunciou uma descida de emergência e foi correria dentro do avião. A comissária sentou e todo mundo doido dentro do avião sem saber o que era, e o avião baixando, baixando, falando que vamos descer e ninguém sabia o que tava acontecendo", relatou um dos passageiros.

Somente após finalizado o procedimento de emergência, o piloto se dirigiu aos passageiros para explicar o que havia acontecido. Em um áudio divulgado pelos passageiros, o piloto informa que o avião teve despressurização da cabine e, por isso, foi necessário fazer a aterrissagem de emergência.

"Peço desculpas, tentei falar com os senhores depois do nosso procedimento de voo, mas a carga de trabalho estava um pouco elevada e estava com interferência na comunicação. Nós já estávamos em procedimento de descida e tivemos uma perda de pressurização da cabine, então fizemos uma descida de emergência. Lamento o inconveniente, lamento o susto dos senhores e a nossa intenção é sempre zelar pela segurança de todos", disse o piloto.

Segundo o site de uma companhia aérea, a despressurização é um evento raro. Pode ocorrer escape de ar por conta de um vazamento em uma porta ou janela, fazendo com que a aeronave tenha problemas em manter a sua atmosfera artificial. "Como consequência, cai a oferta de oxigênio dentro do avião, o que pode causar nos passageiros a chamada hipóxia".

Segundo a companhia aérea, o suprimento de oxigênio é de 22 minutos, tempo suficiente para que os pilotos desçam a altitudes mais seguras, abaixo dos 3 mil metros, altitude necessária para que os passageiros possam respirar sem o auxílio da pressurização.

Em nota enviada ao Portal O Dia, a companhia aérea LATAM Airlines informou que a decida da aeronave aconteceu apenas em virtude da indicação de despressurização da cabine e que o procedimento é usado como padrão para esse tipo de caso. A empresa disse ainda, que a "segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura". 

Confira a nota na íntegra:

A LATAM Airlines Brasil informa que não houve emergência no voo LA3292 (Brasília-Teresina) desta quinta-feira (5). A companhia apenas realizou procedimento de descida da aeronave em virtude de indicação de despressurização da cabine. O procedimento é padrão para esse tipo de caso.

A LATAM reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário