Dia do Piauí: deputados aprovam antecipação de feriado para esta quinta (18)

A lei, de autoria do Governo do Piauí, tem como objetivo reduzir a circulação de pessoas devido à crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus.

17/03/2021 11:56h - Atualizado em 17/03/2021 12:18h

Compartilhar no

O plenário virtual da Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, nesta quarta-feira (17), o Projeto de Lei (PL) antecipando do dia 19 de outubro para amanhã (18), o feriado do Dia do Piauí. A lei, de autoria do Governo do Piauí, tem como objetivo reduzir a circulação de pessoas devido à crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus.


Leia mais: Governo antecipa feriado do Dia do Piauí para quinta-feira (18); facultativo é sexta


Mais cedo, as comissões de Constituição e Justiça e de Administração e Política Social aprovaram a antecipação em reunião conjunta. O deputado Nerinho (PTB), presidente da CCJ, deu parecer favorável à tramitação da proposição do Executivo, afirmando que a medida contribuirá para aumentar o isolamento social e reduzir os casos de pessoas contaminadas pela Covid-19.

Foto: Divulgação/Alepi

Votaram a favor da matéria na CCJ os deputados Francisco Limma (PT), Teresa Britto (PV), João de Deus (PT), João Madison (MDB) e Júlio Arcoverde (Progressistas). Na Comissão de Administração Pública e Política Social, a matéria foi aprovada pelos deputados Ziza Carvalho (PT), Marden Menezes (PSDB), Severo Eulálio, líder do MDB, e Pablo Santos (MDB).

A previsão é de que o texto seja enviado para a sanção do governador Wellington Dias (PT) até as 14h. 

Antecipação de feriados

A antecipação de feriados já havia sido adotada em 2020, na primeira onda da pandemia. Vários feriados estaduais foram antecipados para que os funcionários públicos ficassem em casa.

Agora, na segunda onda da Covid-19, o sistema de saúde do Piauí está à beira do colapso, com várias unidades de saúde públicas e privadas sem vagas em leitos para atender pacientes com a doença. 


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário